Conecte-se agora

Bolsonaro entre dois mundos econômicos

Publicado

em

Ontem à noite, logo após uma reunião no Palácio da Alvorada, o presidente Jair Bolsonaro se apresentou à imprensa acompanhado dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Davi Alcolumbre. “Nós respeitamos o teto dos gastos. Queremos a responsabilidade fiscal. E o Brasil tem como realmente ser um daqueles países que melhor reagirá à questão da crise. Assuntos variados foram tratados, como privatizações, outras reformas como a administrativa”, afirmou. Tentava ali responder a seu ministro da Economia Paulo Guedes, cujo nome não foi citado mas que estava a uns metros de distância. Na terça, Guedes falara de debandada no ministério após dois secretários pedirem o chapéu. Falou ainda na possibilidade de impeachment, caso o teto de gastos seja cruzado. Mas reformas liberais não avançam e os questionamentos sobre como o presidente vê sua política econômica ressurgem. (Poder 360)

Alberto Bombig: “Paulo Guedes antecipou e colocou na ordem do dia uma angústia que Jair Bolsonaro planejava enfrentar somente adiante: o caminho mais seguro rumo à reeleição ainda passa prioritariamente pela Avenida Faria Lima (SP) ou mudou de rota e seguirá pelo sertão do Nordeste? Apesar do apoio público demonstrado pelo presidente ontem às demandas do ministro da Economia, nos bastidores a aposta é de que Bolsonaro não está disposto a largar o volante do jipe no ‘Rally dos Sertões’. Por isso, a forte sensação de que ele terá de ir além da retórica.” (Estadão)

Zena Latif, economista: “Paulo Guedes pode até decepcionar em termos de reformas, mas acho que tem compromisso de preservar a regra do teto. O risco aumentou muito de não termos isso. A crise agora é o fato de o presidente Bolsonaro ter sentido o gostinho da popularidade trazida pelo auxílio emergencial, acho que o risco aumentou. Não acredito que vai ser algo radical, do tipo revogar. Vai ser nessa linha de ir criando exceções, mantendo mais ou menos as aparências, mas fazendo isenções aqui e ali. Esse risco aumentou bastante. Essas agendas de ajuste fiscal dependem muito de ter um grande consenso. Com a Previdência foi assim. A regra do teto não tem esse consenso. Entre os economistas, há muita divisão também. O problema é que abrir um precedente nesse momento é muito perigoso.” (Globo)

José Paulo Kupfer: “A saída dos secretários especiais de desestatização e desburocratização está provocando uma ‘comoção’ em grupos que apoiam o governo Bolsonaro por suas supostas tendências liberais na economia. O ministro Paulo Guedes, fiel ao seu estilo estridente, bateu bumbo classificando os pedidos de demissão como ‘debandada’. Apesar da importância dos dois demissionários, num ministério com 10 secretarias especiais e outras 24 secretarias ou assessorias de nível superior, debandada pode ocorrer, mas ainda não houve. Com debandada ou não, o mercado, como se diz no seu próprio jargão, se um dia esteve comprado nas inclinações liberais de Bolsonaro, já se havia desfeito dessa posição. Na carteira de apoio político montada com vistas a garantir a continuidade dos esforços para reduzir o tamanho do Estado, iniciada no governo Temer, restaram apostas numa política fiscal de austeridade. Aconteceu que a pandemia veio embaralhar esse meio de campo e acabou revelando a Bolsonaro a oportunidade de se despir da fantasia de liberal que vestiu para ganhar apoios eleitorais.” (UOL)

Transcrito do meio

 

 

 

Anúncios

Cotidiano

Mega-Sena acumula e prêmio principal sobe para R$ 50 milhões no sábado (26)

Publicado

em

O prêmio principal da Mega-Sena acumulou novamente em sorteio realizado noite desta quarta-feira (23).

Para o sorteio deste sábado (26), o prêmio previsto passou para R$ 50 milhões.

As dezenas sorteadas: 18 – 22 – 25 – 27 – 43 – 44.

Já a quina teve 126 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ 27.380,62.

A quadra teve 6.684 apostas ganhadoras; cada uma levará R$ 737,35.

Continuar lendo

Cotidiano

Jornalista Tião Vitor é encontrado morto em sua residência, em Rio Branco

Publicado

em

O jornalismo do Acre foi sacudido na noite desta quarta-feira, 23, com aquele tipo de notícia que ninguém gostaria de dar. Tião Vitor, um dos jornalistas mais conhecidos do Acre, foi encontrado já sem vida em sua residência no bairro Novo Calafate.

Tião era reconhecido principalmente pelo trabalho desenvolvido no jornalismo impresso. Construiu uma carreira sólida do Página 20, onde trabalhou por décadas e foi de repórter até editor-chefe.  Atualmente, Tião Vitor trabalhava na assessoria de comunicação da prefeitura de Rio Branco.

Nas redes sociais, a comoção é enorme, já que, além de ser reconhecido como bom profissional, Tião era querido entre a classe jornalística.

Os amigos e companheiros de trabalho que falaram e estiveram com Tião Vitor durante o dia desta quarta-feira, comentaram que não sentiram nada diferente em seu comportamento. O jornalista, provavelmente, é mais uma vítima da depressão, que por vezes, age de forma silenciosa e mortal. A família ainda não divulgou informações sobre velório e sepultamento.

Continuar lendo

Cotidiano

Membros do CV no Acre soltam fogos pela morte de Elias Maluco; polícia investiga caso

Publicado

em

Enlutados com a morte do fundador da organização criminosa Comando Vermelho, Elias Maluco, encontrado morto em uma cela do presídio federal de Catanduvas, na região oeste do Paraná na terça-feira, 22, membros da facção em todo Estado do Acre soltaram centenas de fogos na noite desta quarta-feira, 23, como uma forma de homenagem ao líder. A PF (Polícia Federal) diz que o caso indica suicídio, mas irá aguardar o resultado da perícia.

Em nota lançada nas redes sociais, os líderes da facção convocaram todos faccionados para soltar os fogos nos municípios e bairros “onde a semente de Elias Maluco foi plantada”. O ato de despedida dos membros da organização criminosa iniciou-se por volta das 19h e vários moradores escutaram as rajadas de fogos que em alguns bairros de Rio Branco chegou a durar cerca de 5 minutos.

O Segundo Distrito de Rio Branco inteiro ouviu os fogos, de acordo com relatos de internautas. Na região do Calafate, Mocinha Magalhães, Irineu Serra e Baixada da Sobral também foram relatados queima de fogos.

Em Cruzeiro do Sul, os fogos foram ouvidos por cerca de 10 minutos em pelo menos 10 bairros como o Remanso, Cobal, Telegrafo, Cohab, Saboeiro, Cruzeirinho Novo, Miritizal, 25 de Agosto, São José e Lagoa. Em Rodrigues Alves e Mâncio também foram relatados os estouros.

O ac24horas procurou o delegado-geral de Polícia Civil, Josemar Portes, para confirmar se de fato a queima de fogos ouvida em todo o Acre era fruto de uma homenagem a um dos bandidos mais perigosos do país, mas o chefe de polícia não reconheceu. “De maneira alguma não reconhecemos. Não temos comprovação, nós trabalhamos com comprovação técnica derivada de uma investigação. Não temos essa comprovação. Repito, temos inquéritos, temos investigações em curso que apontam para atuação desses grupos, mas isso não é fato novo, mas os integrantes que estão atuando serão identificados e em breve os apresentaremos ao poder judiciário”, argumentou.

Continuar lendo

Cotidiano

Colisão entre bicicletas deixa ciclista gravemente ferido no Centro de Rio Branco

Publicado

em

Uma colisão entre duas bicicletas deixou o ciclista José Flávio Leite dos Reis, gravemente ferido na noite desta quarta-feira, 23. O acidente aconteceu no cruzamento da Avenida Getúlio Vargas com rua Epaminondas Jácome, no Centro de Rio Branco.

De acordo com informações de populares que presenciaram o acidente, um ciclista trafegava na Getúlio Vargas com destino a ponte Juscelino Kubitschek (ponte de metálica) e outro seguia na rua Epaminondas Jácome, quando colidiram. Com impacto, José foi arremessado, bateu a cabeça e desmaiou. O outro ciclista sofreu apenas escoriações.

A ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada, os paramédicos prestaram os primeiros atendimentos e conduziram José ao Pronto-Socorro de Rio Branco. Segundo o Médico do SAMU, Guilherme Piassa, o paciente sofreu um traumatismo craniano e seu estado de saúde é grave.

A área foi isolada pelos Policiais do Batalhão de Trânsito (BPtrans) para os trabalhos de perícia. A bicicleta foi removida e encaminhada ao pátio do Departamento de Trânsito.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas