Conecte-se agora

Desperdício de água tratada no Acre é o 4º maior do país, diz pesquisa

Publicado

em

A mais recente Pesquisa Nacional de Saneamento Básico (PNSB) publicada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), aponta que o desperdício de água no Brasil é de 38,9%. Isso quer dizer que a cada 100 litros de água que entram no sistema de distribuição (reservatórios e rede), cerca de 40 litros não chegam ao consumidor final.

No Acre, 60,4% da água tratada não chega ao consumidor final. O desperdício dos acreanos é o 4º maior do país, perdendo apenas para o que se joga fora em Roraima, de 69,3%, e Amazonas, com 66,7% e Amapá, de 62,4%.

Entre as explicações para tamanho desperdício estão os vazamentos nos reservatórios que armazenam a água e durante o processo de distribuição, na própria rede, por exemplo. No entanto, os famosos “gatos” também contribuem para o Índice de Perdas na Distribuição (IDP).

É difícil separar a perda física da água que não chega ao domicílio ou estabelecimento das perdas que a gente chama de aparentes, que são aquelas devido às ligações clandestinas. Ou seja, você tem um desvio da água daquela rede que chega a algum lugar, mas não é contabilizada pelas entidades executoras.

Para se ter uma noção do tamanho do problema, são 16.713.292 metros cúbicos de água desperdiçados por dia, de acordo com o levantamento do IBGE. No Acre, o Depasa está sendo preparado para ser privatizado. Uma concessão público-privada deverá administrar o sistema de água e esgoto do Acre no futuro próximo.

 

Anúncios

Acre

Carla Mendonça falta audiência e juiz expede condução coercitiva

Publicado

em

A candidata à prefeitura de Xapuri, Carla Mendonça (PP), será conduzida coercitivamente ao fórum de Xapuri em razão de sua ausência injustificada para prestar depoimento nos autos de um processo criminal em que figura como vítima do crime de furto junto com mais três pessoas.

Carla foi regularmente intimada por oficial de justiça para comparecer e prestar depoimento nos autos do processo criminal 0000912-78.2917.8.01.007 em audiência marcada para esta quarta-feira, 30. No entanto, de maneira injustificada, ela não compareceu, prejudicando o trâmite regular do processo criminal.

Diante do fato, o juiz titular da Comarca de Xapuri, Luís Gustavo Alcalde Pinto, redesignou a audiência criminal para outra data. Em atenção ao cumprimento da lei, o magistrado ainda determinou a expedição de um mandado de condução coercitiva que será cumprido nos próximos.

Pelo o que a reportagem apurou, a candidata será escoltada por servidores públicos até as dependências do fórum da cidade para o cumprimento do seu dever cívico de prestar depoimento e colaborar com a justiça no andamento do processo criminal contra dois acusados de furtos realizados na cidade.

O ac24horas tentou entrar em contato com a candidata Carla Mendonça para que ela pudesse explicar a razão de ter faltado à intimação judicial, mas o seu telefone estava desligado durante as várias tentativas que foram feitas. O site permanece à disposição para qualquer esclarecimento necessário.

Continuar lendo

Acre

Em Xapuri, candidato do MDB adota megafone para pedir voto

Publicado

em

O advogado Carlos Venícius Ferreira Ribeiro Júnior, de 32 anos de idade, é o mais jovem dos quatro concorrentes que protocolaram pedidos de registro de candidatura a prefeito no município de Xapuri, onde compete com o atual gestor, o petista Bira Vasconcelos, com a servidora pública Carla Mendonça, do PP, e com o vereador Gessi Capelão, do PSD.

Apontado por alguns adversários como “forasteiro”, apesar de ser filho da cidade, de onde saiu pequeno para estudar e para onde voltou com o fim de exercer a advocacia, Carlos Venícius adotou uma maneira inovadora de contato com o eleitor neste começo de campanha que tem chamado a atenção por onde passa, assim como nas redes sociais.

Com um megafone na mão e um chapelão de palha na cabeça, ele percorre os mais diferentes lugares da cidade, desde as áreas centrais às periféricas, fazendo o chamado corpo a corpo com os moradores e levando suas propostas de maneira direta, mas, segundo ele, respeitando o distanciamento social, em razão das medidas de prevenção ao coronavírus.

Se o método surtirá efeito, as urnas dirão, mas que a alternativa tem atraído os olhares e ouvidos do público, isso é fato incontestável a se comprovar pelas manifestações via rede social, seja a favor ou contra o candidato. “O nosso objetivo é chegar perto das pessoas, com as precauções necessárias, e levar a nossa proposta de mudança”, diz o advogado.

Candidato em chapa puro sangue, tendo a professora Marlene Cândido como postulante ao cargo de vice-prefeita, o emedebista se propõe como inovação à política que administra Xapuri por vários mandatos. Para impor o seu nome, resistiu a pressões do grupo político liderado pelo DEM no município para compor, como vice, a chapa de Carla Mendonça.

Com 11.298 eleitores aptos, Xapuri deverá ter uma eleição disputada voto a voto. As campanhas no município costumam ser marcadas pela proximidade e pelo contato direto dos candidatos a prefeito com o eleitor. Nos próximos 45 dias, a cobertura do ac24horas estará próxima às ações, eventos e fatos interessantes que cercam o pleito deste ano.

Veja o vídeo:

 

Continuar lendo

Acre

MP Eleitoral pede que TRE cumpra afastamento de Juliana e Manoel

Publicado

em

O Ministério Público Eleitoral oficiou ao Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE/AC) pedindo o cumprimento da decisão proferida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que determinou o afastamento imediato e a anulação dos votos recebidos por Juliana Rodrigues e Manoel Marcos Carvalho de Mesquita, eleitos deputada estadual e deputado federal nas eleições de 2018 pelo PRB.

Até o momento, não houve o cumprimento da decisão, e o TRE/AC alega problemas técnicos no recálculo dos votos para a declaração dos candidatos que irão substituir os parlamentares condenados, o que não impede, segundo o MP Eleitoral, o afastamento destes, que continuam no exercício de suas funções e prerrogativas, contrariando a decisão da mais alta corte eleitoral do País.

O procurador regional Eleitoral Vitor Hugo Caldeira Teodoro, informou que decisão que foi proferida na Sessão Plenária de 22 de setembro foi comunicada ao TRE/AC no dia seguinte, 23, e determinava o cumprimento da sentença imediatamente, independente da publicação do acórdão do julgamento, nos termos do relator Ministro Edson Fachin.

Continuar lendo

Acre

Após ameaças no FOC, Alan Lima é transferido para Batalhão Ambiental

Publicado

em

O estudante Alan Araújo de Lima, que conduzia um carro modelo New Beetle ao lado da BMW que atropelou e matou Jonhliane de Souza, de 30 anos, no último dia 6 de agosto, foi transferido para o Batalhão Ambiental da Polícia Militar do Acre após alegar ameaça e extorsão por outros detentos do Complexo Penitenciário Francisco D’ Oliveira Conde (FOC), em Rio Branco.

Alan se encontra detido pela acusação de promover um racha com o fisioterapeuta Ícaro José da Silva Pinto. O juiz Alesson Braz, da 2ª Vara do Tribunal do Júri, recebeu o pedido de transferência por meio de um ofício assinado pelo diretor da unidade de regime fechado 1 (URF-1), Leandro do Nascimento, na última segunda-feira (28).

Alan foi preso preventivamente no dia 14 de agosto, na casa de um irmão. Já Ícaro foi preso no dia 15, no posto da Tucandeira, divisa do Acre com o estado de Rondônia, ele voltava de Fortaleza, para onde tinha ido após sofrer ameaças, segundo a defesa.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas