Conecte-se agora

Após críticas, Ufac afirma que não tem relação com debate

Publicado

em

A Universidade Federal do Acre (Ufac) publicou nota afirmando que o debate promovido pelo Diretório Central dos Estudantes (DCE) no último sábado, 24, não tem qualquer relação com as ações promovidas pela instituição e pontuou que não houve utilização de quaisquer recursos públicos da instituição no debate.

A nota vem à tona, após críticas acerca das exclusões dos candidatos à prefeitura de Rio Branco, Roberto Duarte e Jamyl Asfury, do debate promovido pelo DCE que ocorreu no último sábado (24), na Federação das Indústrias do Acre (FIEAC).

Em Nota, a Ufac veio a público reafirmar seu respeito à democracia e seu apartidarismo e pontuou que a atual gestão da universidade tem entre suas características a capacidade de dialogar com todos.

“Não há relação possível a ser estabelecida entre as ações promovidas no formato do debate proposto pelo DCE com os recursos públicos destinados e utilizados de forma proba e eficiente nas atividades da Ufac. A correlação é inadequada, pois a Ufac não faz parte da organização dos debates on-line com os candidatos à Prefeitura de Rio Branco, uma vez que a ação está sendo realizada pelo Diretório Central dos Estudantes (DCE), instituição independente e que é responsável por suas próprias agendas”, afirmou Ufac em Nota.

Em outro trecho, a Ufac destacou que o foco da instituição é em Ensino, Pesquisa e Extensão e relembrou as ações de apoio que vem sendo desenvolvida pela instituição nesta pandemia da covid-19, tanto para seus alunos mais carentes com bolsas e auxílios financeiros e educação de qualidade, bem como com a sociedade, realizando ações para o combate à disseminação do coronavírus.

“Por fim, a gestão superior da Ufac reitera seu compromisso com a Democracia e com o povo acreano, mantendo a transparência nos atos e as portas sempre abertas a todos que queiram contribuir com a Educação no Acre”, afirmou.

Veja a nota na íntegra: 

Nota de esclarecimento

A Universidade Federal do Acre (Ufac) vem a público reafirmar seu respeito à Democracia e seu apartidarismo. A atual gestão da universidade tem entre suas características a capacidade de dialogar com todos. Assim, a reitoria tem construído agendas durante o mês de outubro com visitas aos parlamentares, independente de qual sigla partidária represente.

A Ufac é um patrimônio da sociedade acreana, instituição respeitada pela credibilidade, trabalho de qualidade e valor que agrega ao Estado, sendo a única Universidade Pública do Estado do Acre. Por sua vez, a Instituição tem compromisso e responsabilidade social e preza pela transparência das informações que são divulgadas, de modo que a informação sobre a realização de debate pela Ufac ou em suas dependências não são verdadeiras, de modo que nenhum evento está sendo autorizado a ser realizado pelo Comitê Covid-19.

Assim, não há relação possível a ser estabelecida entre as ações promovidas no formato do debate proposto pelo DCE com os recursos públicos destinados e utilizados de forma proba e eficiente nas atividades da Ufac.

A correlação é inadequada, pois a Ufac não faz parte da organização dos debates on-line com os candidatos à Prefeitura de Rio Branco, uma vez que a ação está sendo realizada pelo Diretório Central dos Estudantes (DCE), instituição independente e que é responsável por suas próprias agendas.

A Universidade tem demonstrado cada vez mais seu comprometimento com o Estado do Acre, com seu povo, oferecendo ações de apoio em momentos difíceis como a da atual pandemia de covid-19, tanto para seus alunos mais carentes com bolsas e auxílios financeiros e educação de qualidade, bem como com a sociedade, realizando ações para o combate à disseminação do coronavírus. O foco da instituição é em Ensino, Pesquisa e Extensão.

Na segunda-feira, 26, esta Instituição de Ensino Superior (Ifes) inicia o Ensino Remoto Emergencial (ERE), ação que foi exaustivamente planejada para que nenhum aluno fique prejudicado.

Por fim, a gestão superior da Ufac reitera seu compromisso com a Democracia e com o povo acreano, mantendo a transparência nos atos e as portas sempre abertas a todos que queiram contribuir com a Educação no Acre.

Anúncios

Acre

Homem tem casa invadida e é morto com tiro na cabeça na Sobral

Publicado

em

Jailson Morais Ribeiro, de 49 anos, foi executado com um tiro na cabeça na noite deste domingo, 29, dentro de sua residência localizada na rua Francisco Vieira, no bairro Aeroporto Velho, na região da Baixada da Sobral em Rio Branco.

De acordo com a polícia, Jailson estava em casa dormindo quando dois homens não identificados chegaram em uma motocicleta, invadiram a residência e um dos criminosos efetuou dois tiros na vítima, que foi atingida com um tiro na cabeça. A dupla fugiu do local.

A ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada, mas quando os paramédicos chegaram ao local, encontraram Jailson sem vida.

A casa foi isolada pela Polícia Militar para os trabalhos do Perito em criminalística. O corpo foi removido e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para os exames cadavérico. Os criminosos não foram encontrados pela Polícia Militar durante patrulhamento na região.

Segundo a Polícia, o crime pode ter sido motivado pela guerra entre facções. O caso já está sendo investigado pelos Agentes de Polícia Civil da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Continuar lendo

Acre

PF prendeu sete pessoas por crimes eleitorais em Rio Branco

Publicado

em

A Polícia Federal (PF) divulgou nesta segunda-feira, 30, o balanço final da Operação Eleições 2020 no Acre. Entre os números apresentados após a votação, neste domingo (29), sete pessoas foram presas por crimes eleitorais.

De acordo com os dados da PF, todos os detidos foram encaminhados para a delegacia onde foi lavrado o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).

Entre as ocorrências registradas neste domingo pela Polícia Federal, houve cinco casos de boca de urna, dois de violação do sigilo do voto, um flagrante por compra de votos e outro por transporte irregular de pessoas.

Cinco dessas sete pessoas, assinaram o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), que é um registro de um fato tipificado como infração de menor potencial ofensivo, ou seja, os crimes de menor relevância, que tenham a pena máxima cominada em até dois anos de cerceamento de liberdade ou multa.

Continuar lendo

Acre

Bocalom é o único eleito em capital apoiado por Bolsonaro

Publicado

em

Foto: Sérgio Vale/ac24horas 

Eleito em Rio Branco, Tião Bocalom (PP) é o único entre os candidatos a prefeito apoiados por Jair Bolsonaro nas capitais que teve sucesso nas urnas em 2020.

Bocalom derrotou a adversária Socorro Neri (PSB), atual prefeita da cidade, apoiada pelo governador Gladson Cameli.

Bocalom estava em sua quarta tentativa de assumir a prefeitura da capital acreana. Ele já havia sido prefeito de Acrelândia em outras três oportunidade, além de ser candidato a deputado federal pelo PSL em 2018, quando não conseguiu se eleger.

Apesar do apoio de Bolsonaro, em nenhum momento o presidente citou o nome de Bocalom durante as lives realizadas no período eleitoral, segundo se apurou.

Continuar lendo

Acre

Gladson parabeniza Bocalom e coloca governo à disposição

Publicado

em

Com 100% das urnas apuradas, o governador Gladson Cameli (Progressistas) usou as redes sociais neste domingo, 29, para parabenizar o prefeito eleito, Tião Bocalom (Progressista).

Nas redes, Cameli desejou sucesso a Bocalom em sua gestão e colocou o Governo do Estado do Acre à disposição para trabalhar em parceria na busca por melhorias para a população de Rio Branco.

“Certamente a fé e a perseverança são características de um homem que nunca desistiu de seus sonhos. Que a mesma esperança de fazer o melhor pelas famílias rio-branquenses permaneça em suas metas, guiado pela força e coragem que marcaram sua trajetória até os dias de hoje”, afirmou.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas