Conecte-se agora

Pesquisa internacional aponta que professores no Brasil são mal pagos e desrespeitados

Publicado

em

No total, 35 países foram avaliados pela Varkey Foundation

Uma pesquisa realizada pela organização internacional Varkey Foundation mostra que o Brasil é o país que menos prestigia os professores. O levantamento aponta também que os docentes são desrespeitados e mal pagos. A pesquisa foi feita para avaliar o sentimento da população de 35 países a respeito da valorização de professores em comparação com outras profissões.

“Existem muitas razões para explicar por que o status do professor é tão baixo no Brasil. Salário é apenas uma peça de um grande e complexo quebra-cabeça”, explicou a fundação Varkey.

Avaliando os professores em comparação com outras profissões a partir de uma escala de 0 a 14, os brasileiros foram os que atribuíram a menor nota, 5. Na China, por exemplo, a nota atribuída à profissão foi 9. 

A pesquisa da Varkey Foundation também pediu aos entrevistados que caracterizassem a profissão escolhendo uma palavra, disponilizadas em pares como confiável/não confiável, bem/mal pago, trabalha muito/pouco, muito/pouco inteligente.

Nesse tipo de avaliação, denominada de percepção implícita, o Brasil ocupa a 25º lugar, à frente de países como Espanha, Colômbia, Argentina, Chile. De acordo com a Varkey, os resultados mostrados apontam que o professor tem baixo status em toda a América Latina, aparecendo abaixo do restante do mundo. 

O relatório também indica que a profissão é mais mal avaliada nos países em que ela é mais ocupada por mulheres. No Brasil, 64,3% dos professores de ensino médio são do sexo feminino. Para a Varkey Foundation, estereótipos de gênero ou o sexismo têm forte relação com a visão negativa do status de professor. 

O levantamento da Varkey Foundation entrevistou 42 mil pessoas nos 35 países. Em cada país, foram ouvidos 1.200 entrevistados, sendo 200 deles professores. A pesquisa tem como objetivo identificar os fatores que auxiliem a melhorar o prestígio da profissão.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Anúncios

Cotidiano

Ao lado de Gladson, Socorro cumpre última agenda antes da eleição na Praça da Revolução

Publicado

em

Acompanhada do governador Gladson Cameli (Progressista), a prefeita Socorro Neri (PSB) foi conferir na noite deste sábado, 28, como ficou a decoração natalina no Centro de Rio Branco, na Praça da Revolução.

Essa é a última agenda pública da prefeita Socorro Neri antes da eleição deste domingo (28).

Entusiasmada, Socorro contou que espírito de fé e esperança tomou conta das famílias que estavam passeando pelo local.

“O espírito de fé e esperança tomou conta das famílias que estavam lá passeando, e que aproveitaram o momento para reforçar seu voto no 40 neste domingo. Gratidão!”, afirmou.

Continuar lendo

Cotidiano

Mãe de Gladson crítica militância por espalhar vídeo antigo do filho pedindo voto para o 11

Publicado

em

A mãe do governador Gladson Cameli, Linda Cameli, usou as redes sociais neste sábado, 28, para criticar a militância do candidato do Progressistas, Tião Bocalom.

Ela relatou que a imagem do filho tem sido usada indevidamente nas redes sociais e conta que tem visto na internet vídeos de campanha de Gladson quando disputou o governo em 2018, em que pede voto para o 11, sendo compartilhado como se fosse atualmente, pela militância de Bocalom.

“A política é um jogo tão sujo, que mesmo estando na frente nas pesquisas, a turma do Bocalom estão usando uma gravação antiga do Gladson pra governo, pra falar que o Gladson é 11. Gente 11 é o número do PP partido, que o Gladson era filiado. Gladson está sem partido. Imagina se eles tivessem perdendo nas pesquisas!!!”, afirmou.

Por fim, a mãe de Gladson afirmou que não adianta os adversários jogarem sujo, pois Gladson tem uma mãe orando por ele todos os dias.

“Pedindo que Deus livre ele desses inimigos. Uma mãe atenta. Muitos querendo derrubar o GLADSON, conseguem não. “Se Deus é por nós quem será contra nós ?”, indagou dona Linda Cameli ao citar trecho bíblico.

Continuar lendo

Extra Total

Desembargador nega pedido para suspensão da ação penal contra Ícaro Pinto

Publicado

em

O desembargador Samoel Evangelista negou neste sábado, 28, pedido liminar para a suspensão da ação penal contra o fisioterapeuta Ícaro Pinto, 33 anos, denunciado pelo assassinato da jovem Jhonliane Paiva

A morte de Jonhliane de Souza Paiva ocorreu no dia 6 de agosto, na Avenida Antônio da Rocha Viana, em Rio Branco. Na época, Ícaro conduzia a BMW que colidiu na motocicleta da vítima.

O Habeas Corpus foi impetrado pelo advogado Luiz Carlos da Silva Neto. No recurso, o defensor solicitou a suspensão de toda e qualquer diligência preparatória para a audiência de instrução e julgamento do processo.

O advogado pediu ainda que seja desclassificado o homicídio qualificado para um crime de trânsito e que o processo seja encaminhado para uma vara de juízo criminal comum.

Porém, ao analisar o recurso, o desembargador destacou que não encontrou nenhuma ilegalidade apontada. “o habeas corpus deve ser concedido quando alguém sofrer ou se achar ameaçado de sofrer violência ou coação em sua liberdade de locomoção”.

Com o indeferimento da liminar do HC, a defesa de Ícaro Pinto vai aguardar o julgamento do mérito, que será analisado pelos três membros da Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC).

Continuar lendo

Destaque 7

Acre registra 164 casos e mais uma morte por Covid-19 em 24 horas

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), por meio do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), registrou neste sábado, 28, 164 novos casos de contaminação pelo novo coronavírus no Acre.

Mais 1 óbito foi registrado neste sábado, 28, sendo do sexo masculino, cujas iniciais são A. P. L., de 83 anos. Morador de Feijó, sem data de admissão na unidade de saúde, faleceu no dia 13 de novembro, no Hospital Regional do Juruá, em Cruzeiro do Sul. Assim, o número oficial de mortes por Covid-19 sobe para 723 em todo o estado.

O número de infectados subiu de 35.756 para 35.920 nas últimas 24 horas. As novas notificações são resultados de RT-PCR. O Acre, até o momento, registra 98.813 notificações de contaminação pela doença, sendo que 62.433 casos foram descartados.

Atualmente, 460 exames de RT-PCR seguem aguardando análise pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) ou pelo Centro de Infectologia Charles Mérieux. Pelo menos 30.434 pessoas já receberam alta médica da doença, enquanto 142 pessoas seguem internadas.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas