Conecte-se agora

Moradora do Tancredo Neves mostra ruas inundadas por esgoto e água da chuva

Publicado

em

A moradora do bairro Tancredo Neves, Kellynha Lima, usou as redes sociais para mostrar o estrago que a chuva causou em sua casa e dos vizinhos na manhã desta sexta-feira (30).

No vídeo, a moradora relata que o bairro não tem sistema de drenagem e as ruas do bairro ficaram totalmente inundadas. Segundo ela, se não bastasse as águas da chuva, os moradores ainda têm que conviver com o mau cheiro do esgoto.

Ela ressalta que todas as vezes em que chove no bairro ocorrem inundações. Em outro trecho, ela destaca que o problema perdura por mais de 7 anos e que já acionou a Prefeitura de Rio Branco e o Depasa, mas só visitam para conferir sem que ações concretas sejam realizadas para amenizar os problemas enfrentados pelos moradores.

“Isso aqui é a realidade e o que enfrentamos todo o dia. A prefeitura de Rio Branco não tá nem aí. Muitas vezes eles vem aqui anotam e vão embora. Toda vez que chove os moradores têm que enfrentar essa situação. Isso é um descaso com a população. Esse problema perdura por mais de 7 anos e a prefeitura não faz nada e o Depasa também não”, afirmou.

Anúncios

Cotidiano

Pastor Luiz Gonzaga recebe alta e deverá retornar ao Acre nos próximos dias

Publicado

em

Foto: Reprodução/Rede Social 

O pastor-presidente da Igreja Assembleia de Deus em Rio Branco, Luiz Gonzaga, recebeu alta nesta segunda-feira (30) do Hospital Oswaldo Cruz onde estava internado em São Paulo.

Segundo informações repassadas ao ac24horas, Luiz Gonzaga deverá retornar nos próximos dias em Rio Branco. Gonzaga teve que ser entubado devido a gravidade da Covid-19.

Em um vídeo recente nas redes sociais, Gonzaga agradeceu o apoio e as orações recebidas.

“Quero chegar até você para agradecer a Deus a oportunidade de servi-lo e servir a obra dele. Quero agradecer a você que tem orado incessantemente por mim. Foram dias muito difíceis, mas hoje já podemos nos dirigir a você”, afirmou o pastor.

Com informações de Lília Camargo

Continuar lendo

Cotidiano

Leo Dias é criticado após detonar acreana Raissa Barbosa no ‘Hora do Faro’

Publicado

em

Por

Raissa Barbosa participou do programa “Hora do Faro” neste domingo. Durante a sabatina para rever sua participação em “A Fazenda 12”, a peoa foi acusada por Leo Dias de usar o vitimismo para conquistar o público.

“Vi que seus surtos e seus ataques eram seletivos. Eu, como você, passo por sérios problemas diariamente. Já tive surtos e ataques. E quem tem surto não tem surto seletivo. Os seus tinham dia e hora. Quando mudava a regra, parava o surto”, disse Leo Dias, sugerindo que Raissa fingia os surtos.

“Você ficou boazinha e foi o seu lado boazinha que te fez sair. Aqueles surtos eram tudo uma armação, não é isso?”, completou ele.

Incomodada, Raissa não deixou de responder: “Não foi. Isso é uma coisa que acontece na minha vida. Normalmente, quando eu fico com raiva, acabo quebrando alguma coisa, indo para cima das pessoas. Sou muito impulsiva e não penso antes de fazer alguma coisa”.

A postura de Leo Dias não foi bem recebida por internautas, que não pensaram duas vezes em atacá-lo. Confira reações coletadas nas redes sociais.

Fonte: O DIA

Continuar lendo

Cotidiano

Nova classificação de risco para as atividades econômicas entra em vigor nesta terça (1º)

Publicado

em

Os critérios para classificação de risco das atividades econômicas sujeitas à vigilância sanitária, além das diretrizes gerais para o licenciamento sanitário pelos órgãos de vigilância sanitária dos Estados, municípios e do Distrito Federal, entram em vigor nesta terça-feira (1º/12). A Resolução nº 62/2020, do Comitê para Gestão da Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (CGSIM), foi publicada no último dia 23 no Diário Oficial da União (DOU).

Conforme a norma, os órgãos responsáveis pelo licenciamento sanitário deverão considerar três faixas de classificação de risco:
1) Nível de risco I, baixo risco, “baixo risco A”, risco leve, irrelevante ou inexistente: atividades realizadas no início do funcionamento da empresa que ocorrerão sem vistoria prévia e sem emissão de licenciamento sanitário, ficando sujeitas à fiscalização posterior;

2) Nível de risco II, médio risco, “baixo risco B” ou risco moderado: atividades que possam ser vistoriadas após o início do funcionamento da empresa, sendo, neste caso, emitido licenciamento sanitário provisório;

3) Nível de risco III ou alto risco: atividades que exigem vistoria prévia e licenciamento sanitário antes do início do funcionamento da empresa.

As especificidades sobre os tipos de estabelecimentos e critérios constam dos anexos I e II da Resolução nº 62/2020. Quando ocorrer o exercício de múltiplas atividades classificadas em níveis distintos, por um mesmo estabelecimento, o enquadramento será no nível de risco mais elevado.

Em agosto último, já houve a publicação de outra resolução, de número 58, que atende aos requisitos de prevenção a incêndios. “Em breve teremos nova resolução no que se refere aos requisitos de controle ambiental”, complementa.

O texto da Resolução nº 62/2020 detalha as condições que influenciam a classificação de risco, como a natureza da atividade econômica, produtos e insumos relacionados à empresa, mudanças tecnológicas e socioambientais, além da alteração no perfil epidemiológico, entre outros fatores.

A resolução poderá ser suplementada por órgãos de vigilância sanitária estaduais, municipais e distritais, considerando especificidades locais e visando eliminar a duplicidade de exigências. A emissão da licença sanitária pode ser condicionada ao pagamento de taxas ou emolumentos – conforme legislações específicas locais – e consideradas as isenções legais, como no caso do microempreendedor individual (MEI).

Continuar lendo

Cotidiano

Bate-papo filosófico sobre cinema acontece nesta sexta-feira com professores da Ufac

Publicado

em

Na próxima sexta-feira (4) os professores João Lima e Ádamo Gabriel, da Universidade Federal do Acre, mediam o bate-papo filosófico na penúltima edição de 2020 do projeto Cinema & Conexões.

O professor João Lima é doutor em filosofia, líder do Grupo “Filosofia Política e Ética” e professor na Ufac, e Ádamo Gabriel, também professor da instituição, é formado em filosofia e história e mestrando no Programa de Pós-Graduação em Educação da Ufac.

Eles contribuíram na condução do “Cinema das Ideias”, projeto destinado a aproximar o público universitário e não universitário da produção documental feita no Brasil e no mundo, incentivando o gosto pelo documentário, pelo cinema não ficcional, seja ele de caráter político, filosófico, artístico e histórico.

A prosa “O cinema das ideias: uma conversa filosófica” será às 17h.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2020 ac24Horas.com - Todos os direitos reservados.