Conecte-se agora

Presidente do PSDB diz que conversa para Gladson virar tucano parou e que foco é Minoru

Publicado

em

O presidente nacional do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), Bruno Araújo, participou nesta quinta-feira, 05, de reunião em apoio à candidatura de Minoru Kinpara à Prefeitura de Rio Branco, na sede do partido no Bosque.

O presidente interino do PSDB Acre, Manoel Pedro, o Correinha, externou sua gratidão em receber o representante da Executiva Nacional. “É um prazer imenso receber o presidente nacional do PSDB que veio dar apoio ao nosso candidato, que será o nosso futuro prefeito”, afirmou.

Para o presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, a candidatura de Minoru Kinpara demonstra a força do partido e teceu elogios ao currículo do ex-reitor da Universidade Federal do Acre. “Quero agradecer ao Correinha pelas palavras e quero destacar que viemos com a presença do tesoureiro, o que é muito bom para o candidato [risos]. A nossa vinda é sobretudo para deixar bem claro que essa eleição não é menos importante do que a de São Paulo ou outra localidade. O Minoru é um excelente quadro do nosso PSDB e terá o nosso total apoio nessa candidatura, e também o apoio de toda a bancada do PSDB em Brasília a partir do dia 1º de janeiro como prefeito de Rio Branco”, afirmou.

Sobre o convite anteriormente feito ao governador Gladson Cameli, Bruno Araújo, confirmou o convite, porém frisou que não houve qualquer deliberação e que as conversas pararam devido ao processo eleitoral em curso.

“Temos uma ótima relação com o governador e elegemos um vice-governador que saiu, mas é o meu irmão de coração. Eu e o Rocha fomos colegas na Câmara dos Deputados, e foi feito um convite ao governador, mas devido ao processo eleitoral não houve uma deliberação acerca disso, já que o governador não respondeu. Agora, o foco nosso total é a candidatura de Minoru. Temos construído um projeto sólido com a deputada Mara Rocha e a política é algo que se constrói diariamente”, afirmou.

Anúncios

Acre 01

Socorro Neri chora ao dizer que adversários insinuaram que ela não tinha família e era lésbica

Publicado

em

Na reta final de campanha, a prefeita Socorro Neri e candidata à reeleição pelo PSB, e o seu vice, Eduardo Ribeiro do (PDT), se reuniram na noite desta segunda-feira, 23, em agenda de campanha com os presidentes dos bairros de Rio Branco.

Neri agradeceu o apoio dos presidentes de bairros e afirmou que irá honrar com muito trabalho. “O apoio de vocês eu saberei honrar com muito trabalho, como tenho procurado fazer”.

Triste, Socorro chorou e criticou a forma que os adversários estão conduzindo a campanha neste segundo turno, após ter sido questionada por moradores se seria lésbica.

“Essa campanha não tem sido fácil, os adversários têm baixado muito o nível, houve lugares que visitamos que perguntaram se era verdade que eu não tinha família e que eu era lésbica, nada contra as preferências, mas acho que eles deveriam ser mais honestos com o povo e não pregar a mentira para tentar ganhar a eleição”, disse Socorro Neri.

Continuar lendo

Acre

Nicolau garante que salários de deputados e servidores serão pagos ainda esta semana

Publicado

em

Após os próprios deputados, servidores e terceirizados da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) ficarem sem receber, a Mesa Diretora da Aleac, emitiu uma nota na tarde desta segunda-feira, 23, informando que foi realizado contrato emergencial em relação a folha de pagamento para solucionar o problema.

Em nota, a Aleac afirmou que a empresa responsável pelo contrato, já está empenhada fazendo a migração de dados entre o sistema anterior e o atual, o qual requer uma checagem de dados para segurança das informações a serem transmitidas.

“Os servidores responsáveis pela área, assim como também a nova empresa tecnológica, estão atuando para que seja efetuado com urgência o pagamento do mês de novembro”, afirmou.

Continuar lendo

Acre 01

O dilema do PT

Publicado

em

O PT, que mandou e desmandou no Acre por cerca de 20 anos, aparentemente vive um verdadeiro dilema. Principalmente os remanescentes que são ideológicos até a medula: Votar no adversário tradicional da Florestania, Tião Bocalom, ou na prefeita Socorro Neri, parceira política da eleição de 2016 e 2018, mas que largou os companheiros a própria sorte?

Pouco importa para onde vão os votos do PT. A eleição está praticamente definida e o desempenho do partido nas urnas no 1º turno foi pífio na capital. A soma dos fatores não altera o produto.

Particularmente acredito que a maioria dos petistas anula o voto, vota em branco ou se abstém. Porém, alguns estão com gosto de sangue na boca e querem cravar no “Boca” por pura vingança. Também por via das dúvidas: Vai que a Socorro Neri ganha, sabe-se lá, coisas sobrenaturais acontecem.

Quando o PT diz que os filiados votarão de acordo com suas convicções é só discurso. Segundo as “convicções”, que fundamentam o PT, nenhum dos dois merece os votos. Nem Bocalom, muito menos Socorro Neri.

Para completar, com a onda do antipetismo quebrando na praia o dilema do PT não é escolher entre Bocalom e Socorro Neri. O buraco é mais embaixo. A questão é que o presidente do partido, Cesário Braga, não quer contar, passa por 2022. Por enquanto, ele vai comendo sardinha e arrotando caviar com a eleição dos quatro prefeitos petistas. Três do Alto Acre e um do Juruá. (Até rimou).

Continuar lendo

Acre 01

Minoru, Duarte e Jamyl se juntam a campanha de Bocalom no Centro de Rio Branco

Publicado

em

Foto: Reprodução/Contilnet 

Os candidatos à prefeitura de Rio Branco derrotados no primeiro turnos das eleições municipais deste ano já se juntaram à campanha do candidato Tão Bocalom (PP), que irá disputar a prefeitura da capital acreana no segundo turno com a adversária Socorro Neri (PSB).

Minoru Kinpara (PSDB), Roberto Duarte (MDB) e Jamyl Asfury (PSC) participaram na manhã desta quarta-feira, 18, da primeira agenda de campanha da equipe de Bocalom no centro de Rio Branco.

Os opositores no primeiro turno declararam apoio a Bocalom na próxima etapa que irá decidir o prefeito eleito da capital acreana. Jarbas Soster, do Avante, e Daniel Zen, do PT, não declararam apoio nem a Bocalom, nem a Socorro para o próximo turno.

Demais apoiadores dos candidatos também participaram do bandeiraço ocorrido nas proximidades do Terminal Urbano.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas