Conecte-se agora

Petista explica o fenômeno de ter tido 209 votos numa urna de 210 eleitores

Tião_documento_seloNa campanha de segundo turno, os partidos de oposição colocaram sob suspeição a votação de Sebastião Viana, em reservas indígenas. O bloco oposicionista formulou um pedido de investigação nas urnas onde o candidato petista obteve todos os votos válidos em diversas urnas.

Durante a entrevistas com jornalistas de ac24horas ele deu a seguinte explicação para conquistar todos 210 votos de urna: “É porque eu vou lá. A oposição não vai lá. O Bocalom foi dizer que ficava um cacique com o pedaço de pau, esperando para bater em quem não votava em mim, colocou esta cena hilária e cômica. Não é verdade, é porque eu vou lá”.

O gestor petista acredita que a votação pode ser de gratidão. “Estamos fazendo 72 escolas indígenas, contra 52 que tinha anteriormente. Como eles (a oposição) querem ter estes votos? Eles não vão lá, eles desprezam estas pessoas, nunca foram no Icuriã, na Foz do Breu, na Restauração”, afirma Sebastião.

Sem esquecer de alfinetar o bloco de oposição, Sebastião Viana garante que teria informações da montagem de um esquema de compra de votos que teria sido armado para atuar e, Sena Madureira, Cruzeiro do Sul e Rio Branco. Estas seriam as cidades sob suspeita de formação de curral eleitoral da oposição.

botao_voltar

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web