Conecte-se agora

Detenta é morta com corte no pescoço no presídio da capital

Publicado

em

A presidiária Jamilly Ferreira Barbosa, de 39 anos, foi degolada e teve os pulsos cortados na manhã deste domingo, 22, e morreu na cela 1, da unidade prisional feminina Carmélia, do Complexo Penitenciário Francisco de Oliveira Conde (FOC), localizada na Estrada do Barro Vermelho, em Rio Branco.

De acordo com informações da Polícia, Jamilly foi morta por duas detentas identificadas como Ana Clara Freitas de Sá, de 23 anos, e Waldereis de Souza Nascimento, de 40 anos, que dividiam a cela com a vítima, ambas presas pelos crimes de homicídio qualificado. As acusadas em posse de giletes fizeram um corte profundo no pescoço de Jamilly e nos dois pulsos. Jamilly foi morta em cima da cama.

Segundo a Polícia, as acusadas assumiram o crime e chegaram a declarar que a vítima perturbava muito na cela por sofrer de transtornos psiquiátrico e resolveram matá-la.

A Polícia informou ainda que Jamilly foi presa no dia 11 de novembro de 2019 pelo crime de furto simples e que em setembro deste ano, médicos e peritos do Instituto de Criminalística da Polícia Civil apontaram que Jamilly tinha problemas mentais.

Agentes Penais quando perceberam a situação acionaram a ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas quando os paramédicos chegaram ao local a presidiária já se encontrava morta.

A área foi isolada pela Policiais Penais para os trabalhos do Perito em criminalística. O corpo foi removido e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para os devidos procedimentos.

As acusadas de matar Jamilly foram conduzidas à Delegacia de Flagrantes (Defla) para os devidos procedimentos.

O caso será investigado pela Polícia Civil.

Anúncios

Acre

Apoiando Neri, Sinhasique diz que “o povo quer pessoas comprometidas”

Publicado

em

A secretária de empreendedorismo e turismo, Eliane Sinhasique, em entrevista ao ac24horas na manhã deste domingo, 29, defendeu o apoio de Gladson Cameli a Socorro Neri (PSB), durante a votação do 2º turno.

Segundo Eliane, os aliados de Gladson não têm moral para criticar Cameli por apoiar Socorro, que foi eleita com o apoio do PT, pois todos já participaram direta ou indiretamente dos governos petistas. Eliane revelou que Gladson decidiu apoiar Socorro Neri devido ao trabalho conjunto dos dois no combate ao novo coronavírus.

“Ninguém nesse estado tem moral para falar de petismo ou petista porque todo mundo em algum momento fez aliança com o PT. O próprio Bocalom e o senador Sérgio Petecão já participaram de governos do PT. O povo quer realmente alguém que trabalhe. O povo não tá ligado pra essa coisa de esquerda ou direita. O povo quer pessoas comprometidas e foi isso que o Gladson viu na Socorro Neri nessa pandemia, que juntos evitaram um caos no sistema de saúde”, afirmou.

Em relação ao resultado da eleição deste domingo, Eliane Sinhasique argumentou que independente do resultado não acredita que irá interferir em 2022 em uma possível candidatura à reeleição de Cameli.

“O resultado dessa eleição não interfere em 2022. Gladson já superou a marca de 65% do que foi prometido no plano de governo e fez dois hospitais que não estavam previstos. Agora é trabalhar firme e forte para que em 2022, as pessoas vejam que ele é um governador eficiente como está sendo”, destacou.

Ouça a entrevista:

Continuar lendo

Acre

Eleitores demoram apenas 5 segundos para votar em seção

Publicado

em

Com um grande índice de abstenção no primeiro turno (27,23%), a eleição que define o próximo prefeito de Rio Branco chegou ao momento decisivo neste domingo, 29, com a realização do segundo turno, assim como ocorre em outras 57 cidades pelo Brasil, sendo que 18 delas são capitais.

Os primeiros momentos após a abertura das seções na região central de Rio Branco foram de pequena movimentação de eleitores, como mostra o vídeo transmitido ao vivo pelo repórter Kennedy Santos, que esteve na escola José Rodrigues Leite.

Na escola, se concentram 8 das 707 seções eleitorais distribuídas pela capital acreana. Em uma dessas seções, votam mais de 400 eleitores. Nas seções 39 e 40 não havia filas e os primeiros votantes exerciam o ato de cidadania com muita tranquilidade.

Uma eleitora, Beatriz, demorou menos de 5 segundos para votar. “É muito rápido. Que bom que evita aglomeração”. Ela disse ao videomaker do ac24horas que não esperou para poder votar. “Fui chegando e votando”, concluiu.

Na seção 173, no mesmo local, com 431 eleitores haviam votado apenas cerca de 40 pessoas até por volta das 8 horas da manhã. Em eleições passadas, as seções da escola José Rodrigues Leite costumavam estar lotadas na primeiras horas de votação.

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) 256.673 eleitores estão aptos ao voto na capital acreana, mas no primeiro turno apenas 186.769 compareceram às urnas, ou seja, 69.904 pessoas não votaram no último dia 15 de novembro.

Continuar lendo

Acre

Terminal Urbano tem movimentação tímida em domingo de 2º turno

Publicado

em

Foto: Whidy Melo/ac24horas

O terminal urbano de Rio Branco amanheceu este domingo, 29, com circulação de pessoas mais intensa que o comum se tratando de um final de semana. Apesar da pouca quantidade de pessoas, ainda havia movimento atípico para um domingo.

A maioria que se fazia presente nas plataformas pouco depois das 8 horas já haviam registrado o voto em suas seções eleitorais e retornavam para casa.

Ao ac24horas, um morador do bairro Liberdade e que está trabalhando nestas eleições reclamou da pouca quantidade de ônibus neste domingo de eleição.

Foto: Whidy Melo/ac24horas

Contrário ao que ocorreu no primeiro turno, neste dia 29 não teria sido aumentada a frota de coletivo. “Hoje o ônibus atrasou mais 30 minutos. Perguntei ao motorista e ele disse que só 2 ônibus estão fazendo a linha”, reclamou Elísio Sales.

A informação é de que a RBTrans estaria trabalhando com a frota normal para final de semana ou feriado.

Veja o vídeo:

 

Continuar lendo

Acre

Contra previsão de alta abstenção, Gladson pede a eleitores que votem

Publicado

em

O governador Gladson Cameli veio à público para pedir que os eleitores de Rio Branco exerçam o direito de escolher o próximo prefeito.

“Independente de quem seja seu candidato, vote”, pediu o governador alertando sobre os cuidados contra a Covid-19.

“Vamos fazer uma votação tranquila. Como governador estou comprometido em trabalhar com todos os prefeitos para melhorar a vida da população. Votar neste segundo turno é muito importante para a nossa capital e para a sua vida”, afirmou.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas