Conecte-se agora

Quilo da carne chega a R$ 40 e frigoríficos pedem socorro

Publicado

em

“Gado que sai do Acre há três anos era para estar morrendo hoje nos frigoríficos do Acre”, denuncia Sindicarnes

As cidades acreanas terão novo aumento no valor do quilo da carne a partir desta semana. O frigorífico de Tarauacá já anunciou nesta segunda-feira, 21, que o produto passa a custar R$ 15,20 com o reajuste. Em Rio Branco chegará a ainda mais caro o valor do quilo: entre R$ 15 e R$ 40 nos próximos dias. Já em Cruzeiro do Sul, no Vale do Juruá, o quilo ficará em torno de R$ 15,50.

Já faz alguns meses que não só o Acre, mas todos os estados brasileiros vêm sofrendo aumento constante no valor da carne. Para o Sindicato das Indústrias de Frigoríficos e Matadouros do Estado do Acre (Sindicarnes), o grande problema no Estado tem sido a falta do animal para abate.

“Está difícil demais de comprar o gado. Não tem gado para comprar e quando você paga um lote de boi ou de vaca, o produtor quer mais caro. Quando o frigorífico paga mais caro, ele tem que repassar para quem ele vende a carne”, explica o representante do Sindicarnes, Nenê Junqueira.

O sindicato destaca que esse aumento no preço da carne é uma realidade no Brasil todo. “Não é só no Acre. No Brasil, quem dita o preço da carne é o Estado de São Paulo e quando o boi sobe o preço lá, nos outros estados sobe também”.

De acordo com Junqueira, a grande dificuldade encontrada atualmente no Acre é de fato a falta de gado para comprar. “Ainda mais no interior, onde a dificuldade está muito grande. Mesmo assim, na capital está mais caro”, garante.

A suspeita de possível retirada de boi no Acre para serem levados para abate fora do Estado também é levantada pelo sindicato. “Aqui a situação está pior porque está saindo gado há três anos e esse gado que saiu era para estar morrendo hoje nos frigoríficos do Acre”, reclama Nenê.

Conforme o Sindicarnes, se tivesse esse gado para morrer hoje, o preço da carne estaria um pouco mais baixo. “O produtor aperta o frigorífico por preço, que tem que pagar, e quando paga mais caro no lote, tem que repassar para quem ele vende. Se ele [frigorífico] trabalhar diferente disso, ele quebra”.

Exportações para a China

A lei da oferta e demanda tem prevalecido nesse momento no mercado do boi godo em todo o país. O presidente da Federação da Agricultura do Acre, Assuero Doca Veronez, confirmou ao ac24horas em ocasião recente que o aumento no preço do boi gordo não é um fenômeno acreano. “Essa situação é nacional. O que está havendo é uma escassez de boi, devido a muitos abates de vacas anos atrás, que, consequentemente, nasceram menos bezerros. Está havendo falta de boi no Brasil todo”.

Outro ponto apresentado por Veronez para o aumento expressivo no valor final da carne ao consumidor é o aumento do consumo, especialmente da exportação. “O consumo brasileiro não caiu durante a pandemia do coronavírus, pelo contrário, passaram a consumir mais. O que aumentou efetivamente foi a exportação”, afirma.

A China é o fator preponderante nessa situação, responsável pelo aumento exorbitante na exportação de carne brasileira e outros produtos. “A China teve problema de peste suína no rebanho de porcos, e essa é a carne mais consumida na China, que teve de abater quase a metade do seu rebanho. Então teve que importar carne, suína e bovina. O maior importador de carne brasileira hoje é a China”, explica o pecuarista.

“O aumento aqui é proporcional ao aumento nacional. Não é a saída de bezerro. Essa história pode vir a refletir no futuro, mas essa não é a causa de aumento de carne”, conclui Assuero.

Anúncios

Destaque 7

Mailza participa da Carreata do 11 com Rosana e Ney, no Quinari

Publicado

em

Vários candidatos a vereador, simpatizantes, militantes e a juventude da coligação “Juntos Para Reconstruir e Avançar” participaram do movimento

A senadora Mailza Gomes (Progressistas-Acre), que interrompeu a licença- maternidade e retornou as atividades parlamentares nesta semana, chegou ao Acre na manhã deste sábado e a tarde já participou de uma carreata política promovida pela campanha eleitoral de Rosana Gomes e Ney do Miltão (PSD), candidatos à prefeitura de Senador Guiomard.

Logo na concentração, na entrada da cidade, militantes, moradores e simpatizantes se juntaram aos mais de 500 veículos que circularam pelas principais ruas e bairros do Quinari. Durante o percurso da Carreata do 11, muitos guiomarenses demonstraram carinho e apoio à candidatura de Rosana.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Continuar lendo

Destaque 7

Mailza retorna às atividades parlamentares no Senado

Publicado

em

Senadora foi recebida neste sábado com carinho e alegria no aeroporto de Rio Branco pelos candidatos à prefeitura de Rio Branco, Bocalom e Marfisa e a candidata a prefeita de Senador Guiomard, Rosana Gomes, e equipe

A senadora Mailza Gomes (Progressistas-AC) interrompeu a licença-maternidade para voltar às atividades parlamentares no Senado Federal e no Acre. Nesta semana ela participou de importantes votações no Senado e nesta manhã de sábado, 24, ela chegou no Acre com a Theodora, o Henry e o esposo James e foi recebida com festa pelos acreanos. Os candidatos à prefeitura de Rio Branco, Bocalom e Marfisa e a candidata a prefeita de Senador Guiomard, Rosana Gomes também estavam presente.

Durante a semana, a senadora foi ao Senado para votar as indicações do governo para Anvisa, TCU, ANP, Antaq e CVM, além da aprovação da primeira diretoria da Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD) e a confirmação de Kassio Nunes Marques para o Supremo Tribunal Federal (STF).

A senadora Mailza Gomes não parou, mesmo no final da gravidez ela se reunia por videoconferência com ministros e secretários cobrando soluções para os problemas do Acre. Neste ano, ela destinou mais de R$ 70 milhões para fortalecer a saúde, infraestrutura, educação e agricultura do estado e dos 22 municípios do Acre. Ela também destinou mais de R$ 21 milhões em emendas para combater o novo coronavírus.

“O meu compromisso é com as pessoas e o meu trabalho é para melhorar a vida delas. Em meu mandato temos uma missão bem clara que é: “servir o cidadão”. Então, precisamos atender às necessidades deles e levar bem-estar e tranquilidade nos serviços públicos. Por isso destinamos recursos para os gestores aplicarem de forma transparente e eficiente nas cidades e no estado. E agora é o momento. O período eleitoral é a oportunidade de analisar as melhores propostas e escolher os melhores prefeitos e vereadores para os municípios, ou seja, que tenham competência e experiência para gerir os recursos públicos”, destacou a senadora.

Continuar lendo

Destaque 7

Policial federal é condenado por assédio sexual e injúria contra colega de farda no Acre

Publicado

em

O policial federal Marcos Roberto Ugeda foi condenado, a pedido do Ministério Público Federal (MPF), pelos crimes de assédio sexual e injúria contra uma outra agente da Polícia Federal. Os fatos que ocorreram em 2018, quando Ugeda era chefe de missão no Posto de Fronteira de Assis Brasil, no interior do Acre.

Na ação penal apresentada pelo MPF, foi descrito que Ugeda, valendo-se da condição momentânea de chefia, fez três investidas (inclusive chegando a tocar o corpo da vítima) com o intuito de obter vantagem sexual, além de ter injuriado a agente de polícia em reunião profissional no Posto de Fronteira onde ambos prestavam serviço.

Na instrução do processo, a defesa do condenado tentou desqualificar a vítima imputando-lhe comportamento instável e difícil, ou até mesmo uma armação da vítima para obter vantagem em remoção para outro Estado. A Justiça entendeu que os argumentos da defesa não ajudavam o réu, pois o comportamento da vítima não apagaria, caso fosse verdadeiro, o conjunto de provas e depoimentos apresentados pelo MPF na ação penal.

Ao final da sentença, o magistrado responsável pelo julgamento somou a pena do acusado em três anos e quatro meses de detenção em regime inicialmente aberto, e cumprindo o preconizado pelo Código Penal, substituiu a pena privativa de liberdade por duas penas restritivas de direitos: a prestação de serviços à comunidade por sete horas semanais durante os mesmos 40 meses da sentença inicial, bem como a prestação pecuniária de R$ 200 Reais pelo mesmo período, para uma entidade beneficente indicada pelo Juízo.

Continuar lendo

Destaque 7

Ulysses detona Major Rocha nas redes sociais e diz que vice quer dar um golpe em Gladson

Publicado

em

Se tem uma coisa que a pandemia da Covid-19 não mudou foi a política acreana. Continua tudo igual, com tretas diárias envolvendo os personagens que fazem parte do cenário político do estado.

O “entrevero” do dia é uma carta do Coronel Ulysses publicada nas redes sociais e endereçado ao Major Rocha. Os dois, que pouco tempo atrás, eram aliados no PSL, partido que o vice-governador levou o ex-comandante da Polícia Militar do Acre, hoje são inimigos políticos declarados.

Na publicação, Ulysses replica um comentário de Rocha que afirma que o coronel PM é comunista e nunca o ajudou, e diz que o vice-governador precisa de um tratamento psiquiátrico.

Ulysses lembra que o Minoru, candidato pelo PSDB à prefeitura de Rio Branco e apoiado por Rocha, foi presidente do PT. Acusa Rocha de ter ambição apenas pelo poder e diz que Rocha faz política suja e nojenta.

No fim da publicação, Ulysses afirma querer distância de Rocha e diz que o major é “da mais alta periculosidade”.

 

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas