Conecte-se agora

Após vazamento de lista, Mara manda governador “engolir cargos” e Gladson rebate: “politiqueira”

Publicado

em

O clima entre o governador Gladson Cameli e a deputada federal Mara Rocha (PSDB) já não era um dos melhores e quando a lista com supostos 30 cargos comissionados que seriam indicação dela ganhou as redes sociais e serão demitidos nos próximos dias, a situação ficou caótica.

Logo após ac24horas publicar a lista das indicações do ninho tucano, a parlamentar, que é irmã do vice-governador Major Rocha, tratou de enviar uma mensagem via whatsapp para o chefe do executivo pedindo para que ele “engula seus cargos”.

Na mensagem, ao qual ac24horas teve acesso, a deputada escreve “excelentíssimo” entre aspas, dando a entender que não respeita a autoridade de Cameli e pediu para que o governador pare de fazer “picuinhas” e que “isso não é papel de um governador”. Ela negou ainda que os nomes contidos na lista sejam seus.

“Seu governo é fraco, um fiasco e não mostrou a que veio. As pessoas estão morrendo sem medicamentos, atendimento e estão jogadas nos hospitais. Seu sorriso falso e seus discursos vazios não vão enganar a população por muito tempo. Vai cumprir o papel para o qual o você foi eleito. Um estado não é brinquedo de menino rico para você brincar de reizinho”, escreveu a deputada ao governador.

Indignado, Cameli teria perdido a compostura é chamado a Mara de “babaca” e “mal amada” e ainda perguntou quanto ele devia a ela. Em um áudio enviado a deputada, Cameli a classificou como “politiqueira” e a conversa parou com ambos visualizando as mensagens e ficando em silêncio.

O ac24horas apurou que os cargos comissionados que variam de CEC 1 a CEC 7 e até mesmo chefe de departamento deverão ser exonerados após as convenções partidárias até 16 de setembro e deve causar o racha definitivo entre o grupo de Mara Rocha com o do governador Gladson Cameli.

Nesta semana, durante reunião com parlamentares, a lista que foi divulgada nos grupos de whatsapp e o governador teria dito que Mara não seria mais sua aliada. A reportagem apurou que os deputados tucanos Luiz Gonzaga e Cadmiel Bonfim estavam no encontro e tentando apaziguar a situação, afirmaram que as indicações seriam deles e não da parlamentar.

Esse cenário de guerra entre o governador e a deputada pode influenciar no tensionamento de uma reunião que está marcada para ocorrer em São Paulo entre Rocha e Cameli. A ideia é que nessa conversa ocorre um novo pacto, mas diante das últimas informações, as intenções de paz podem ficar ameaçadas.

Anúncios

Acre

Acusados de abuso sexual são alvos da Operação Criança Livre

Publicado

em

A ‘Operação Policial Criança Livre’, desencadeada na manhã deste sábado, 26, na cidade de Xapuri, prendeu dois homens acusados de cometer abuso sexual a crianças.

De acordo com o coordenador da operação, delegado Bruno Coelho, os mandados de prisão cumpridos foram contra suspeitos do próprio núcleo familiar das vítimas.

A ação também contou com apoio do investigador Eurico Feitosa. “Uma das vítimas tinha apenas quatro anos de idade”, informou o delegado.

Outros casos ainda estão em investigação na cidade de Xapuri. “Por fim, deixo claro que a operação está apenas começando e o combate contra esse tipo de crime é uma de suas prioridades aqui no Município”, destacou Coelho.

Com informações do Alto Acre

Continuar lendo

Acre

Sapolândia, a invasão que abriga o sonho de mais de 700 pessoas

Publicado

em

Sapolândia, a comunidade que surgiu em 2009 fruto de uma invasão nas proximidades do bairro Distrito Industrial, se desenvolve em passos lentos pela falta de estrutura e investimento público.

Por lá, a estrutura de saneamento básico é péssima, as ruas são cheias de buracos, não existem praças ou parques para as crianças, a iluminação pública é preocupante e o posto de saúde mais próximo gera descontentamento geral pela distância.

A comunidade espera ansiosa pela chegada dos candidatos ao bairro para dar o troco. São quase 700 pessoas que sofrem com a ausência de investimento e o excesso de promessas. A desesperança toma conta das famílias e faz parte do cotidiano de todas elas.

O videomaker do ac24horas, Kennedy Santos, traz em seu costumeiro repertório de comunidade um raio-x repleto de detalhes que a comunidade fez questão de lhe mostrar.

O vídeo mostra também a situação preocupante dos dois igarapés que passam por lá, o Dias Martins e o São Francisco.

Assista o vídeo:

video

Continuar lendo

Acre

Morre José Flaubert, ex-chefe da Procuradoria no Acre

Publicado

em

Morreu neste sábado, 26, em Brasília, Flaubert Machado Araújo, que chefiou a Procuradoria da República no Estado do Acre, de 1984 a 1995. Nesta época, também atuou como coordenador de Defesa dos Direitos Individuais e dos Interesses Difusos, de 1987 a 1994, procurador regional Eleitoral, de 1984 a 1995, conselheiro do Conselho Penitenciário do Estado do Acre, de 1985 a 1995, e procurador regional dos Direitos do Cidadão, de 1994 a 1995.

O Ministério Público Federal no Acre emitiu nota de pesar destacando a atuação de Flaubert quando ingressou na carreira de procurador da República de 2ª categoria, em 1º de outubro de 1984, promovido a procurador da República de 1ª categoria, em 1988; a procurador regional da República, em 1994, e, finalmente, a Subprocurador-Geral da República, em 2003.

“Mesmo antes de sua promoção, em 2003, exerceu, em substituição, o cargo de Subprocurador-Geral da República, de 1996 a 2002, atuando em processos criminais, perante o Superior Tribunal de Justiça e foi membro titular da 1ª Câmara de Coordenação e Revisão do MPF, de 2006 a 2008 e membro do Conselho Superior do MPF, desde 2008”, disse o órgão.

Ele estava aposentado desde junho de 2019, e deixa um legado de vida dedicada à sociedade por meio de sua atuação institucional. O MPF presta condolências à família, rogando por conforto neste momento de despedida.

Continuar lendo

Acre

Sérgio Petecão quer instalar Frente Parlamentar de Defesa da Amazônia

Publicado

em

O senador Sérgio Petecão apresentou requerimento à Mesa Diretora do Senado para instalação da Frente Parlamentar em Defesa da Amazônia Legal, instituída pela Resolução do Senado Federal nº 24, de 2017.

A presidência dessa comissão deve ser atribuída ao senador Zequinha Marinho, do PSC do Pará, e sua vice-presidência estará com o senador Mecias de Jesus (Republicanos/RR).

Os dados da tramitação do requerimento informam que no dia 23 de setembro o pedido estava no Plenário do Senado Federal e deve ser avaliado nos próximos dias.

A Frente tem a finalidade de defender os interesses da Amazônia Legal, priorizar o desenvolvimento sustentável e a proteção dos recursos naturais da região, proteger os interesses socioeconômicos e promover amplo debate, com a participação de diversos segmentos da sociedade civil, sobre desenvolvimento sustentável e políticas públicas voltadas aos interesses amazônicos e promover o debate e a aprovação de proposições legislativas que visem à defesa da Amazônia Legal.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas