Conecte-se agora

Candidatos discutem falta d’água, saneamento, saúde e educação

Publicado

em

Os sete candidatos à Prefeitura de Rio Branco participaram na manhã desta quarta-feira, 28, do debate realizado pelo Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Acre (SINSPJAC). Devido à pandemia do coronavírus, o evento não contou com plateia. Na área de saneamento básico, os candidatos do Progressistas e PSDB, Tião Bocalom e Minoru Kinpara falaram acerca do problema da falta de água nos bairros de Rio Branco.

Bocalom se comprometeu em assumir a responsabilidade do saneamento básico em sua gestão, mas lamentou o descaso com uma coisa que é essencial para vida, que é água.

“Infelizmente, as estações de esgoto não estão tratando esgoto. Não dá mais para aguentar essa situação da água. Em dois anos ou três anos iremos mostrar como gerenciar uma coisa pública. Ao final dos nossos quatro anos teremos água de qualidade em Rio Branco”, afirmou.

Já Minoru Kinpara voltou a cobrar que à Prefeitura de Rio Branco atue na fiscalização do contrato entre o município e o Estado. “Saneamento básico é responsabilidade constitucional da prefeitura, foi repassado para o Estado, mas a prefeitura tem a responsabilidade de cobrar, fiscalizar, e multar o DEPASA se não tiver prestando serviço de qualidade. Temos que pensar no saneamento não só na zona urbana, mas também na zona rural”, destacou Kinpara.

Saúde

O candidato do MDB, Roberto Duarte, voltou a falar do programa Terceiro Turno que ampliará os atendimentos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) até às 22 horas.

Duarte afirmou que quer acabar com a situação da população ter que acordar de madrugada para conseguir uma ficha para atendimento nas unidades de saúde.

“É preciso tratar a saúde com seriedade e prioridade. Estamos em 2020 e ainda nos deparamos em situações em que a nossa população tem que acordar de madrugada para conseguir uma ficha. Vamos referendar as unidades de saúde para prestar atendimento médico para a população e vamos cobrar dos médicos para trabalharem até às horas em que ele foi contratado, ao contrário do que acontece agora, na qual eles trabalham por quantidade de fichas atendidas”, afirmou.

Educação

A atual prefeita Socorro Neri (PSB) comemorou o índice do IDEB, mas reconheceu que ainda há muito a ser feito pela educação de Rio Branco. “Nossa educação é considerada a 2º melhor das capitais brasileiras. Há muito a ser feito para termos uma educação melhor do que já temos. Há ainda um déficit muito grande de vagas em creches e é preciso ampliar até 2025 em até 50% das crianças de 0 até 3 anos. Nesse período, buscamos valorizar melhor os profissionais da educação e com salários equiparados aos vencimentos da rede estadual e buscando melhorar a conectividade”, ressaltou Neri.

Reforma da previdência

O candidato à Prefeitura de Rio Branco, Jarbas Soster (Avante), usou seu tempo para defender a reforma da previdência aprovada pelo presidente Jair Bolsonaro e teceu elogios a reforma.

“A esquerda tentou desgastar o governo federal quando a reforma da previdência foi proposta e aprovada. Aqui em Rio Branco não foi diferente, tanto que os municípios seguiram a cartilha do que foi aprovado lá em Brasília e acabaram encaminhando as reformas no mesmo molde”, afirmou.

Tributação e Regularização Fundiária

O candidato do PT, Daniel Zen, afirmou que a prefeitura de Rio Branco tem que criar um ambiente fiscal “sadio” e voltou a falar do programa “Primeiro Emprego” que prevê isenções fiscais aos empresários, por meio do IPTU e ISS que será concedido às empresas que contratarem jovens no programa menor aprendiz, caso seja eleito.

“De tudo aquilo que se arrecada no município, dentre os três entes [União, Estado e Município] os municípios ficam com a menor parcela. No entanto, não podemos aumentar alíquota de tributos para melhorar a receita do município. Nós temos que criar um ambiente fiscal sadio e saudável que permita aos empresários e empreendedores que não sejam sufocados”, destacou.

Infraestrutura

O engenheiro civil e candidato do PSC, Jamyl Asfury, afirmou que em relação a infraestrutura irá acabar com a metodologia do “tapa buraco”. “É uma falácia dizer que não se faz recuperação de ruas no inverno. Existem equipamentos de ótima qualidade que podem ajudar nas ações durante esse período. No nosso plano falamos também da importância de termos ruas que tenham trafegabilidade em sentido único e queremos que a infraestrutura da cidade seja melhorada. Iremos fazer auditorias das obras que estão sendo realizadas com os recursos públicos”, afirmou.

Anúncios

Acre

Poeta e fotógrafo acreano, Victor Oliveira morre em São Paulo

Publicado

em

Faleceu na tarde desta terça-feira, 24, aos 21 anos, o poeta e fotógrafo acreano Victor Silveira Nepomuceno, em São Paulo. Ele lutava contra um câncer e estava internado em leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), no Hospital de São Paulo.

Nas redes sociais, a mãe Giselda Silveira, informou que o seu filho sofreu duas paradas cardíacas no período da tarde e acabou não resistindo.

Há pouco tempo, Victor foi diagnosticado com uma grande quantidade de massa no coração e passaria por exame para verificar se o problema era trombose ou consequência do câncer. Ele já havia amputado um braço para evitar complicações da doença no restante do corpo.

Continuar lendo

Acre

Jurilande sofreu ataque isquêmico transitório, mas deve se recuperar

Publicado

em

O empresário Jurilande Aragão, presidente da Junta Comercial do Acre (Juceac), está internado no Pronto Atendimento da Unimed após sofrer um ataque isquêmico transitório (AIT), que consiste numa alteração da função cerebral que, normalmente, dura menos de uma hora e é causada por um bloqueio temporário do fornecimento de sangue ao cérebro.

O ac24horas apurou junto aos médicos que a causa e os sintomas de um AIT são os mesmos que os de um acidente vascular cerebral isquêmico. Mesmo com o susto, Aragão já está bem e se recupera prontamente, porém os médicos ficarão o observando pelos próximos dias.

Jurilande foi internado na madrugada desta terça-feira, 24, após sofrer passar mal em sua residência, no Bosque. De acordo com informações, ele estava sozinho no momento em que teria perdido a consciência. Ao despertar, Jurilande tinha dificuldades para se comunicar e caminhar.

Mesmo nessa situação, o empresário conseguiu ligar para um dos contatos da agenda telefônica, que o socorreu e levou ao hospital.

Os sintomas do ataque que Aragão teve incluem fraqueza em um lado do corpo, problemas de visão e fala arrastada. Eles são transitórios e costumam desaparecer em 24 horas.

O tratamento inclui medicação, cirurgia e mudanças para ter um estilo de vida saudável.

Continuar lendo

Acre

Acre passa dos 35 mil infectados por Covid-19 e chega a 715 mortes

Publicado

em

Foto: Júnior Aguiar 

O Acre registrou nesta terça-feira, 24, 04 novos casos de contaminação pelo novo coronavírus no estado. Sendo assim, a Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) afirma que o número de infectados subiu de 34.849 para 35.053 nas últimas 24 horas. Das novas notificações, 114 são resultados RT-PCR e 90 são de testes rápidos.

De acordo com o Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), mais uma notificação de óbito foi registrada, sendo uma pessoa do sexo masculino, fazendo com que número oficial de mortes por Covid-19 suba para 715 em todo o estado. Morador de Rio Branco, L.R.S., de 72 anos, deu entrada no dia 12 de novembro no Hospital Santa Juliana e faleceu no dia 21 de novembro.

O Acre, até o momento, registra 97.038 notificações de contaminação pela doença, sendo que 61.774 casos foram descartados. Atualmente, 211 exames de RT-PCR seguem aguardando análise pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) ou pelo Centro de Infectologia Charles Mérieux. Pelo menos 30.179 pessoas já receberam alta médica da doença, enquanto 126 pessoas seguem internadas.

Continuar lendo

Acre

Socorro Neri diz que falta estudo e preparo a Tião Bocalom

Publicado

em

Foto: Sérgio Vale/ac24horas

A atual prefeita e candidata à reeleição do PSB, Socorro Neri, em programa eleitoral desta terça-feira, 24, disparou críticas ao seu adversário do 2º turno, Tião Bocalom (Progressistas).

No vídeo gravado, Neri contou sua trajetória de vida e destacou que através do estudo e trabalho conseguiu conquistar o seu lugar na sociedade.

“Eu trabalho desde os 14 anos pra ajudar a minha família a sobreviver. Fui uma trabalhadora estudante, me formei, fiz mestrado, doutorado e conquistei meu lugar na universidade. Sou mãe e sou avó”, contou Neri.

Em outro trecho, Neri fala da implantação da iluminação de LED e defende o projeto do qual sofre muitas críticas de seus adversários, que lhe chamam de “Socorro LED”.

“A iluminação chegou, e chegou de qualidade! De uma forma que vai reduzir o custo, e esse custo depois, vai aparecer na taxa de iluminação dos moradores daquela rua. Foi resolvido agora! Foi feito muito, e foi feito, sabe como? Economizando!”, destacou Neri.

No último trecho, Neri dispara críticas contra a falta de preparo de Tião Bocalom e que se ancora em um gestão de 20 anos atrás, enquanto ela se atualizou sobre os principais debates no país.

“Eu estou atualizando sobre o que está se discutindo, sobre as políticas públicas, sobre a reforma tributária, administrativa e sobre transporte coletivo. E o outro candidato? O que ele fez? Ele não se atualizou e nem estudou. Ele se ancora nessa gestão de 20 anos atrás. Enquanto muitos dizem que vão vencer, eu fiz! Demonstrei em pouco tempo e, em meio a tantas dificuldades, que cuidando bem do seu dinheiro é possível fazer mais e melhor em todas as áreas. Peço o seu voto para continuar fazendo Rio Branco avançar! Juntos somos mais fortes! Vote 40”, defendeu Neri.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas