Conecte-se agora

Apenas o Acre teve alta nas mortes por Covid-19 em 14 dias

Publicado

em

Um dia depois de o governador Gladson Cameli pedir aos acreanos para não baixarem a guarda contra a Covid-19, o Acre registrou alta de 30% na média móvel de mortos pela doença nesta quinta-feira (10).

Ao contrário do Acre, segundo o consórcio de veículos de imprensa, 16 estados apresentaram desaceleração na média móvel de mortes por covid-19.

Segundo o consórcio, apenas o Acre teve alta na variação de 14 dias. Entre as regiões, houve queda em quatro delas: Centro-Oeste (-17%), Nordeste (-29%), Norte (-24%) e Sudeste (-22%). Apenas o Sul se manteve estável (-7%).

Até o momento, 23.368 acreanos acometidos pelo vírus receberam alta por já terem cumprido os 14 dias e não estarem apresentando mais os sintomas da doença. Mas o Estado chegou nesta quinta a 635 óbitos, sendo que o município de Rio Branco apresentou o maior número (396 mortes).

Anúncios

Acre

Superior Tribunal de Justiça nega habeas corpus para Ícaro Pinto

Publicado

em

O Ministro Ribeiro Dantas, do Superior Tribunal de Justiça, (STJ), negou o pedido de habeas corpus impetrado pela defesa de Ícaro José da Silva Pinto, que atropelou e matou Jonhliane de Souza, de 30 anos, no último dia 6 de agosto. A decisão foi despachada nesta terça-feira, 29.

O magistrado ressaltou em sua decisão que a concessão de liminar em habeas corpus constitui medida excepcional, uma vez que somente pode ser deferida quando demonstrado, de modo claro e indiscutível, ilegalidade no ato judicial impugnado, mas que não vislumbrava a presença de qualquer pressuposto para concessão do pedido.

“Na espécie, sem qualquer adiantamento do mérito da demanda, não vislumbro, ao menos neste instante, a presença de pressuposto autorizativo da concessão da tutela de urgência pretendida. Assim, indefiro o pedido de liminar”, frisou o Ministro, que ainda pediu informações a 2ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Rio Branco.

Ícaro está preso desde o 15 de agosto no Batalhão da Polícia Ambiental desde que o juiz Alesson Braz autorizou a sua prisão preventiva. Desde então, os advogados do fisioterapeuta já tentaram relaxar a prisão diversas vezes, tanto na Vara Criminal de origem quanto na Câmara Criminal do Tribunal de Justiça sem obter êxito. Ícaro e Alan foram denunciados pelo Ministério Público no início de setembro por vários crimes pela morte de Johnliane.

Seu comparsa, Alan, está preso no presídio estadual Francisco D’oliveira Conde e recentemente pediu que fosse transferido para o Batalhão Ambiental já que supostamente estaria sendo extorquido por membros de um facção criminosa em troca de proteção na penitenciária. O Ministério Público se do contra a transferência e destacou que o Sistema Penitenciário tem a obrigação de tomar as medidas necessárias para garantir a integridade do réu.

Continuar lendo

Acre

Acre compra helicóptero com seguro da aeronave danificada

Publicado

em

A frota do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) recebe na próxima sexta-feira, 2, mais uma aeronave, um helicóptero Esquilo B2. Batizado de Hárpia 04, a aeronave foi adquirida pelo governo do Acre com o dinheiro do seguro do Hárpia 02, totalmente danificado em um acidente sem vítimas no início deste ano.

Desde a semana passada, a equipe do Ciopaer está em São Paulo agilizando a documentação e testando a aeronave para o voo até Rio Branco. O coordenador do Ciopaer, Naick Trindade, disse que na segunda e terça-feira, os pilotos fizeram voos para testes na aeronave e avaliaram todos os itens de segurança. Um mecânico também integra a equipe da Secretaria de Segurança na missão.

O governador Gladson Cameli afirmou que o transporte aéreo no Acre não é luxo, mas uma necessidade, principalmente para as populações que vivem nos lugares mais remotos e distantes das cidades. “A vinda desse helicóptero será muito importante para darmos continuidade aos serviços realizados com muita competência pelos nossos guerreiros do Ciopaer em todos os municípios acreanos. O nosso objetivo é fortalecer a frota de aeronaves do governo, para que possamos atender quem mais precisa e ajudar a salvar vidas”, afirmou Cameli.

O novo Harpia é do mesmo modelo do anterior, um Esquilo B2, porém mais novo, moderno e com menos horas de voo. Tem capacidade para transportar seis pessoas, incluindo a tripulação. O helicóptero, fabricado em 2013, possui cerca de 500 horas de voo.

Fonte: Notícias do Acre

Continuar lendo

Acre

Edvaldo Magalhães quer avaliar melhor o orçamento do Estado

Publicado

em

O deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) discorreu nesta quarta-feira (30) na sessão virtual da Assembleia Legislativa sobre o artigo 270 do regimento interno da casa. O dispositivo trata da data de ingresso das despesas discriminativas, que é 30 de setembro.

Ele pediu que a Mesa Diretora da Casa disponibilize à peça do orçamento do Estado. No ano passado, houve problemas no andamento da votação do orçamento e ele quer evitar que se repita.

O comunista também condenou a tentativa de privatizar o Depasa do modo como vem sendo feito e se somou ao deputado Daniel Zen, que criticou duramente o que considera sucateamento proposital para vender à qualquer preço o Depasa.

Continuar lendo

Acre

Zen critica sucateamento proposital para venda do Depasa

Publicado

em

O deputado Daniel Zen (PT) criticou nesta quarta-feira (30) durante sessão virtual da Assembleia Legislativa a declaração do governador Gladson Cameli acerca da privatização do Depasa. Ele afirmou que o posicionamento do governo apenas referenda sua opinião de que o sucateamento da autarquia é para vendê-la a qualquer custo.

“Querem dizer que sob os cuidados públicos não funciona, faltam produtos, tudo para justificar que tudo que é público é ineficiente”, disse.

“As coisas estão aos Deus dará para justificar o discurso de que a privatização é a solução”, completou o deputado, repudiando o que considera postura irresponsável do governo.

Zen também condenou a retirada de recursos do Fundeb para custear o Renda Cidadã, o novo programa social do governo Jair Bolsonaro e não poupou críticas ao senador Márcio Bittar (MDB), relator do Orçamento Geral da União.

“Usar dinheiro dos precatórios para compor o Renda Cidadã. Isso é criminoso e é um calote”, disse o petista.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas