Conecte-se agora

Governo diz que relatório que mostra gasto com pessoal acima do permitido foi equívoco

Publicado

em

Logo após o ac24horas publicar em primeira mão o relatório de gestão fiscal referente ao segundo quadrimestre do ano de 2019 que demonstra que o governo do Acre já ultrapassou em muito o gasto com pessoal estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal, a Secretaria Estadual de Fazenda se posicionou.

Em nota, a Sefaz afirma que o relatório referente ao segundo quadrimestre deste ano não oficialmente concluído para publicação. O governo diz ainda na nota que a divulgação no portal www.sefaz.acre.gov.br foi um equívoco e que ocorreu fora da data prevista.

A verdade é que o ac24horas mostrou há mais de dois meses (leia aqui) que esse gasto acima do permitido pela lei não pegou ninguém de surpresa, pelo contrário, já era de conhecimento do Palácio Rio Branco.

Aí é que a história fica ainda mais difícil de entender. Se o governo já sabia que iria ultrapassar o limite de gastos com pessoal determinado pela Lei de Responsabilidade Fiscal porque continuando diariamente anunciando contratação de novos cargos comissionados e trouxe de volta os 340 exonerados na última semana? Perguntas que só a cabeça de Gladson Cameli é capaz de responder.

A nota da Sefaz afirma que os números reais do quanto o Acre está gastando com pagamento de pessoal serão publicados na próxima segunda-feira, dia 30 de setembro.

Leia a nota

NOTA DE ESCLARECIMENTO

O Governo do Estado do Acre, por meio da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), esclarece que o demonstrativo de despesa com pessoal, publicado no site, nesta sexta-feira, 27, referente ao orçamento fiscal e de seguridade social do segundo quadrimestre do 2019, não foi oficialmente concluído para publicação.

A divulgação no portal ocorreu devido a um equívoco durante a anexação do arquivo do referido documento, sendo que esta ocorreu fora da data prevista uma vez que a equipe financeira da Sefaz ainda encontra-se validando as informações.

Tão logo o erro foi detectado, as devidas providências foram tomadas com a retirada imediata do conteúdo do portal da Sefaz pelo setor responsável.

A publicação oficial do demonstrativo de despesa com pessoal ocorrerá no Diário Oficial do Estado do Acre, Diário Eletrônico de Contas do Estado do Acre e no Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro (Siconfi), da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) no dia 30 de setembro de 2019.

Raymson Ribeiro Bragado
Secretário de Estado da Fazenda em Exercício

Propaganda

Destaque 6

Embrapa descobre novas pragas da mandioca no Acre

Publicado

em

FOTO: SEBRAE-AC/DIVULGAÇÃO

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) anunciou nesta quarta-feira (23) a descoberta de três pragas da mandioca no Acre.

Estudos taxonômicos com percevejos-de-renda, coletados em cultivos de mandioca do Acre, confirmaram o primeiro registro oficial das espécies Vatiga manihotae e Vatiga illudens para o Estado, e Gargaphia opima para o Brasil, associadas à cultura.

Encontrados em roçados da Terra Indígena Kaxinawá de Nova Olinda, município de Feijó, esses insetos-pragas atacam as folhas da planta e, em altas populações, podem causar perdas na produção. Publicados no periódico EntomoBrasilis, os resultados contribuem para o aumento do conhecimento sobre a distribuição geográfica dessas espécies no País.

A descoberta é fruto de pesquisas de prospecção de insetos, realizadas com o objetivo de identificar as principais pragas da agricultura indígena e orientar alternativas de controle, por meio do projeto “Etnoconhecimento e Agrobiodiversidade entre os Kaxinawá de Nova Olinda – Fase II”, executado pela Embrapa Acre (Rio Branco) e instituições parceiras, entre 2015 e 2018. Nativo das Américas, o gênero Gargaphia é encontrado na Colômbia, Equador, Peru e Bolívia, com espécies associadas a culturas de importância econômica como maracujá, feijão-de-porco e quiabo. Até então, apenas a Gargaphia lunulata (Mayr) havia sido registrada no Brasil, relacionada à mandioca.

A hipótese dos pesquisadores é que a espécie Gargaphia opima Drake tenha migrado de países vizinhos, em função da proximidade do Acre com as fronteiras boliviana e peruana.

O primeiro registro científico da nova espécie de percevejo-de-renda no Brasil permitirá atualizar a lista oficial de insetos-pragas associados à cultura da mandioca, atribuição de responsabilidade do Ministério da Agricultura.

Continuar lendo

Destaque 6

Alunos do projeto Defensores do Futuro visitam à Aleac e Câmara

Publicado

em

Curiosos, entusiasmados e atentos a cada detalhe, assim estavam os alunos o projeto: Defensores do Futuro, nas visitas à Assembleia Legislativa do Estado do Acre (Aleac) e a Câmara de Vereadores de Rio Branco, realizadas na manhã desta quarta-feira, 23.

A ação faz parte da 3ª etapa das atividades com a turma 63, do 6º ano da Escola Serafim da Silva Salgado, contemplados com o projeto. Depois da visita à nova sede do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Acre (Sebrae), os alunos puderam conhecer a organização do Poder Legislativo, em âmbito estadual e municipal.

Agatha Lissandra, 12 anos, falou sobre a experiência de participar da atividade. “Estou surpresa, pois o que dizem da política nem é tão ruim assim, existem pessoas que realmente estão lá para nos representar. É a primeira vez que tenho a oportunidade de conhecer esses lugares e estou muito feliz, com certeza vou falar para minha família e amigos tudo o que eu aprendi hoje, contou.

O coordenador do Núcleo da Cidadania da Defensoria Pública do Estado, Celso Araújo, avaliou as visitas como positiva e importante para a formação dos alunos. “É por meio de ações como essa que os adolescentes podem sonhar com um futuro melhor, vivenciar o funcionamento de instituições públicas e órgãos, e também ser conscientizados que a educação é o caminho”, disse.

Na Aleac, os defensores do futuro foram recepcionados pelo deputado estadual Roberto Duarte (MDB) e pelo coordenador de Cerimonial e Relações Públicas, Neto Barros que explicaram sobre o ofício dos parlamentares e o funcionamento da Casa Legislativa.

Já na Câmara Municipal, os alunos puderam acompanhar a sessão do dia e logo em seguida, foi cedido espaço para o coordenador do Núcleo da Cidadania, Celso Araújo apresentar o projeto. Mamed Dankar (PT), Emerson Jarude (Sem Partido) e Eduardo Farias (PCdoB ) usaram à tribuna para parabenizar a iniciativa.

O vereador Rodrigo Forneck (PT) foi escolhido pelos demais para apresentar as atribuições dos vereadores e o papel que representam para os munícipes.

A atividade também foi acompanhada pelo diretor da Escola Serafim da Silva Salgado, Veridiano Lima e os integrantes da equipe do projeto, Sandra Xavier, Fernanda Souza, Jairo Silva e Maria Aldina Ferreira.

 

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.

welcome image