Conecte-se agora

Psicólogos e administradores lideram buscas por coaching, segundo instituto 

Publicado

em

Curso pode ser feito por profissionais de qualquer área de atuação

Profissionais formados ou na graduação têm buscado, cada vez mais, uma formação complementar. Neste cenário, destaca-se a formação em coaching. Atualmente, estima-se a presença de 73 mil profissionais coachs no país, segundo a International Coach Federation (ICF). Coaching é uma profissão que alia conjunto de técnicas, conhecimentos e ferramentas para auxiliar o desenvolvimento humano. No Brasil, tornou-se popular em meados dos anos 2000. 

Essa atividade abrange profissionais de diversas áreas humanas e exatas que trabalham a partir de diversas ciências como neurociência, programação neurolinguística (PNL), antropologia, sociologia e conceitos da psicologia

De acordo com o Instituto Brasileiro de Coach (IBC), tal conjunto de técnicas pode ser aprendido pode qualquer pessoa, independentemente da área de formação. Dentre os profissionais que procuram mais por formações de coaching, segundo a Sociedade Latino Americana de Coaching, (SLAC) destacam-se: psicólogos (22,3%), administradores (16,7%), educadores físicos (13,5%), publicitários (9,5%), médicos (7,5%), economistas (6,9%) e jornalistas (6,7%). A profissão é buscada por pessoas de diferentes faixas etárias, sendo a média a partir dos 28 anos, segundo a Associação Brasileira de Profissionais de Coaching (Abrapcoaching). 

Comumente, os benefícios do curso de coaching são procurados para aumentar as possibilidades de atuação na carreira de formação inicial do aluno, melhorar a performance e resultados.

Na psicologia, essa capacitação é usada com intuito de ampliar as possibilidades de trabalho desenvolvido na clínica, atuando com grupos e projetos específicos. No meio corporativo, é usada como forma de melhorar o clima organizacional, relacionamentos entre equipes, reduzir a perda de talentos e desenvolver os colaboradores. No campo esportivo é aliada do desenvolvimento do esportista. Na área de Recursos Humanos, o coaching ajuda na gestão assertiva de talentos.

Qualquer pessoa maior de idade pode fazer curso para formação em coaching. Contudo, as características comportamentais desse profissional, segundo SBCoaching, são:

– curiosidade, 

 – gostar por aprender;

– gostar de novidades;

– gostar de ajudar;

– ter senso de humanidade;

– perfil ético;

– ter compromisso com os valores sociais e com os valores das organizações;

– ser comprometido.

 

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Anúncios

Destaque 4

Criança de 11 anos vencedora de competição musical sonha em ser cantora profissional

Publicado

em

Chegou ao final o Talento Kids, competição criada pela jornalista Katiussi Melo em seu programa cultural que vai ao vivo pelas redes sociais. Em um estado onde as oportunidades para quem tem talento musical, principalmente as crianças, são escassas, a competição empolgou pais e competidores.

A grande vencedora foi Ana Clara Góes, de apenas 11 anos. Com uma voz marcante e com personalidade de gente adulta, ela fala da dificuldade de tentar ser cantora no Acre. “Infelizmente, é muito difícil, porque a gente não tem oportunidade. Esse programa foi uma oportunidade para mostrarmos o nosso talento. Eu estou muito feliz de ter sido a ganhadora”, diz.

Ana Clara fala do seu sonho. “O meu sonho é ser cantora profissional. Ter uma carreira, várias músicas gravadas. Quero fazer show e mostrar o meu talento para as pessoas. Como eu sou evangélico é fazer um álbum de música gospel. Eu nunca vou deixar de cantar porque eu sei que foi Deus quem me deu esse dom”, afirma.

A idealizadora do concurso, Katiussi Melo, conta que foi um desafio ousado, mas que o resultado foi muito produtivo. “A gente sabe que o Acre ainda deixa muito a desejar quanto ao fato de oportunidades para quem tem talento, principalmente, se não visar lucro como é o nosso caso. Fiquei muito feliz porque demos a oportunidade para que muitas crianças mostrassem o seu valor.

Veja a apresentação de Ana Clara:

Continuar lendo

Acre 01

Juiz nega direito de resposta a Minoru por ter sido chamado de “marionete do Rocha”

Publicado

em

O juiz Robson Ribeiro, da 9º Zona Eleitoral, rejeitou o pedido de resposta do candidato à Prefeitura de Rio Branco pelo PSDB, Minoru Kinpara, contra o candidato do MDB, Roberto Duarte.

Na ação, Minoru alegou que no dia 19 de outubro, Duarte teria efetuado propaganda no horário eleitoral gratuito, com a finalidade de atingi-lo, contudo, não trouxe para os autos indicativo de tais relatos de um trecho que parecem ser de divulgações de internet.

No dia em questão, Duarte veiculou uma propaganda na internet falando acerca do passado ideológico de Minoru Kinpara e Socorro Neri.

A propaganda de Duarte colocou o candidato do PSDB como marionete do vice-governador Major Rocha (PSL) e pontuou que Minoru protagonizou uma das maiores traições da política acreana ao sair do Partido dos Trabalhadores, passar pela Rede Sustentabilidade e desembarcar no PSDB de Mara Rocha.

Em sua decisão, o magistrado rejeitou o pedido de Kinpara e alegou que examinando os autos constatou que a propaganda ocorreu, por meio da internet, e pontuou que Minoru não apontou o endereço URL através do qual teria havido suposta ofensa.

“Ante as razões expendidas, rejeito o presente direito de resposta ante a inépcia da inicial decorrente da omissão no indicativo da URL”, afirmou em decisão.

Continuar lendo

Cotidiano

Justiça obriga Depasa a melhorar drenagem em rua história no bairro Quinze, na Capital

Publicado

em

A 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Acre manteve a obrigação conjunta do Estado do Acre e do Depasa a adequarem e substituírem rede de drenagem de esgoto no bairro Quinze do município de Rio Branco.

A decisão, de relatoria do desembargador Luís Camolez, presidente do órgão julgador de 2ª Instância, publicada na edição nº 6.687 do Diário da Justiça eletrônico, no entanto, limitou a 30 dias e a R$ 1 mil o valor da multa diária, em caso de descumprimento.
O Estado do Acre e o Depasa foram condenados pelo Juízo da 1ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Rio Branco a realizarem obras para drenagem de esgoto e águas de chuva em trecho problemático da rua Nossa Senhora da Conceição, no bairro Quinze.

Os problemas na rede estariam causando, segundo o Ministério Público do Acre, transtornos aos moradores e à coletividade, uma vez que águas de chuva e esgoto impediam o tráfego no trecho e inundavam residências. A sentença da Ação Civil Pública concedeu o prazo de um ano para realização das obras de adequação e substituição necessárias. A multa em caso de descumprimento foi fixada em R$ 3 mil.

Ao analisar os recursos simultâneos do Ente Público e da autarquia, o desembargador relator destacou, entre outros, que, apesar da alegação comum de que tais obras seriam de competência do Município de Rio Branco, os demandados já firmaram termo de cooperação com o Poder Executivo local para realização das benfeitorias, consideradas indispensáveis para garantir direitos dos moradores e da coletividade previstos na Constituição Federal.

“Desse modo, mais do que assumir uma postura de colaboração com a Municipalidade, os apelantes receberam a delegação para a execução dos referidos serviços de saneamento básico, daí, a legitimidade para figurarem na relação processual, assim como a solidariedade no cumprimento das obrigações assumidas”, lê-se na decisão.

O desembargador relator votou, entretanto, pela limitação ao período de 30 dias e ao valor de R$ 1 mil da multa em caso de descumprimento da decisão, em atenção ao entendimento já pacificado do TJAC sobre o tema. Para isso, foi considerado o chamado princípio da proporcionalidade.

Também participaram da sessão de julgamento as desembargadoras Eva Evangelista (decana do TJAC) e Denise Bonfim, integrantes permanentes da 1ª Câmara Cível do TJAC, que acompanharam de maneira unânime o voto do relator.

Asscom/TJAC

Continuar lendo

Destaque 7

Revitalização da Tentamen vai custar quase R$ 1 milhão

Publicado

em

Foi publicado no Diário Oficial da União o termo de aprovação para a reforma, adequação de acessibilidade e reestruturação da Sociedade Recreativa Tentamen. A iniciativa entrou na pauta da 16ª Reunião Extraordinária do Conselho Federal Gestor do Fundo de Defesa de Direitos Difusos – CFDD, realizada no último dia 24.

O projeto é de responsabilidade e foi apresentado pela Fundação de Cultura Elias Mansour (FEM), que tem como objetivo realizar uma reforma da Sociedade Recreativa Tentamen, incluindo a área interna e externa do prédio, envolvendo a parte arquitetônica, elétrica e hidráulica, pintura de paredes, recuperação de sua estrutura de madeira, reorganização dos espaços destinados à área administrativa, recepção e lazer, bem como adequando o espaço às condições de acessibilidade.

O presidente da Fundação Elias Mansour, Manoel Pedro, conhecido como Correinha, detalhou a importância da aprovação do projeto. “ Estamos muito otimistas e felizes em poder trabalhar com a revitalização deste espaço, que simboliza grande parte patrimônio cultural material e imaterial. Esse vem sendo um dos desafios da nossa gestão que tem uma visão sensível para todos os espaços culturais acreanos”, explicou.

Manoel Pedro, detalhou ainda o trabalho desenvolvido pela equipe responsável pela apresentação do projeto de revitalização. “ Toda nossa equipe de planejamento está muito empenhada nesse processo e todos esforços são gratificados quando o resultado final é para o bem coletivos dos acreanos”, finalizou o presidente.

O valor de repasse para o projeto é de R$ 834.286,41 com contrapartida de R$ 1.500,00 e duração de 24 meses para execução.

A Sociedade Recreativa Tentamen foi fundada em 1924 por famílias da sociedade de Rio Branco para proporcionar lazer aos donos de grandes seringais, autoridades locais, funcionários públicos e comerciantes. Configurou-se como o primeiro Clube Social de Rio Branco.

O imóvel possui características da arquitetura de madeira ou mista com cobertura em zinco, edificada no período extrativista. Apresenta características que se assemelham aos chalés trazidos de Manaus para implantação no Território Federal do Acre no início de 1910.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas