Conecte-se agora

O Gladson tem que mudar!

Publicado

em

O governador Gladson Cameli (afastado do PP) precisa mudar. “Tem que mudar seus conceitos”, como diz esse velho clichê. Não é um mal governador. Muito pelo contrário, é popular, carismático, generoso e, até onde se sabe, colocou as finanças do estado em dia. Não atrasa salários, (tendo problemas pontuais na folha de pagamento). Vem realizando obras, agiu bem no combate a Covid-19, fez parcerias com prefeituras e tem recursos a receber do governo federal para o próximo ano e muitas obras a realizar.

Então, o que falta? Organização e condução da política que é indissociável da gestão. Gladson não é afeito a dialogar com partidos políticos. Ao debate, ao planejamento racional e estratégico de ações políticas. Suas decisões parecem ser puramente emocionais. Conversa com lideranças e não com as instâncias partidárias. Não sabe dizer não quando necessário.

O governador Gladson precisa mudar antes que seja tarde demais. Suas decisões improvisadas podem levá-lo ao isolamento político. A maioria dos seus aliados está, de alguma maneira, insatisfeitos com ele. Estão se distanciando aos poucos. Ele é o comandante da tropa. Ciscar para dentro e não para fora. Precisa trazê-los de volta se realmente tem projeto político para o futuro. As eleições municipais abriram um fosso entre ele e aliados. Como engenheiro sabe que precisa construir pontes e não quebra-las.

Jarbas vai na contramão

O candidato à prefeito que disputou a eleição pelo AVANTE, empresário Jarbas Soster, resolveu andar na contramão e não embarcar na avalanche de apoio ao candidato do PP, Tião Bocalom, que lidera a corrida com mais de 80 mil votos e está praticamente eleito.

Emurb na pauta

Segundo Soster, a única maneira de apoiar Tião Bocalom seria discutir o conteúdo programático que ele defendeu para Rio Branco. “O plano deles está fechado, não podemos inserir nada, portanto, não há razão nenhuma para o nosso partido apoiar o Bocalom”, argumentou. Uma das propostas é desativar a velha e surrada EMURB que, segundo ele, é deficitária e virou cabide de emprego.

Novo lockdown

O avanço da Covid-19 deverá obrigar as autoridades sanitárias a fechar igrejas, bares, academias e outros setores do comércio. A situação é muito preocupante. A eleição deveria ter sido adiada como queriam alguns. Ninguém respeitou as regras. O resultado é desastroso.

Melhorar a articulação política

O governador Gladson Cameli (afastado do PP) corre contra o tempo para reforçar sua articulação política. Já conversou, inclusive, com o ex-deputado Luiz Calixto. Depois da eleição do 2º turno ele precisa acertar o passo nessa área. Na gestão também. Tem muita gente que não produz nada. Nem ideias.

MDB unido

Cardeal do MDB disse a COLUNA que o partido é solidário ao prefeito Vagner Sales cujo filho, Vagner Sales, perdeu a eleição para o prefeito Zequinha em CZS apoiado pelo governador Gladson Cameli, Nicolau Júnior, PT, PC do B e PSD.

Comemorar o quê?

Alguns prefeitos reeleitos sabem que não há muito o que comemorar. Na verdade, as contas precisam fechar por conta da Lei de Responsabilidade Fiscal já que o final do ano bateu na porta. Em ano de eleição as despesas triplicam.

“Narciso acha feio o que não é espelho”. (Caetano Veloso – Esse é o mal de alguns políticos até que caiam nas águas e se afoguem)

. Engana-se redondamente quem pensa que em tempos tão bicudos um passeio a Manacapuru é ruim.

. É ótimo, principalmente para quem perdeu a eleição de prefeito!

. Boa viagem!

. Saindo da política à francesa!

. Deputado Luís Gonzaga (PSDB) é a voz do bom senso e da experiência no meio de tantos desencontros políticos.

. Ouçam-no!

. O governador Gladson deve estar acima de questiúnculas, picuinhas políticas, tem que virar essa página.

. Programa “A Voz do Povo”, com Itaan Arruda, na Rádio Cidade, arrebentando em audiência com temas atuais e importantes.

. A participação do público ao vivo é excelente!

. PDT mantendo firme o apoio a reeleição da prefeita Socorro Neri.

. Consta que enquanto o deputado Pedro Longo apoia Socorro Neri no 2º turno alguns membros da executiva do PV foram atrás de fechar com Tião Bocalom.

. Como dizia o vô Bianô, paraibano de Laranjeiras:

. “Isso é ser pau de dois bicos”.

. O verdes têm que seguir a posição de Longo!

. A COLUNA está aberta ao esclarecimento.

. Bom dia!

Anúncios

Coluna do Astério

Lição do Angelim para os prefeitos eleitos

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Com Bocalom na prefeitura surge o “bocalonismo!

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Leo de Brito, a voz da esquerda no Acre!

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

O jeito Bocalom de governar!

Publicado

em

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas