Conecte-se agora

Sócio da Rede de Supermercados Araújo doa R$ 100 mil para campanha de Socorro Neri

Publicado

em

Com o limite de gastos de campanha para prefeito de Rio Branco estipulado em R$ 252 mil pela justiça eleitoral, os candidatos começaram a se movimentar em busca de recursos junto a partidos e apoiadores. Até esta segunda-feira, 12, apenas 4 prefeituráveis dos 7 que disputam a cadeira de administrador pelos próximos quatro anos registraram movimentações no Sistema Oficial do disponibilizado pelo TSE que acompanha em tempo real a movimentação financeira da campanha.

A que mais recebeu recursos até o momento é a candidata à reeleição, Socorro Neri (PSB). Apoiada pelo governador Gladson Cameli, Neri recebeu R$ 352 mil, sendo R$ 252 transferidos pela direção nacional de seu partido e R$ 100 mil de Aldenor Araújo, sócio proprietário da maior rede de supermercados do Acre, o Arasuper. Mesmo com o total muito acima do limite, a reportagem apurou que o recurso extra depositado pelo empresário poderá ser utilizado para o pagamento de serviços jurídicos e de contabilidade, que de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral, não apresentam limites de gastos. Nas eleições de 2014, a Rede Araújo doou mais de R$ 400 mil para as campanhas do PT, sendo R$ 300 mil para a candidata a presidente Dilma Rousseff e R$ 100 mil para a campanha do então candidato a reeleição, Sebastião Viana.

O segundo que mais recebeu recursos até o momento na capital foi o candidato petista Daniel Zen (PT). A direção nacional da sigla repassou a campanha R$ 192 mil. Na terceira posição que mais recebeu recursos, surge o candidato do PSC, Jamyl Asfury, com a direção nacional do seu partido disponibilizado R$ 100 mil para campanha.

Quem teve que tirar dinheiro do próprio bolso oficialmente foi o candidato do MDB, Roberto Duarte. Ele transferiu R$ 15 mil para sua campanha já que ainda não recebeu nenhum centavo da direção nacional do seu partido.

Os candidatos MInoru Kinpara (PSDB), Tião Bocalom (Progressistas) e Jarbas Soster (Avante), não apresentaram até o momento nenhum tipo de receita no extrato dos gastos de campanha. A reportagem apurou que é possível que os recursos sejam disponibilizados ainda esta semana pelas direções nacionais dos partidos.

Até o momento, nenhum dos sete candidatos a prefeitura registrou despesas.

Anúncios

Destaque 4

Moradores reclamam de serviço da prefeitura: “tiraram o asfalto e deixaram só no barro”

Publicado

em

Moradores da rua Gastão Lobão, localiza no bairro Nova Esperança, em Rio Branco, procuraram o ac24horas para reclamar de um serviço da prefeitura de Rio Branco. De acordo com os populares, a prefeitura, um mês atrás, chegou ao bairro, mexeu na rua, mas “desapareceu” sem concluir o serviço. Com a proximidade da chegada do período de chuvas, os moradores temem que a rua fique ainda pior do que era.

“Antes tinha asfalto cheio de buracos, mas tinha. O resto era só mato, eles abriram tudo tiraram o asfalto e deixaram assim só no barro, foram embora e não deram mais explicações. A gente precisa saber se vão voltar. Se começar a chover, vai ficar é pior, se não iam terminar era melhor não ter mexido”, diz um morador.

A reportagem procurou a prefeitura de Rio Branco. Por meio da assessoria, a gestão municipal informou que o serviço será concluído antes das chuvas. O secretário adjunto de Infraestrutura (Seinfra), Marcos Vinícius, afirmou que a rua receberá intervenção para a conclusão do trabalho de melhoria na próxima semana.

Continuar lendo

Destaque 4

Pedro Longo faz visita a Francisco Djalma e reafirma importância da parceria institucional

Publicado

em

O recém-empossado deputado estadual Pedro Longo (PV) fez visita de cortesia ao presidente do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), desembargador Francisco Djalma, nesta quinta-feira, 22.

Durante a conversa, o deputado parabenizou o presidente pela eleição para o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) na função de membro titular, na classe desembargador do órgão eleitoral.

Djalma, por sua vez, desejou um bom mandato ao deputado recém-diplomado e reafirmou a importância das parcerias institucionais nos programas e projetos desenvolvidos pelo Judiciário.

Assim que tomou posse no cargo, Pedro Longo assumiu a presidência da Comissão de Defesa do Consumidor na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac).

O parlamentar tem demonstrado também o interesse em apoiar iniciativas sociais e filantrópicas, como as que são desenvolvidas pela maçonaria acreana, instituição da qual faz parte.

Na semana passada, Longo visitou a Grande Loja Maçônica do Estado do Acre (Gleac), quando foi recebido por representantes da ordem e colocou o seu gabinete à disposição das ações da irmandade.

Pedro Longo requereu a aposentadoria voluntária da magistratura em 2013, depois de atuar como juiz nas comarcas de Xapuri e Sena Madureira, antes de sua promoção à titularidade da 1ª Vara de Família da Comarca de Rio Branco.

Continuar lendo

Destaque 4

Reabertura de escolas privadas no Acre só depende do Comitê Covid-19, diz secretário

Publicado

em

As escolas particulares do Acre querem retomar o mais brevemente as atividades presenciais. No entanto, segundo o secretário de Estado da Educação, Mauro Sérgio, esse calendário depende unicamente do Comitê de Combate à Covid-19.

Havia uma data estabelecida para reabertura das escolas particulares, que seria nesta sexta-feira, dia 23 de outubro, mas o secretário não confirma: “ainda não sabemos. Está nas mãos do Conselho Covid”, disse ele ao ac24horas. “São eles que decidem”, completou.

O secretário diz ainda que as demais redes seguem com atividades remotas. “As redes estadual e municipal continuarão com o ensino a distância. Presencial só em 2021”, afirmou.

Continuar lendo

Destaque 4

Programa de Aquisição de Alimentos amplia até 30% o pagamento ao produtor no Acre

Publicado

em

Foto: Divulgação

Os preços a serem pagos aos beneficiários produtores, pelo litro de leite, no âmbito do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), modalidade Incentivo à Produção e ao Consumo de Leite (PAA – Leite) serão calculados pela média dos preços pagos ao produtor nos últimos três meses, onde for implementado o Programa, apurados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Essa medida consta de resolução publicada nesta quinta-feira (22) no Diário Oficial da União. Estabelecendo inclusiva a metodologia de cálculo dos preços referidos.

A resolução autoriza emergencialmente, devido aos efeitos gerados pela pandemia de Covid-19, ampliação dos preços pagos aos beneficiários produtores em até 30% do preço de referência estabelecido.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas