Conecte-se agora

Ponte sobre o Rio Tarauacá será ampliada e as dos Rios Gregório e Liberdade serão estabilizadas

Publicado

em

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) está executando serviço de estabilização da cabeceira da ponte sobre o Rio Tarauacá e vai licitar no próximo ano a obra de prolongamento de 70 metros da ponte erguida em 2011, quando a gestão da BR-364 ainda era do Deracre. O orçamento do projeto ainda não está concluído, mas a ação deverá custar entre R$ 8 a R$ 10 milhões.

A ponte, que tem 300 metros de extensão, foi iniciada na gestão do ex-governador Binho Marques e concluída pela última gestão do PT no Acre, em outubro de 2011. A ponte e os 5 quilômetros de desvio da rodovia de dentro de Tarauacá, custaram R$ 48 milhões, recursos do governo federal.

Em 2013, o local começou a apresentar problema e em maio de 2014 a base da cabeceira da ponte cedeu. Por medidas de segurança, o Deracre chegou a interditar por completo a travessia. A ponte também ficou com tráfego aberto em apenas um lado. Vários reparos foram feitos no local pelo Deracre e DNIT ao longo dos últimos anos.

Em março de 2016, um relatório técnico elaborado pelo DNIT apontou que houve erro com relação ao local escolhido para a construção da ponte, que está localizada numa curva do Rio Tarauacá . A travessia deveria ter sido construída em outro extremo do rio, a alguns metros, o que levaria a um desvio em um dos trechos da rodovia federal, antes de entrar no perímetro urbano do município. “A ponte deveria ter sido construída na jusante da curva maior e, não, a montante, como foi construída”, diz o relatório.

O parecer do DNIT à época sugere que, quando os engenheiros do governo visitaram o local da obra, não houve atenção às mudanças que o leito do rio vinha apresentando nas últimas décadas, o que ainda acontece atualmente. Pelo cálculo, a correção daria aos cofres públicos um gasto maior de R$ 1,7 milhão para a construção de um muro gabião.

Solução

Atualmente o DNIT faz o entroncamento de pedra, para conter o avanço do Rio sobre a cabeceira da ponte. A licitação para o serviço de extensão de 70 metros será feita em 2021 e segundo o superintendente do DNIT, Carlos Moraes, deverá resolver o problema, causado pelo movimento do Rio Tarauacá. De acordo com o superintendente, se não fossem as intervenções feitas pelo DNIT, o tráfego na BR-364 já teria sido interrompido por problemas na ponte. “O Rio Tarauacá se movimenta muito e é geologicamente jovem. A cada meandro que é rompido à montante, antes da ponte, influencia na trajetória do Rio. Quando o Deracre construiu a ponte tinha mais de 60 m para chegar na cabeceira, hoje está em cima. Vamos replicar os 70 m que foram adicionados na época da construção na outra margem. Com isso, adicionado aos serviços de contenção que já realizamos, acreditamos que o problema será resolvido em definitivo”, finaliza o superintendente.

Além de Tarauacá, as empresas construtoras que atuam na BR 364, sob gestão do DNIT, iniciam também a estabilização das cabeceiras das pontes dos Rios Gregório e Liberdade . Nas duas não haverá ampliação do tamanho das travessias. Na cabeceira da ponte do Rio Liberdade, na divisa entre Tarauacá e Cruzeiro do Sul, o que parece ser uma lombada será retirada após a conclusão do serviço. “Aquela lombada é uma prancha metálica, porque abaixo tem um processo de instabilidade da cabeceira. Será retirada assim que concluirmos a obra de contenção. Estamos avaliando a construção de um muro gabião, mesma estrutura que construímos na cabeceira da Ponte sobre o Igarapé Cigana, quando ruiu lá em 2017”, explicou Carlos Moraes.

Os atuais serviços na BR-364 incluem ainda a recuperação da pista, tapa buracos, remendo profundo, troca de solo, recomposição de aterro e substituição de bueiros danificados. A rotatória da entrada da cidade de Feijó está sendo novamente recapeada.

Anúncios

Na rede

Centro de Zoonoses no Juruá é alvo de assaltantes que levam dinheiro, celulares e motocicletas

Publicado

em

Foto: Francisco Rocha

A Polícia Militar de Cruzeiro do Sul iniciou a tarde desta quarta-feira, 25, fazendo uma varredura na região da Rodovia Estadual AC-405, local onde fugiram os assaltantes que levaram dinheiro, celulares e as duas motocicletas do Centro de Zoonoses do município na manhã de hoje. O Centro de Zoonoses fica nas proximidades do Cemitério Jardim da Paz.

Segundo a polícia, os suspeitos andam armados com revólveres e facas e há informações de que foram deixados no local em um carro. Não há câmeras de segurança nas proximidades do local onde ocorreu o crime.

Há cerca de um mês, um grupo assaltou o Setor de Endemias do Estado, no bairro da Baixa, e, além dos pertences dos funcionários, levou também motocicletas, uma do órgão e outra de um homem que passava pelo local na hora da fuga dos bandidos

Continuar lendo

Na rede

Cinegrafista é preso em Cruzeiro do Sul por suposto estupro

Publicado

em

Cumprindo mandado judicial, a Polícia Civil de Cruzeiro do Sul prendeu nesta terça-feira, 24, o cinegrafista Frank Melo pelo suposto crime de estupro contra a sua cunhada.

O delegado Vinicius Almeida, que responde interinamente pela Especializada da Mulher (DEAM), disse que a investigação apontou que houve abuso sexual quando ela ainda era criança. “Ele afirmou em depoimento que só se relacionou com a menor no ano passado, quando ela já estava com 15 anos de idade”, cita o delegado, que não informou de onde partiu a denúncia e porque o caso só veio a tona agora.

Frank Melo já está preso no Complexo Penitenciário Manoel Neri, em Cruzeiro do Sul.

Continuar lendo

Na rede

Prefeitura de Cruzeiro do Sul paga funcionalismo nesta quarta-feira

Publicado

em

A prefeitura de Cruzeiro do Sul pagará os funcionários públicos municipais nesta quarta-feira , 25. O dinheiro estará na conta dos servidores provisórios e permanentes. “Vai receber do gari ao procurador e esse é nosso modo de reconhecer e agradecer pela dedicação de todos. E o comércio que vive essa crise por causa da pandemia é aquecido”, conta o prefeito Clodoaldo Rodrigues.

São R$ 6 milhões que circularão no comércio. Segundo o gestor todo o esforço agora é para pagar o restante do 13° dos servidores e o 14° dos professores. “Estou tentando um modo de atender o pessoal de apoio da educação também”, anuncia ele.

Continuar lendo

Na rede

PP deverá ficar com a presidência da Câmara de Cruzeiro do Sul

Publicado

em

Dos 14 vereadores da atual legislatura, apenas 5 foram reeleitos em Cruzeiro do Sul. A partir de janeiro, o legislativo contará com representantes de 8 partidos, sendo que o MDB tem a maior bancada com vereadores. Mas a coligação que elegeu o prefeito Zequinha Lima tem 8 vereadores e é neste cenário que acontece a disputa pela presidência da casa.

O vereador mais votado de Cruzeiro, Cristiano Rodrigues, do MDB, que teve 1.048 votos, afirma que gostaria de disputar a presidência do legislativo, mas sabe que não será fácil. Cristiano ressalta que ainda não teve nenhuma conversa sobre a mesa diretora. “Primeiro temos que nos entender os 4 eleitos pelo MDB e buscar apoio dos demais partidos. Mas nada disso ainda aconteceu “, explica.

Já o segundo vereador mais votado de Cruzeiro do Sul, Franciney Freitas, do PP, mesma sigla do prefeito Zequinha, eleito com 1.031 votos, também quer presidir a Câmara. Ele já está se articulando dentro do PP e com os demais partidos. “Quero sim ser o presidente. Minha votação e o apoio da nossa coligação me credenciam para isso. Quero uma câmara mais transparente cujas ações sejam mais conhecidas pela população”, afirma.

O vereador João Keleo, também do PP, pôs o nome à disposição do partido. Mas afirma que se Franciney for escolhido não haverá problemas. “Tenho uma amizade sólida com o Franciney e abro pra ele sem problema. Mas a decisão será tomada entre mim, ele e o vereador Leandro Cândido, também do nosso partido, sem interferência externa, assegura Keleo.

O prefeito eleito Zequinha Lima diz que está isento e que não participa da disputa pela presidência da Câmara Municipal. “É uma decisão que os vereadores têm que tomar. Qualquer um dos 14 podem ser candidatos e a escolha fica a critério deles”, finaliza.

Na legislatura atual, o ex-prefeito Ilderlei Cordeiro enfrentou oposição ferrenha do MDB, que não se repetiu com o prefeito Clodoaldo Rodrigues, que ficou à frente do executivo depois da cassação de Ilderlei, em agosto deste ano.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas