Conecte-se agora

Deputados são unânimes e aprovam Ribamar para vaga no TCE

Publicado

em

Em sessão extraordinária, a Assembleia Legislativa do Acre aprovou nesta sexta-feira (30) a indicação de José Ribamar Trindade de Oliveira para a vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Acre. O Plenário da Aleac apenas referendou, por 21 votos, a decisão da comissão especial que sabatinou Trindade.

Três deputados não estavam presentes à sessão virtual. O resultado foi anunciado pelo presidente interino da Mesa Diretora, Jenilson Leite (PSB).

Ribamar é indicação do governador Gladson Cameli, que a fez após decisão do Tribunal de Justiça do Acre sobre mandado impetrado pela Associação Nacional de Auditores de Contas que defendia a nomeação da auditora Maria de Jesus, não aceita em função da idade.

Antes da votação, o deputado Daniel Zen, do PT, aproveitou para elogiar Ribamar e disse ser mais prudente aguardar o trânsito em julgado da questão. “Mas a decisão judicial está em vigor e não há nada que óbice o andamento do processo”, observou Zen, que é advogado.

Mesmo votando favorável Ribamar, o deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) leu a certidão do TJAC e alertou que o mérito da questão ainda não está julgada. Semelhante observação fez o deputado Fagner Calegário (Sem Partido).

Com a aprovação do nome de Ribamar no parlamento, o nome vai para a mesa do governador Gladson Cameli que deverá nomeá-lo. A posse ao cargo deverá ser marcada em uma solenidade no Tribunal de Contas do Acre.

QUEM É JOSÉ RIBAMAR TRINDADE DE OLIVEIRA

José Ribamar Trindade de Oliveira é natural de Rio Branco, Acre. Tem 52 anos. Filho de Lino Duarte de Oliveira e Zuleide Trindade de Oliveira, nasceu em 01 de janeiro de 1968, na cidade do Rio Branco. É advogado, sob a OAB nº 2.259-AC, e é casado com a odontóloga Fabíola Melo Aguiar Trindade, com quem tem os filhos Enzo e Heitor.

É bacharel em Direito pela Universidade Federal do Acre, pós-graduado em Direito Financeiro e Tributário pela Universidade Cândido Mendes (UCAM) – Porto Velho/Rondônia e pós-graduado em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) – Rio Branco/Acre. Cursou o Ensino Fundamental no Colégio Acreano, em Rio Branco e o Ensino Médio no Colégio José Rodrigues Leite – Rio Branco/ Acre.

Iniciou sua vida profissional aos 14 anos de idade como balconista de empresa. Em seguida trabalhou como agente administrativo na Prefeitura Municipal de Rio Branco. Foi escriturário, caixa e auxiliar da gerência no Banco Bradesco S/A; gerente administrativo e financeiro na Madeireira Acre Rio LTDA; supervisor de vendas na empresa Frigoave Rio Branco LTDA – Distribuidora de Produtos Nestlé; vendedor na empresa Frios Vilhena LTDA – Distribuidora de Produtos Danone.

Atuou como gerente administrativo no Serviço de Água e Esgoto de Rio Branco – SAERB, exercendo atividades de presidente e membro da Comissão Permanente de Licitação. Também exerceu a advocacia privada nas áreas Cível, Criminal, Trabalhista e Administrativa.

Foi assessor de Gabinete do Conselheiro Antônio Jorge Malheiros no Tribunal de Contas do Estado do Acre (TCE), exercendo atividades na análises de processos, elaboração de relatórios e votos; presidente e membro de Comissão Permanente de Licitação e pregoeiro.

Coordenou a equipe de transição do Governo Gladson Cameli, e atualmente é secretário de estado da Casa Civil no Governo do Estado do Acre.

No Governo do Estado tem o título de chanceler da Ordem da Estrela do Acre, e recebeu as distinções honrosas do Diploma e Medalha de Mérito Plácido de Castro, outorgado pelo Comando Geral da Polícia Militar do Estado do Acre, de acordo com o Decreto nº 374 de 18 de outubro de 1984, em reconhecimento aos relevantes serviços prestados à causa pública e notável colaboração para o progresso e renome da corporação. Rio Branco/AC.

Moção de Aplausos, outorgado pela Assembleia Legislativa do Estado do Acre nos termos do Artigo 172 da Resolução nº 86/90 do Regimento Interno do Poder Legislativo, pela significativa contribuição ao Estado do Acre como secretário de estado da Casa Civil. Rio Branco/AC; o Diploma da Ordem do Mérito Dom Pedro II, outorgado pelo Comando Geral do Corpo de Bombeiros do Estado do Acre através do Decreto nº 14.832, de 28 de julho de 2006, no grau Grão Colar, pelos relevantes serviços prestados ao Estado do Acre e ao Corpo de Bombeiros. Rio Branco/AC.

Entre as especializações na área de direito financeiro, tributário e administração pública, Ribamar Trindade tem largo conhecimento nas áreas de licitações, contratações, fiscalização de obras públicas, compras governamentais, contratos e elaboração de editais, e pregoeiro.

Tem cursos nas áreas de pregão eletrônico; políticas e contratações e aquisições pelo Programa de Modernização do Sistema de Controle Externo dos Estados, Distrito Federal e Municípios Brasileiros (PROMOEX). Também tem conhecimento nas áreas de direito ambiental sobre improbidade administrativa; contas públicas e execução de convênios.

Anúncios

Acre

Ministério da Saúde prorroga 60 leitos de UTI solicitados pelo Acre

Publicado

em

O Ministério da Saúde (MS) já prorrogou 60 leitos de UTI solicitados pela Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), com investimentos de R$ 2,8 milhões, para o município de Rio Branco. A medida faz parte das ações de apoio estratégico do Governo Federal no enfrentamento da Covid-19 ao estado.

O MS vem prorrogando os leitos de UTI destinados exclusivamente para o tratamento de pacientes com a Covid-19 desde agosto deste ano. Está sendo investido o dobro do valor habitual destinado a habilitação de leitos de UTI, saindo de R$ 800 para R$ 1.600 reais em parcela única. Os gestores dos estados e municípios recebem o valor antes mesmo da ocupação do leito.

De acordo com o Ministério, o gestor local de saúde pode solicitar a prorrogação quantas vezes avaliar necessário, desde que atenda as orientações da pasta. Para que a prorrogação ocorra, a Taxa de Ocupação deve ser superior a 50% dos leitos encontrados no plano de contingência.

Apesar de estados e municípios terem autonomia para criar e habilitar os leitos necessários, o Ministério da Saúde, em decorrência do atual cenário de emergência, tem apoiado irrestritamente as secretarias estaduais e municipais e investido em ações, serviços e infraestrutura para o enfrentamento da doença. O objetivo é cuidar da saúde de todos e salvar vidas.

A pasta da Saúde diz que, desde o início da pandemia, já custeou a manutenção de 50 leitos de UTI. O Valor investido pelo Governo Federal é de R$ 2,2 milhões, pago em parcela única para que os estados e municípios façam o custeio dessas unidades pelos próximos 90 dias – ou enquanto houver necessidade em decorrência da pandemia.

“O quantitativo de leitos a serem habilitados estão relacionados a taxa de ocupação na data da análise. As medidas fortalecem a rede pública dos estados e municípios e leva atendimento para população em todo o país. Os recursos são repassados a partir da publicação das portarias no Diário Oficial da União”, informa o MS.

Com informações divulgadas pelo Portal do Ministério da Saúde.

Continuar lendo

Acre

Portal danificado coloca em risco pedestres e motoristas da capital

Publicado

em

Foto: Cedida ao ac24horas 

O ac24horas recebeu nesta segunda-feira, 30, imagens da estrutura de ferro que sustenta o portal de entrada de Rio Branco, na Chico Mendes, Segundo Distrito, danificada que estaria colocando em risco a segurança da população.

A estrutura sofreu sérios danos, após um carro colidir contra uma das pilastras de sustentação. O dano foi tamanho que parte da chapa de ferro que reveste a estrutura foi parcialmente arrancada e pedestres e condutores de veículos que transitam pela avenida temem maiores riscos.

“Aqui transita muita gente todo dia, gente de bicicleta, moto, carros, ônibus e esses ferros podem acarretar perigo para gente, sem contar o risco de desabar porque a gente vê que é oca a estrutura. Isso é um perigo!”, reivindicou um morador da localidade que prefere não se identificar.

Em contato com o governo do Acre, por meio da assessoria de comunicação, informou que uma equipe do DERACRE já teria retirado a chapa que estava colocando em risco a população, e que um orçamento está sendo fechado para recuperação do portão de entrada da cidade.

Continuar lendo

Acre

Pastor Luiz Gonzaga recebe alta e deverá retornar ao Acre em breve

Publicado

em

Foto: Reprodução/Rede Social 

O pastor-presidente da Igreja Assembleia de Deus em Rio Branco, Luiz Gonzaga, recebeu alta nesta segunda-feira (30) do Hospital Oswaldo Cruz onde estava internado em São Paulo.

Segundo informações repassadas ao ac24horas, Luiz Gonzaga deverá retornar nos próximos dias em Rio Branco. Gonzaga teve que ser entubado devido a gravidade da Covid-19.

Em um vídeo recente nas redes sociais, Gonzaga agradeceu o apoio e as orações recebidas.

“Quero chegar até você para agradecer a Deus a oportunidade de servi-lo e servir a obra dele. Quero agradecer a você que tem orado incessantemente por mim. Foram dias muito difíceis, mas hoje já podemos nos dirigir a você”, afirmou o pastor.

Com informações de Lília Camargo

Continuar lendo

Acre

Bocalom toma banho de “cuia” devido falta de água do Depasa

Publicado

em

Foto: Sérgio Vale/ac24horas

Na noite em que o candidato do Partido Progressistas foi consagrado prefeito eleito de Rio Branco com mais de 60% dos votos válidos, nesse domingo, 29, Tião Bocalom teve de tomar o conhecido “banho de cuia” porque faltava água encanada em sua residência. O problema também é vivenciado por centenas de outros moradores da capital acreana em meio à dificuldade de abastecimento de água feito pelo Departamento Estadual de Água e Saneamento (Depasa).

A afirmação foi proferida pelo próprio prefeito eleito durante entrevista concedida ao Gazeta Alerta nesta segunda-feira (30). “Tive que tomar banho com água mineral com um tambor de 20 litros para pode pegar água”, explicou Bocalom, lamentando a situação. “Eu posso comprar [água] e quem não tem dinheiro para comprar?”, indagou.

O abastecimento de água é uma das propostas que fazem parte de sue plano de governo à frente da prefeitura de Rio Branco. Bocalom que trazer de volta a gerência do Depasa para o município. “Água é saúde. Eu conheço o serviço de água e esgoto em diversos municípios e todos eles dão certo, porque só aqui não dá certo?”, questionou.

Ele destaca que, pela Constituição Federal, é obrigação do município cuidar do abastecimento da cidade. Bocalom diz que futuramente irá sentar com o governador Gladson Cameli para que o estado devolva ao município o Depasa. “Vamos cuidar e colocar água nas torneiras dos moradores. Isso é uma pouca vergonha e vamos resolver esse problema”, concluiu.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas