Conecte-se agora

Edvaldo critica omissão do governo ao comércio: “não pode ser um ‘guardador’ de livros”

Publicado

em

O deputado Edvaldo Magalhães criticou nesta quarta-feira, 5, no plenário virtual da Assembleia Legislativa do Acre, a falta de respostas claras para com a crise que se instalou no comércio em função da pandemia do novo coronavírus. “Nenhuma proposta foi apresentada pelo governo do Estado para o setor de comércio e serviços”, afirmou o parlamentar do PCdoB.

Segundo Magalhães, esses setores compõem os maiores geradores de emprego no Acre. O parlamentar elencou o panorama que poderia incrementar o fluxo econômico-financeiro antes da pandemia. “De lá para cá o setor amargou prejuízos um em cima do outro”, observou. Há também a questão do fisco estadual, que não atrasou nem um dia sequer as cobranças.

“Não houve também uma única proposta. Faço apelo à equipe econômica do governo, cuja postura não pode ser de guardador de livros”, disse. A postura do planejamento e fazendário deve ser de fomentar da economia, completou.

Anúncios

Acre

Carla Mendonça falta audiência e juiz expede condução coercitiva

Publicado

em

A candidata à prefeitura de Xapuri, Carla Mendonça (PP), será conduzida coercitivamente ao fórum de Xapuri em razão de sua ausência injustificada para prestar depoimento nos autos de um processo criminal em que figura como vítima do crime de furto junto com mais três pessoas.

Carla foi regularmente intimada por oficial de justiça para comparecer e prestar depoimento nos autos do processo criminal 0000912-78.2917.8.01.007 em audiência marcada para esta quarta-feira, 30. No entanto, de maneira injustificada, ela não compareceu, prejudicando o trâmite regular do processo criminal.

Diante do fato, o juiz titular da Comarca de Xapuri, Luís Gustavo Alcalde Pinto, redesignou a audiência criminal para outra data. Em atenção ao cumprimento da lei, o magistrado ainda determinou a expedição de um mandado de condução coercitiva que será cumprido nos próximos.

Pelo o que a reportagem apurou, a candidata será escoltada por servidores públicos até as dependências do fórum da cidade para o cumprimento do seu dever cívico de prestar depoimento e colaborar com a justiça no andamento do processo criminal contra dois acusados de furtos realizados na cidade.

O ac24horas tentou entrar em contato com a candidata Carla Mendonça para que ela pudesse explicar a razão de ter faltado à intimação judicial, mas o seu telefone estava desligado durante as várias tentativas que foram feitas. O site permanece à disposição para qualquer esclarecimento necessário.

Continuar lendo

Acre

Em Xapuri, candidato do MDB adota megafone para pedir voto

Publicado

em

O advogado Carlos Venícius Ferreira Ribeiro Júnior, de 32 anos de idade, é o mais jovem dos quatro concorrentes que protocolaram pedidos de registro de candidatura a prefeito no município de Xapuri, onde compete com o atual gestor, o petista Bira Vasconcelos, com a servidora pública Carla Mendonça, do PP, e com o vereador Gessi Capelão, do PSD.

Apontado por alguns adversários como “forasteiro”, apesar de ser filho da cidade, de onde saiu pequeno para estudar e para onde voltou com o fim de exercer a advocacia, Carlos Venícius adotou uma maneira inovadora de contato com o eleitor neste começo de campanha que tem chamado a atenção por onde passa, assim como nas redes sociais.

Com um megafone na mão e um chapelão de palha na cabeça, ele percorre os mais diferentes lugares da cidade, desde as áreas centrais às periféricas, fazendo o chamado corpo a corpo com os moradores e levando suas propostas de maneira direta, mas, segundo ele, respeitando o distanciamento social, em razão das medidas de prevenção ao coronavírus.

Se o método surtirá efeito, as urnas dirão, mas que a alternativa tem atraído os olhares e ouvidos do público, isso é fato incontestável a se comprovar pelas manifestações via rede social, seja a favor ou contra o candidato. “O nosso objetivo é chegar perto das pessoas, com as precauções necessárias, e levar a nossa proposta de mudança”, diz o advogado.

Candidato em chapa puro sangue, tendo a professora Marlene Cândido como postulante ao cargo de vice-prefeita, o emedebista se propõe como inovação à política que administra Xapuri por vários mandatos. Para impor o seu nome, resistiu a pressões do grupo político liderado pelo DEM no município para compor, como vice, a chapa de Carla Mendonça.

Com 11.298 eleitores aptos, Xapuri deverá ter uma eleição disputada voto a voto. As campanhas no município costumam ser marcadas pela proximidade e pelo contato direto dos candidatos a prefeito com o eleitor. Nos próximos 45 dias, a cobertura do ac24horas estará próxima às ações, eventos e fatos interessantes que cercam o pleito deste ano.

Veja o vídeo:

 

Continuar lendo

Acre

Após ameaças no FOC, Alan Lima é transferido para Batalhão Ambiental

Publicado

em

O estudante Alan Araújo de Lima, que conduzia um carro modelo New Beetle ao lado da BMW que atropelou e matou Jonhliane de Souza, de 30 anos, no último dia 6 de agosto, foi transferido para o Batalhão Ambiental da Polícia Militar do Acre após alegar ameaça e extorsão por outros detentos do Complexo Penitenciário Francisco D’ Oliveira Conde (FOC), em Rio Branco.

Alan se encontra detido pela acusação de promover um racha com o fisioterapeuta Ícaro José da Silva Pinto. O juiz Alesson Braz, da 2ª Vara do Tribunal do Júri, recebeu o pedido de transferência por meio de um ofício assinado pelo diretor da unidade de regime fechado 1 (URF-1), Leandro do Nascimento, na última segunda-feira (28).

Alan foi preso preventivamente no dia 14 de agosto, na casa de um irmão. Já Ícaro foi preso no dia 15, no posto da Tucandeira, divisa do Acre com o estado de Rondônia, ele voltava de Fortaleza, para onde tinha ido após sofrer ameaças, segundo a defesa.

Continuar lendo

Acre

Protesto de motoristas de aplicativo gera confusão generalizada

Publicado

em

A interdição da Avenida Ceará na tarde desta quinta-feira, dia 1°, realizada por motoristas de aplicativos em Rio Branco após sequestro de um dos colegas de profissão, ocasionou uma confusão generalizada. O protesto que começou pedindo mais segurança, encerrou com discussão entre os condutores que ficaram impedidos de transitar pela avenida por conta da manifestação.

Dezenas de condutores arriscaram passar por cima do canteiro que divide a avenida. Outros reclamaram do manifesto, que impediu por mais de 30 minutos a passagem dos veículos.

Na tarde desta quinta, representantes da secretaria de segurança pública do Acre terão uma reunião com a categoria para alinhar ações que devem oferecer mais segurança aos motoristas de aplicativo na cidade.

O protesto se deu após sequestro do motorista Romerito Almeida, na manhã desta quinta-feira, 1º. Um irmão da vítima conseguiu rastrear o veículo. Após uma hora de busca, com o auxílio da polícia e de outros motoristas, conseguiram encontrar um criminoso dirigindo o veículo. Preso pela polícia, o bandido relatou que o motorista estava amarrado em uma residência na região da Baixa da Colina. A polícia agiu rápido e conseguiu libertar Romerito e prender mais seis envolvidos no sequestro.

Veja o vídeo:

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas