Conecte-se agora

O preço da imprudência!

Publicado

em

A pandemia da Covid-19 está se alastrando como praga novamente. O Congresso Nacional queria o adiamento das eleições para o ano que vem em função da pandemia da Covid-19. O Tribunal Superior Eleitoral (STE) entendeu que não. Que não haveria problema nenhum se medidas de segurança fossem adotadas para o dia das eleições. Esqueceu do período que antecede a eleição que são as intensas campanhas eleitorais onde ninguém respeita nada. As imagens das aglomerações comprovam que a maioria das pessoas acredita na tese do presidente Jair Bolsonaro de que o coronavírus produz apenas uma gripezinha. O sistema está ficando sobrecarregado, os hospitais lotados e pessoas morrendo. Está chegando à fatura da imprudência. Ainda não se sabe o tamanho da conta. Talvez as autoridades sanitárias tenham que decretar medidas mais duras para conter a 2ª onda da pandemia. Que Deus tenha misericórdia de nós!

Quando se perde é que se ganha

Candidatos a prefeito e vereador que começaram a campanha muito empolgados achando que era fácil vencer a eleição, que teriam apoio total dos partidos e eleitorais começam a perceber que o buraco é mais embaixo. Importante agora é guardar o coração para proteger das mágoas porque não vale a pena. Poucos sabem, mas muitas vezes perder uma eleição é muito melhor do que vencer. Com o passar do tempo é que se descobre. É uma lógica inversa, mas na vida quando se perde também se ganha. Observe!

Não será marionete

Estão redondamente enganados aqueles que acreditam que farão de Tião Bocalom marionete para suas ambições políticas e financeiras com recursos da prefeitura se ele vencer a eleição. Quando prefeito de Acrelândia, Bocalom sempre queria fazer duas obras com o dinheiro de uma. O velho Boca é duro na queda. A mesma coisa pode se dizer do candidato Minoru Kinpara (PSDB).

Serviços essenciais

As academias agora passaram a “serviço essencial”. Segundo pesquisas das autoridades de saúde que monitoram o coronavírus no mundo, restaurantes e academias são os principais focos de disseminação da doença. Como diz o Jair: “Tudo por conta da porra dos votos e do lucro”. Aguardar a manifestação do MP.

O jogo muda

Os petistas andam meio sem força política no momento, mas esperam chegar em 2022 mais bem posicionados e aliançados porque sabem que o jogo muda o tempo todo. Cada eleição é uma eleição diferente. Por enquanto querem os fígados da prefeita Socorro Neri, do Minoru Kinpara e do governador Gladson Cameli. Para o PT, porto seguro é PSD e MDB (sem o Márcio Bittar).

. A popularidade do presidente Jair Bolsonaro está despencando no Rio de Janeiro e São Paulo por conta de declarações estúpidas sobre a pandemia do coronavírus.

. Doença não é questão de ser macho ou não, maricas ou não; o papel de um presidente é lutar com sabedoria com todas as forças para salvar vidas.

. Não é porque todo mundo vai morrer um dia que as pessoas serão irresponsáveis a partir de agora.

. Deus (é amar a todos), família (é cuidar e proteger a sua) e pátria (É respeitar a constituição e garantir que todos tenham os mesmos direitos e obrigações, igualdade de importunidade independente de religião, cor, sexo ou raça).

. Existem pesquisas e pesquisas…

. Não é errado ganhar dinheiro com pesquisas, errado é fraudar pesquisas para tentar induzir o eleitor (burro) ao voto útil com dinheiro público.

. A vereadora Lene Petecão foi uma das melhores parlamentares dessa legislatura; merece a reeleição não apenas por ser a irmã do senador Sérgio Petecão, mas pelo excelente trabalho que vem desenvolvendo em favor da cidade.

. Têm todas as condições para ser a futura presidente da Câmara Municipal; na verdade exerceu esse papel várias vezes já que é a atual vice-presidente.

. Entre os tucanos o médico Raimundo Castro se destaca e pode chegar a Câmara Municipal onde já exerceu o papel de vereador.

. Os vereadores N. Lima e Antônio Morais devem ser reeleitos; consta que a Elzinha também.

. Domingo à noite o povo ficará sabendo!

. Bom dia, Romanos 6:23!

Anúncios

Coluna do Astério

Lição do Angelim para os prefeitos eleitos

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Com Bocalom na prefeitura surge o “bocalonismo!

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Leo de Brito, a voz da esquerda no Acre!

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

O jeito Bocalom de governar!

Publicado

em

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas