Conecte-se agora

Empresário Marcello Moura assume presidência da Acisa pelo biênio 2021e 2022

Publicado

em

O empresário Marcello Moura assumiu na manhã desta terça-feira, 3, a presidência da Associação Comercial – Acisa para o biênio 2021/22, onde foi recebido pela diretoria executiva da entidade em Sessão Extraordinária. Este ano, somente uma chapa foi inscrita, a Chapa Roberto Moura, que teve total apoio de membros da diretoria executiva da atual gestão. A posse do novo presidente vai ocorrer em janeiro de 2021.

Moura, que já faz parte da Acisa há 5 anos, se diz satisfeito com o novo desafio de presidir a entidade, e disse estar muito a vontade, por estar entre amigos. “Fui convidado a ocupar um cargo que era direcionado ao meu pai, Roberto Moura. Me sinto muito feliz de estar na presença dos amigos do meu pai. Com 16 anos, comecei a ajudar meu pai e abri um CNPJ. De lá pra cá, todas as vivências, experiências, problemas e estresses foram dentro de uma empresas, então, sou muito grato por ter tido esta oportunidade”, agradeceu.

O empresário destaca que a entidade reúne boas experiências e vivência. “O Celestino, ao me convencer a concorrer, disse que cresceu muito aqui dentro, porque na entidade temos a oportunidade de conversar, divergir, criar soluções em conjunto com pessoas, todos os segmentos do comércio, agronegócio, meio jurídico, tanta gente com experiências diferentes”, finalizou.

A reunião foi conduzida pelo presidente do Comitê Eleitoral da Acisa, Getúlio Pinheiro e contou com a presença do presidente da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil – CACB, George Pinheiro. Celestino Oliveira parabenizou Marcello Moura por aceitar este novo desafio.

“Aprendi muito aqui na Acisa, com todos os diretores, e aqui de fato é uma grande escola. Não tenho dúvida que o Marcello irá se destacar, implementando uma gestão moderna e de resultados, deixando seu legado. Vamos caminhar juntos nesta nova gestão”, disse.

O presidente da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado do Acre – Federacre, Rubenir Guerra parabenizou todos pelo processo democrático da Acisa. “Sou viciado em Associação Comercial, aprendi muita coisa aqui, e continuo aprendendo. Até hoje, um presidente foi melhor que o outro. O pai do Marcello era muito amigo da Acisa. Desejo uma gestão de sucesso e crescimento para nossa entidade”, falou Guerra.

Anúncios

Cotidiano

Apoiador de Socorro, Marcelo Bimbi joga a toalha e se prepara para balsa antes da apuração

Publicado

em

Mesmo antes da apuração, o acreano Marcelo Bimbi usou as redes sociais neste domingo, 29, para dizer que já está preparando a balsa com a sua candidata, a prefeita Socorro Neri (PSB).

Em um post nas redes, Bimbi agradeceu Socorro Neri e diz que vai descer a balsa feliz.

“Já tô antecipando minha balsa. Infelizmente não deu. Pessoal não nos escolheu e vida que segue. Socorrinha parabéns. Você é uma mulher guerreira. Estou chegando em Manacapuru com você!”, afirmou.

Continuar lendo

Cotidiano

Bocas de urna e derramamentos de santinhos marcam 2º turno das eleições em Rio Branco

Publicado

em

Rio Branco somou até o início da tarde deste domingo, 29, duas ocorrências de boca de urna e denúncias de suposta distribuição de santinhos dentro de carros de aplicativo e táxi. Os dados foram informados pela Polícia Federal. Mesmo assim, o delegado Pedro Ivo considera este dia de votação tranquilo.

O órgão federal ainda reforçou o pedido para que o eleitores não façam faço fotografias das urnas no momento do voto. Durante o pleito do primeiro turno, mais de 40 pessoas foram presas no estado suspeitas de crimes eleitorais.

“Até o presente momento, tivemos duas ocorrências de boca de urna, sendo que uma era derramamento de santinhos, por enquanto está tranquilo. Se comparando o primeiro turno, está bem tranquilo”, explicou.

Continuar lendo

Cotidiano

Vão a 476 as urnas substituídas no país; Acre segue sem ocorrências, segundo o TSE

Publicado

em

Até às 14h00 (horário de Brasília) deste domingo, (29), foram substituídas 476 urnas eletrônicas das 97.024 que iniciaram a votação nas 57 cidades que estão tendo 2º turno das eleições municipais, de acordo com o 3º Boletim Informativo publicado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Um município, no estado de SP, passou a ter voto manual.

Rio Branco, no Acre, e João Pessoa, na Paraíba, seguem como as únicas cidades onde não houve substituições de urnas até a divulgação do último boletim do TSE. Na capital acreana, segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), há um total de 470 urnas de contingência, para o caso de problemas.

O estado que registrou maior número de urnas substituídas foi São Paulo, com 146 unidades. Já o Rio de Janeiro teve 129 urnas trocadas.

Ainda segundo o TSE, as 476 urnas substituídas correspondem a 0,33% do total de equipamentos utilizados neste segundo turno, disputado em 57 cidades brasileiras (18 capitais e outros 39 municípios).

O segundo turno ocorre nas localidades com mais de 200 mil eleitores, onde nenhum dos candidatos recebeu a maioria absoluta dos votos válidos para se eleger no primeiro turno, realizado no último dia 15 de novembro.

Continuar lendo

Cotidiano

Cesário voto no Bocalom: “por oposição firme a quem optou pela falta de lealdade”

Publicado

em

O presidente do PT do Acre, Cesário Braga, manifestou-se contra o voto nulo proposto por parte da militância de esquerda que não se sente representada neste 2o turno em Rio Branco.

Nesse contexto e sem citar nomes, Braga anunciou voto em Bocalom sob a justificativa de que Socorro Neri traiu a extinta Frente Popular.

“Vou às urnas já já e por oposição firme a quem optou pela falta de lealdade, pela mentira, pela desonra com os princípios socialistas e de esquerda que lhe conduziram a gestão, princípios esses que foram destruídos durante mais de dois anos de gestão, opto por votar em seu opositor. Na esperança de dias melhores para a cidade que moro e onde pretendo viver todos os dias da minha vida”, afirma Cesário.

O líder petista propõe uma reflexão a partir da obra de Jacques Rousseau sobre o que considera democracia efetiva: “uma sociedade só é democrática quando ninguém for tão rico que possa comprar alguém e ninguém seja tão pobre que tenha de se vender a alguém”.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas