Conecte-se agora

Avô acusado de violentar duas netas é solto após 3 dias preso, denuncia mãe das vítimas

Publicado

em

Avô paterno foi solto sem uso de tornozeleira eletrônica e as vítimas estão em pânico, relata a mulher

Em Cruzeiro do Sul, a mãe de duas meninas, de 4 e 12 anos, que foram abusadas sexualmente pelo próprio avô, denuncia que o homem de 64 anos só ficou preso por 3 dias e foi solto sem tornozeleira eletrônica. Segundo ela, as meninas estão em pânico. A mulher, que é técnica de enfermagem, flagrou o ex-sogro, Raimundo Justino de Oliveira, abusando sexualmente da filha mais nova, foi à Delegacia Geral de Polícia e uma equipe prendeu o homem em flagrante.

A mais velha, de 12 anos, resolveu então contar que era abusada desde os 7 anos pelo avô paterno, o que foi confirmado por meio de exame de conjunção carnal. “O hímen da mais velha está rompido porque ele sempre agia com os dedos. Na mais nova, o exame comprovou que ele mexia sim. Um monstro porque a mais velha é neta legítima e a mais nova é por consideração. Elas estão traumatizadas e frequentando psicólogos”, conta a mãe.

Segundo ela, no dia do crime, por ser feriado, a Delegacia da Mulher estava fechada e teve de ser atendida na Delegacia-Geral de Cruzeiro do Sul pelo delegado Venicius Almeida, que prendeu seu ex-sogro em flagrante. Ela afirma que Raimundo Justino foi levado para o Complexo Penitenciário Manoel Neri no dia 3 de agosto, mas saiu no dia 6 sem tornozeleira eletrônica.

“Desde o fato minhas filhas estão com acompanhamento psicológico. Quando souberam da soltura do avô, o pânico delas aumentou. Já ele está livre e vai pra todo lugar, não pegou sequer prisão domiciliar, nem usa tornozeleira eletrônica”, desabafa revoltada a mãe das meninas.

O delegado Venicius Almeida afirma não saber o motivo de o homem ter sido liberado pela Justiça, mas acredita que seja por causa da idade, 64 anos e devido à pandemia de Covid-19.

Anúncios

Cotidiano

Moradores do Oco do Mundo reclamam das condições de ramal e cobram prefeitura

Publicado

em

As cerca de 30 famílias que moram no Ramal Oco do Mundo, no município de Senador Guiomard, estão revoltadas com as condições da estrada e de uma ponte onde quem vive na localidade é obrigada a passar.

Por meio de vídeos enviados à redação do ac24horas, é possível verificar as péssimas condições da ponte que coloca em risco quem trafega pelo local. Por causa das péssimas condições estruturais da ponte, foi feito um desvio, onde os moradores também reclamam do serviço realizado.

“Já tem vários anos que não entra uma máquina no nosso ramal. Nossa situação tá crítica, a ponte está precária, colocando a vida da gente em risco”, afirma o morador Wanderson Silva.

A reportagem do ac24horas entrou em contato com a assessoria da prefeitura de Senador Guiomard, mas não recebeu retorno. O espaço segue aberto para as explicações da gestão municipal.

Veja o vídeo:

Continuar lendo

Cotidiano

Conjunto Universitário será ponto fixo para vacinação antirrábica neste sábado (31)

Publicado

em

Neste sábado (31) das 8h às 16h, a prefeitura de Rio Branco segue com a programação referente à campanha de vacinação antirrábica para cachorros e felinos.

As equipes estarão atendendo o público interessado em vacinar seus animais na Drogaria Universitária, Escola José Sales de Araújo e Creche Gumercindo Bessa, nos bairros Universitário I, II e III.

Além disso, profissionais do Departamento de Controle de Zoonoses da Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA) estarão reforçando na prestação do serviço aos moradores dessa localidade.

O objetivo da ação é imunizar e atentar para a importância da vacina aos animais.

Continuar lendo

Cotidiano

INSS começa pagamento das diferenças das antecipações do auxílio por incapacidade

Publicado

em

Os segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que tiveram antecipações do benefício por incapacidade temporária – antigo auxílio-doença – concedidas até 2 de julho deste ano começam a receber o pagamento das diferenças a que tinham direito ainda nesta semana. Ao todo, 497.085 segurados terão seus processos analisados de forma automática e poderão receber os valores referentes à revisão de um total de R$ 1,1 milhão de antecipações concedidas.

Dentre os segurados que terão direito ao pagamento da diferença, a duração média do benefício foi de 32 dias, com renda média inicial de R$ 1.481,99. A diferença é calculada em relação ao valor da antecipação, estabelecida em R$ 1.045,00. O pagamento é feito com correção e proporcional ao tempo de afastamento, ou seja, pelo total de parcelas recebidas.

O segurado que tiver direito à diferença receberá uma carta do INSS com as informações do recálculo, bem como do total devido. Além disso, o beneficiário pode consultar se tem direito à diferença pelo Meu INSS (site e aplicativo) e pelo telefone 135.

O pagamento será feito em conta corrente – para quem recebe nesta modalidade – direto no caixa do banco ou via saque com cartão magnético.

A antecipação do benefício temporário por incapacidade foi uma das medidas adotadas pelo governo federal durante a pandemia da Covid-19. O benefício foi estabelecido pela Lei nº 13.982/2020 e disciplinada pela Portaria Conjunta nº 9.381, da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho e do INSS.

Mesmo com o retorno gradual do atendimento presencial e a retomada da perícia médica presencial, o segurado ainda pode optar pela antecipação do benefício por incapacidade temporária. Para requerer a antecipação, o segurado deve enviar, pelo Meu INSS, atestado médico e declaração de responsabilidade pelos documentos apresentados. Após isso, o atestado passará por análise de conformidade pela perícia médica para concessão da antecipação, caso cumpridos os requisitos.

Continuar lendo

Cotidiano

Abono salarial de declarações fora do prazo será pago somente em dezembro

Publicado

em

Os trabalhadores com direito ao PIS que nasceram entre julho e dezembro de 2020, receberão o benefício, pela Caixa, em meados de dezembro, e os demais seguem a regra do calendário do Ministério da Economia. ,

Essa é uma das medidas emergenciais lançadas pelo Ministério da Economia em 2020 para contornar os efeitos econômicos da pandemia de covid-19 foi a antecipação do pagamento do abono salarial 2019/2020. Desde julho, 8,4 milhões trabalhadores já receberam o benefício.

Todos os anos é feito um segundo lote de pagamento, para incluir os trabalhadores que ficaram de fora do primeiro por falta do envio de informações pelos empregadores.

Devido à pandemia, as empresas tiveram até o dia 30 de setembro para regularizar as informações dos trabalhadores. Essas informações estão sendo processadas para contemplar os trabalhadores que ainda não receberam o benefício.

Os pagamentos para os empregados que têm direito ao abono salarial, mas ainda não receberam, terão início em meados de dezembro.

NASCIDOS EM

RECEBEM A PARTIR DE

RECEBEM ATÉ

JANEIRO

19 / 01 / 2021

30 / 06 / 2021

FEVEREIRO

19 / 01 / 2021

30 / 06 / 2021

MARÇO

11 / 02 / 2021

30 / 06 / 2021

ABRIL

11 / 02 / 2021

30 / 06 / 2021

MAIO

17 / 03 / 2021

30 / 06 / 2021

JUNHO

17 / 03 / 2021

30 / 06 / 2021

Os trabalhadores com direito ao Pasep, com inscrições finais “0”,”1”, “2”, “3” e “4”, receberão o benefício, pelo Banco do Brasil, em meados de dezembro, os demais seguem a regra do calendário, conforme a seguir: 

FINAL DA INSCRIÇÃO

RECEBEM A PARTIR DE

RECEBEM ATÉ

5

19 / 01 / 2021

30 / 06 / 2021

6 e 7

11 / 02 / 2021

30 / 06 / 2021

8 e 9

17 / 03 / 2021

30 / 06 / 2021

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas