Conecte-se agora

Kinpara comemora resultado e adversários condenam pesquisa

Publicado

em

Após divulgação da pesquisa que afere a intenção de votos dos eleitores de Rio Branco revelada pelo Instituto Haverroth de Política, Estatística e Comunicação, de Porto Velho (RO) neste domingo, 11, os candidatos que disputam a cadeira municipal emitiram parecer sobre o resultado dos números. Minoru Kinpara, do PSDB, disse que mais uma vez a população demonstrou o seu anseio por mudança.

“A hora de mudar é agora! Precisamos de nomes novos na política. De ideias novas e de força de vontade para transformar Rio Branco numa cidade melhor para viver. Muito obrigado a cada um de vocês por acreditar no nosso projeto. Estamos juntos até a vitória!”.

Já o petista Daniel Zen afirmou só acredita em pesquisa feita por quem não tem relações com os candidatos em disputa. “A pesquisa Real Time Big Data, encomendada e paga pelo concunhado do candidato do MDB, ele aparece bem. Na do Instituto Haverroth, paga pelo padrinho do candidato do PSDB, é ele quem lidera”.

O candidato do Avante, Jarbas Soster recebeu com naturalidade os resultados da pesquisa. “A campanha está começando agora e a gente tem muita coisa para colocar à população”. Segundo Soster, sua proposta é a melhor dentre os demais concorrentes. “Começamos com 0,5% e estamos há poucos dias caminhando, apesar de outros estarem há 2 anos fazendo campanha”, salienta.

O empresário afirma que está há 20 anos afastado do processo politico. “E a gente tem muito conteúdo e sem dúvida nenhuma a gente vai subir nas pesquisas e assustar a galera”.

O emedebista Roberto Duarte afirma que não discute com números. “O que observamos é que, se comparada com outras pesquisas realizadas por este mesmo instituto, o Minoru caiu mais de 10 pontos e os demais candidatos estão crescendo. Continuarei fazendo o meu trabalho, conversando com as pessoas e apresentando as propostas para cuidar e modernizar Rio Branco”.

O candidato Jamyl Asfury (PSC) garante se tratar de uma pesquisa encomendada. “A meu ver, os números não retratam a realidade, no entanto, tenho que concordar numa coisa: tem mostrado que nós estamos evoluindo. E a verdade é essa. Estamos todo dia, em todos os bairros em busca de novos apoios e a cada dia mais pessoas aderem ao nosso projeto de uma Rio Branco feliz e Deus governando com a gente”.

Já Socorro Neri, que disputa a reeleição pelo PSB, não respondeu ao ac24horas por estar em agenda política na Transacreana, sem sinal telefônico ou internet, informou sua assessoria de imprensa.

Anúncios

Acre

Acre tem o pior mês de outubro em queimadas desde 1998

Publicado

em

Foto: Sérgio Vale

Desde o início da série histórica (1998) do total de focos ativos detectados pelo satélite de referência (AQUA Tarde) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), o Acre não tinha um mês de outubro com um volume de focos de queimadas tão intenso quanto em 2020.

De 1º a 18 de outubro deste ano, foram registrados 1.478 focos de queimadas no Acre, superando o total de todo o mês de outubro de 2017, quando o estado teve 1.350 focos detectados, a maior marca até então. No ano passado, outubro registrou apenas 354 ocorrências de queimadas.

Em todo o período deste ano, de 1º de janeiro a 19 de outubro, o Acre acumula 8.879 focos de queimadas, 32% a mais do que o registrado no ano passado – 6.706 focos. O número de queimadas para esse período em 2020 já o terceiro maior desde 1998, quando foi iniciada a série histórica.

Os municípios acreanos com maior número de queimadas em outubro deste ano são: Xapuri (304),Brasiléia (246), Sena Madureira (198), Rio Branco (132) e Epitaciolândia (114). No ano, Feijó (1.546), Sena Madureira (1.067), Tarauacá (1.010), Xapuri (719) e Rio Branco (706) são os campeões do fogo.

Com 402 focos de queimadas registrados apenas em outubro, o que representa 87% do total de todas as outras unidades de conservação federais no Acre, a Resex Chico Mendes chegou a 1.069 focos de queimadas detectados entre janeiro e outubro deste ano – 67% do total das demais UC’s no estado.

Continuar lendo

Acre

Soster questiona prefeitura ao apontar falta de médico em UBS

Publicado

em

O empresário do ramo de construção de rodovias, pavimentação asfáltica e candidato à prefeitura de Rio Branco pelo Avante, Jarbas Soster, voltou a criticar a falta de atenção da atual gestão municipal da capital acreana em relação às unidades de saúde que ficam sob a responsabilidade do município.

Nas redes, Jarbas mostrou o caso da Unidade Básica de Saúde (UBS) localizada no bairro Belo Jardim, que estaria sem médico, segundo moradores.

“Saúde da prefeitura, cadê você????De quem é a responsabilidade por este abandono????Não tem médico, segundo moradores. Belo Jardim. #aquinaotemsocorro”, afirmou.

Continuar lendo

Acre

Pelo terceiro dia seguido, Acre não tem mortes por Covid-19

Publicado

em

Pela primeira vez desde o início da pandemia, o Acre não registra mortes pela Covid-19 por três dias seguidos. A informação está no boletim divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) na tarde desta segunda-feira, dia 19. Até agora, 679 pessoas morreram vítima da pandemia no Acre.

Em relação aos novos casos, o boletim registra 47 novos casos de contaminação. O número total chega a 29.765 pessoas infectadas.

Até o momento, o Acre registra 77.919 notificações de contaminação pela doença, sendo que 48.153 casos foram descartados, enquanto 1 amostra de RT-PCR está em análise. Pelo menos 27.732 pessoas já receberam alta médica da doença e 63 seguem hospitalizadas.

Continuar lendo

Acre

Propaganda ilegal é recorde de denúncias na 9ª Zona Eleitoral

Publicado

em

O novo juiz eleitoral de Rio Branco, Robson Aleixo, disse nesta segunda-feira, 19, que as denúncias mais comuns que chegam à 9ª Zona Eleitoral têm sido atos de propaganda irregular na campanha.

“Temos várias representações por propaganda irregular”, informou Aleixo ao ac24horas. À tarde, ele prepara um levantamento das denúncias até agora protocoladas na Justiça Eleitoral.

Aleixo ocupa a vaga deixada pelo colega Giordane Dourado, afastado da 9ª Zona Eleitoral a partir de uma ação do Ministério Público. Dourado é casado com assessora do candidato a prefeito de Rio Branco pelo MDB, Roberto Duarte. O MP viu que será complicado para o juiz decidir sem suspeições nesta campanha.

Aleixo já foi defensor público da União e agente da Polícia Federal antes de ser juiz no Acre.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas