Conecte-se agora

Criminosos invadem residência e matam desafeto com 4 tiros em Mâncio Lima

Publicado

em

A Polícia Civil de Mâncio Lima investiga o assassinato de Edivaldo Costa, ocorrido na noite dessa quarta-feira, 7, na colônia São Francisco, localizada no município de em Mâncio Lima. O homem, que era monitorado por tornozeleira eletrônica, foi morto com 4 tiros.

A esposa dele, que presenciou o crime, contou à polícia que o casal estava deitado quando dois homens, que usavam capacetes, arrombaram a porta da casa e mataram a vítima, que foi atingida na nuca e nas costas e morreu antes da chegada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Edivaldo era monitorado desde janeiro deste ano. Cumpria pena por posse ilegal de arma de fogo e estava no regime semiaberto.
Os autores do homicídio e a causa da execução ainda são alvo de investigação da polícia, que ouve testemunhas para apurar o caso. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Cruzeiro do Sul.

Anúncios

Cidades

Candidata a reeleição em Brasiléia, Fernanda Hassem participa do Encontro de Mulheres

Publicado

em

Uma noite cheia de alegria, leveza e força. Assim foi o encontro das Mulheres que apoiam a candidata à reeleição, Fernanda Hassem, no município de Brasiléia.

Mulheres da cidade e do campo fizeram questão de deixar sua mensagem, fazer sua selfie e abraçar a candidata. Num espaço aberto decorado com balões e um cantinho para fotos, mulheres, adolescentes e crianças fizeram uma festa bonita com muita música e alegria.

As candidatas da coligação Brasiléia no Rumo Certo também participaram do evento com mensagens criativas e muita emoção.
A festa foi um grande encontro de gerações. Iara Sara de 17 anos, está participando pela primeira vez de uma campanha política e está empolgada.

“Tem sido um aprendizado muito grande para minha vida e a Fernanda é uma mulher que trabalha muito e sempre está perto da juventude. É fácil pedir voto pra ela”, falou.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A professora Maria de Fátima Oliveira de Souza, mais conhecida como “Fátima do Dejacir”, 64 anos, após uma vida inteira na oposição também vai votar na Fernanda Hassem pela primeira vez, e pediu respeito pela sua escolha.

“Eu sempre gostei de política e não nego pra ninguém, meu voto dessa vez é da Fernanda Hassem. Tenho uma história de vida em Brasiléia e exijo respeito pela minha escolha.

Brasiléia merece mais quatro anos de muito trabalho e a “Fernandinha” está preparada para isso”, disse.

Fernanda Hassem fez uma fala carregada de emoção, lembrando sua trajetória e agradecendo o apoio das mulheres.

“Essa é uma noite especial e cheia de significado na minha história política. Hoje as mulheres que me viram crescer, como temos aqui professoras, vizinhas, amigas, colegas e a minha família que está comigo, numa demonstração de força e amor pela nossa cidade. Todo esse carinho só aumenta minha responsabilidade com cada família, cada mulher e cada homem do nosso município. Cada gesto de carinho recebido, só reforça minha vontade de servir e cuidar da minha cidade. Eu me sinto mais preparada para governar e esse apoio das mulheres aumenta minha vontade de andar mais em busca de voto e principalmente, de continuar fazendo política com amor e respeito”, finalizou Fernanda Hassem.

Continuar lendo

Cidades

Em Assis Brasil, Jerry Correia se reúne com categoria dos mototaxistas

Publicado

em

O candidato do Partido dos Trabalhadores (PT) à prefeitura de Assis Brasil, Jerry Correia, se reuniu nesta semana com a categoria dos mototaxistas no município.

Entre as propostas apresentadas em favor da classe está o compromisso de realizar um estudo técnico para que novas concessões possam ser feitas.

O candidato petista também prometeu a construção de pontos nos bairros Bela Vista e KM 2, além da criação do Departamento Municipal de Trânsito e Transportes.

“Nossa campanha é de propostas e respeito ao eleitor. Enquanto alguns fazem barulho e perturbam os moradores, nós apresentamos o nosso projeto de gestão”, disse o candidato.

Jerry Correia disputa a prefeitura do município da tríplice fronteira com mais quatro candidatos. O atual prefeito, Zum (PSDB), o atual vice-prefeito, Zé Posto (PSD), Pilique (PCdoB) e João Jr. (MDB).

Continuar lendo

Cidades

Bira faz bandeiraço em bairro e diz que candidatos não são “donos de apoio do governo”

Publicado

em

O prefeito de Xapuri e candidato à reeleição, Ubiracy Vasconcelos, do PT, participou de um movimentado bandeiraço realizado no bairro Mutirão, no fim da tarde desta quarta-feira, 21, ao lado da candidata a vice-prefeita, Maria Auxiliadora (PSB), de vereadores do partido e de alguns secretários municipais.

Na busca pelo terceiro mandato em quatro eleições, Bira Vasconcelos afirmou a uma multidão de militantes e moradores do bairro que participavam da atividade que o trabalho que vem desenvolvendo em Xapuri o credencia à reeleição no próximo dia 15 de novembro.

Durante seu discurso, Bira disse que não é vantajoso para nenhum candidato dizer que o governador está ao seu lado como maneira de angariar apoio popular. Segundo ele, não é verdadeiro que exista “donos do apoio do governo”, mas que os mandatos de prefeito e governador pertencem ao povo.

A menção se refere à estratégia da candidata Carla Mendonça (PP) de usar uma imagem do governador na sua propaganda de campanha. O candidato do PT ressaltou que, independentemente de quem vença a eleição, o governo continua com o compromisso de ajudar o município.

O prefeito afirmou ainda que considera o atual governo parceiro de sua gestão, citando como exemplo a entrega de títulos definitivos a moradores do bairro Mutirão, que deve ocorrer até o fim deste ano, como resultado de esforços das duas esferas administrativas. Como Bira é candidato, os títulos serão assinados pelo governador.

Continuar lendo

Cidades

Carlos Venícius diz que Carla Mendonça faz terrorismo e “sobe nas costas do governador”

Publicado

em

O candidato do MDB afirmou também que o PT representa o continuísmo e que o PSD não traz novidade

O candidato do MDB à prefeitura de Xapuri, o advogado Carlos Venícius, elevou o tom de sua campanha e direcionou os canhões, antes voltados apenas para o candidato da situação, Ubiracy Vasconcelos (PT), para os demais adversários na disputa majoritária municipal, principalmente para a candidata do Progressistas (PP), Carla Mendonça.

Em live transmitida pelo Facebook, na noite da última terça-feira, 20, o emedebista desafiou os demais candidatos para um debate, afirmou que o candidato do PT, Bira Vasconcelos, representa o continuísmo; que Gessi Capelão, do PSD, não representa novidade, por estar 12 anos na política; e que Carla Mendonça, do PP, faz parte do grupo mais perseguidor da história de Xapuri.

Com referência à candidata do PP, Carlos Venícius afirmou que o povo “está com saudades da época da perseguição do PT a funcionários públicos”. Ele se referiu à maneira com que o grupo do deputado Antônio Pedro (DEM), marido de Carla Mendonça, conduz os órgãos estaduais no município desde que o atual governo chegou ao poder.

“No tempo do PT, os funcionários eram obrigados a balançar bandeira e ir para passeatas. O povo está é com saudades daquela época porque com vocês é pior. Agora, tem que postar no WhatsApp, tem que adesivar carro e tem que ficar pulando. Xapuri tá com saudade da época em que o PT governava os órgãos estaduais”, disse o candidato durante a transmissão.

O candidato do MDB também mandou um recado direto para o governador Gladson Cameli, que apareceu em vídeo postado recentemente por Carla Mendonça em sua página no Facebook manifestando apoio à candidatura da progressista e prometendo mais uma vez a construção da reivindicada ponte sobre o Rio Acre no município.

“Governador, o senhor não precisa que nenhum prefeito aqui seja do seu partido para fazer ponte não, pare com isso. O senhor está esquecendo que aqui nós também somos oposição e que aqui existem três partidos que também trabalharam pela sua eleição, não foi apenas um deputado não”, afirmou em tom de desabafo o candidato do MDB.

Carlos Venícius disse ainda que a candidata do PP “sobe nas costas do governador” e faz uma campanha baseada em pressão e perseguição contra servidores terceirizados e comissionados da estrutura estadual. “Ainda vou perguntar ao governador, um dia, se ele tem conhecimento das perseguições que ocorrem em Xapuri”, concluiu.

Até o fechamento desta matéria, Carla Mendonça (PP), Bira Vasconcelos (PT) e Gessi Capelão (PSD) não haviam se manifestado nas páginas de campanha, em suas redes sociais, sobre as afirmações do candidato do MDB. O ac24horas encaminhou pedido de informações sobre as ações de campanha a todos os candidatos e garante o igual espaço a todos.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas