Conecte-se agora

Nova seleção visa preencher vagas desocupadas no Prouni e Fies

Publicado

em

MEC anunciou que processo vai ocorrer em setembro

O Ministério da Educação (MEC) anunciou que vai abrir um novo processo seletivo do Programa Universidade para Todos (Prouni) e Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para preencher 140 mil vagas remanescentes no mês de setembro. 

O processo de seleção irá preencher 90 mil vagas do Prouni e 50 mil do Fies. As vagas remanescentes são formadas pela não ocupação dos selecionados em chamada regular. Geralmente, elas retornam ao sistema por conta da desistência dos candidatos pré-selecionados ou falta de documentação, por exemplo.

As informações foram passadas pelo ministro da Educação, Milton Ribeiro, durante a participação em uma videoconferência promovida pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES), na última sexta-feira, 28.

Tanto o Prouni quanto o Fies são programas do governo. O Prouni oferta bolsas de estudo para faculdades privadas de forma integral, em que o estudante selecionado não precisa pagar nenhuma parte do valor das mensalidades do curso, e bolsas parciais, que correspondem à metade valor das mensalidades. 

Já o Fies atua com a disponibilização de financiamento a estudantes que desejam ingressar no ensino superior privado, mas não têm condições de pagar as mensalidades durante o curso. Nesse caso, ao concluir a graduação, o valor deve ser pago ao governo em parcelas conforme fixadas em contrato. 

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Anúncios

Cotidiano

Profissionais de rádio comemoram reinvenção em meio às novas tecnologias 

Publicado

em

Internet tornou-se aliada do rádio na propagação de informações 

Hoje, 25 de setembro, é celebrado o Dia Nacional do Rádio. Essa data é comemorada para lembrar o nascimento de Roquette-Pinto, considerado o pai da radiodifusão no Brasil. O rádio se reinventou ao longo dos anos e tem, atualmente, a internet como aliada. Ao contrário do que se acreditava, o veículo não foi extinto com a popularização de novas tecnologias. 

Um aparelho muitas vezes pequeno, mas que carrega consigo vozes, músicas e histórias enormes e é, também, uma das mais antigas formas de propagar informação. O rádio é um meio de comunicação que, mesmo ao longo dos anos, com as inovadoras tecnologias e com as novas formas de se comunicar, sempre se manteve vivo como um dos maiores veículos de comunicação em massa. 

Entre os meios de comunicação atuais, o rádio se adapta e atinge grandes audiências sendo ferramenta de apoio na comunicação, nos debates e na promoção cultural. “O rádio tem a característica de ser companheiro do ouvinte, estimula a criatividade, a imaginação e isso se torna um hábito. Já tive a experiência de encontrar alguém e saber que ela me ouvia desde criança e isso é extremamente gratificante para o profissional do rádio”, conta o radialista e jornalista Jefferson Beltrão. 

Se engana quem acha que o rádio perdeu seu espaço perante as novas tecnologias como a internet. “A gente, hoje, está no ar, mas convergindo o tempo todo com as demais plataformas. De fato, você hoje precisa estar na internet também, mas o rádio ainda tem um “Q” de magia que seduz as pessoas”, opina Beltrão. 

O radialista que conta com mais de 42 anos de carreira e passagens por diversas emissoras de rádio, viu o meio de comunicação que ganhou seu coração se adequar às mudanças e inovações tecnológicas ao longo dos anos, mas não vê a extinção do rádio e, sim, a unificação com a internet. “Eu não acredito no fim do rádio enquanto um veículo que utiliza o áudio para se comunicar. Pode ser que até por questões de custos altos com aparatos tecnológicos ou para manter o transmissor funcionando, no futuro, a médio e longo prazo, o rádio seja só digital. Fazer uma rádio web é mais em conta, pois qualquer um pode ter uma rádio transmitida na internet”, conclui Jefferson. 

A forma de consumir produtos que antes só podiam ser vistos nas transmissões radiofônicas mudaram com a popularização da internet, que traz, a cada dia, a evolução dos meios de comunicação. Com o rádio não seria diferente e a internet é uma grande aliada.

O amapaense Chico Terra viu na rádio web um meio de propagar informação. Com o auxílio de um computador antigo, nascia o www.chicoterra.com.br, site onde está hospedada há vinte anos a Amazônia Brasil Rádio Web. O veículo de comunicação dá voz a manifestações indígenas, músicos locais e diversas intervenções culturais. “A independência e a ética são os maiores desafios da área, é preciso ser parceiro da sociedade”, revela Chico. 

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Continuar lendo

Extra Total

Gladson declara a ministros: “dizer que Amazônia é linda é fácil, difícil é dar comida a 26 milhões de amazônidas”

Publicado

em

Encontro que liberou R$ 45 milhões para obras em vias estaduais foi pautado pela defesa do progresso econômico: “não sou contra reservas, sou contra pobreza”

Durante agenda governamental de Gladson Cameli com os ministros do Desenvolvimento Regional e de Relações Exteriores, ocorrida na manhã desta sexta-feira, 25, no auditório da Biblioteca Pública do Acre em Rio Branco, foi anunciada a liberação de R$ 45 milhões enviados pelo senador Márcio Bittar para investimentos em vias públicas do Estado. O montante será usado para fazer manutenção da estrada AC-10, que liga Rio Branco a Porto Acre, e na duplicação da AC-405, além do apoio de emenda individual Bittar no valor de pouco mais de R$ 3 milhões.

No entanto, o debate foi acalorado pelo governador, parlamentares acreanos e pelos ministros do presidente da República, Jair Bolsonaro, na defesa do desenvolvimento econômico na região amazônica. O governo tem recebido críticas após o discurso de Bolsonaro para a Organização das Nações Unidas (ONU), ao fazer declarações polêmicas sobre questões ambientais no Brasil.
Gladson não hesitou ao chamar de demagogia as críticas relacionadas à proteção ou manutenção da Amazônia. “Olhar e dizer que a Amazônia é linda, é fácil, mas dar um prato de comida para mais de 26 milhões de amazônidas parece não ser visto”, declarou se mostrando favorável às declarações de Bolsonaro e do seu governo no geral quanto a fomentação da economia com recursos naturais.

Foto: ac24horas/Sérgio Vale

Os senadores Bittar, Sérgio Petecão e o deputado estadual José Bestene endossaram a necessidade de o governo seguir a linha do presidente, que foca em estratégias de fomentação de emprego e renda através do uso dos recursos naturais. Na presença dos ministros Ernesto Araújo e Rogério Marinho, Bittar alertou que os R$ 45 milhões não serão suficientes para suprir ambas as obras, mas que será um apoio de grande importância vindo do governo federal.

Bittar destacou: “não há maneira de sairmos da miséria se não tivermos possibilidade de transformar nossos recursos naturais em riqueza. Não há milagre. Certo está o Bolsonaro que vem insistindo que a Amazônia brasileira é nossa, que nossos recursos devem ser usado paro o nosso desenvolvimento. O único lugar que tem gás e petróleo e não pode mexer é o Brasil”, reclamou.

Foto: ac24horas/Sérgio Vale

O senador disse não se importar com as críticas ao seu discurso. “Falam como se eu quisesse pavimentar a Amazônia. Uma ignorância ou má-fé. Não sou contra reservas, sou contra pobreza, fome e miséria. Estou com Bolsonaro, que tem coragem de chegar à ONU e dizer que esse patrimônio é dos brasileiros e tem que seguir para combater a fome e ajudar aos brasileiros”.

Foi levantado ainda que o que vai de fato garantir economia e independência do Acre com Brasília é o Estado começar a ter a sua atividade econômica delimitada para aumentar sua liberdade financeira. Petecão agradeceu o empenho de Márcio Bittar afirmando que a vinda desses R$ 45 milhões só foi possível pelo trabalho do senador. “É um dinheiro importante ao nosso Estado. Precisamos unir forças e aproveitar esse momento”.

Foto: ac24horas/Sérgio Vale

O ministro Ernesto, de Relações Exteriores, garante que o maio desafio hoje é integrar as regiões de fronteira com os países vizinhos. “Todo empenho da ligação entre Cruzeiro do Sul e Pucallpa é para criar novas oportunidades para o Acre. “Temos de nos livrar de rótulos e pensar com realidade sobre as coisas. Um deles é sobre o meio ambiente. Precisamos passar a verdade do Brasil para o mundo sobre nossas florestas. A política ambiental estamos tentando mudar pra melhor”.

Para Araújo, é necessária uma nova visão para fazer essa diferença. “Independência nacional, para que dentro das nossas políticas não aceitemos que elas sejam feitas em organizações internacionais, mas sim moduladas dentro das nossas políticas”.

Foto: ac24horas/Sérgio Vale

 

Continuar lendo

Cotidiano

Bando armado invade chácara, faz família refém e rouba três veículos no Calafate

Publicado

em

Uma família viveu momentos de terror na madrugada desta sexta-feira, 25, em Rio Branco. Seis homens fortemente armados invadiram uma chácara localizada no Ramal do Polo, situado na região do Calafate, renderam toda família e fizeram um verdadeiro “limpa” na chácara.

De acordo com informações da polícia, as vítimas estavam dormindo quando os criminosos invadiram a propriedade. Eles quebraram a porta da casa e em renderam toda família sob ameaças, tendo em posse armas de fogo.

As vítimas foram amarradas e colocadas dentro de um banheiro. Em seguida, os bandidos pegaram TVs, notebooks, celulares, joias, motosserra e vários outros pertences da família e colocaram dentro dos veículos pertencentes à família que estavam no local, sendo: uma Toyota Corolla, de cor prata, placa QLY-9749; uma caminhonete Hilux de cor preta, placa NAA-5000 e um Fiat Palio de cor prata, placa QLU-8910. Os objetos e os três veículos foram levados pelo bando.

A ação dos criminosos durou cerca de 30 minutos e as vítimas ficaram presas no banheiro por mais de 2 horas. A Polícia Militar foi acionada, colheu as características dos bandidos, fizeram patrulhamento na região, mas ninguém foi preso.

As vítimas foram encaminhadas à Delegacia de Flagrantes (Defla) e registraram o boletim de ocorrência. O caso segue sob investigação da Polícia Civil. A família pede para quem encontrar os veículos entrar em contato com o número 190 da Polícia Militar.

Continuar lendo

Cotidiano

PF incinera quase meia tonelada de maconha apreendida em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

Na tarde de quinta-feira, 24, a Polícia Federal de Cruzeiro do Sul incinerou quase meia tonelada de maconha que havia sido aprendida de madrugada em operação conjunta da PF, Polícias Civil e Militar e Grupamento Especial de Fronteira (GEFRON).

Geralmente as drogas apreendidas são queimadas ao final dos inquéritos, mas segundo a assessoria de Comunicação da Polícia Federal, a celeridade na incineração foi possível graças à decisão do poder Judiciário e Ministério Público de Cruzeiro do Sul/AC.

A droga foi incinerada em uma cerâmica local sob coordenação do delegado da Polícia Federal em Cruzeiro do Sul, Fabrício Silva, com a presença de representante do Ministério Público.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas