Conecte-se agora

Prouni: MEC divulga selecionados na segunda chamada do processo seletivo

Publicado

em

Os selecionados deverão comprovar as informações enviadas até a próxima terça (11)

O Ministério da Educação (MEC) libera nesta terça (4) a consulta dos selecionados na segunda chamada para o Programa Universidade para Todos (Prouni). Neste semestre, serão ofertadas 167.780 bolsas em 1.061 instituições particulares de ensino superior, segundo o MEC.

Os nomes dos estudantes selecionados serão divulgados no site do Prouni e nas instituições de ensino participantes do programa. Os selecionados deverão comprovar as informações enviadas até a próxima terça (11).

O Prouni oferece bolsas de estudo parciais, que cobrem a metade do valor da mensalidade, e integrais para cursos de graduação e de formação continuada em universidades particulares.

Para concorrer a uma das bolsas de estudo pelo programa, o candidato é avaliado conforme a nota no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e a avaliação da renda familiar.

Podem se candidatar no processo seletivo do Prouni os estudantes que não tiverem diploma de graduação; tenham cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou cursado o ensino médio completo em instituição privada na condição de bolsista; tenham feito o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em instituição privada na condição de bolsista integral; quem tiver algum tipo de deficiência e professores que atuam da rede pública de ensino.

Caso o estudante não seja selecionado na segunda chamada, ainda poderá aguardar a lista de espera do Prouni 2020.2. Para isso, deve acessar o site do Prouni e manifestar interesse em integrar a lista entre os dias 18 e 20 de agosto. O resultado está previsto para o dia 24 de agosto.

Para os estudantes que não forem selecionados no Prouni, em nenhuma das suas fases, ainda há outra oportunidade de estudar com bolsa de estudo. Por meio do Educa Mais Brasil não é necessário apresentar notas do Enem tampouco comprovar renda familiar. Basta acessar o site do programa, consultar as bolsas disponíveis para os cursos na sua região de interesse e se inscrever gratuitamente para conseguir o benefício.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

 

Anúncios

Destaque 2

Em jantar fechado, Mourão se confraterniza com autoridades do Acre e é homenageado com hino do Flamengo

Publicado

em

O vice-presidente da república, general Hamilton Mourão, participou na noite desta segunda-feira, 22, de um jantar oferecido pelo governo do Acre no Pinheiro Palace Hotel, no centro de Rio Branco. Apesar de está hospedado no Gran Lumni Hotel, o chefe de Estado aceitou o convite do governador Gladson Cameli e do vice Major Rocha.

Participaram do encontro além do governador e do vice, a prefeita de Rio Branco, Socorro Neri, o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Francisco Djalma e a chefe do Ministério Público do Acre, Katia Rejane. Apesar de está com assento garantido, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Nicolau Júnior não compareceu à confraternização.

Cumprindo agenda oficial no Acre para conhecer o Centro Integrado de Geoprocessamento e Monitoramento Ambiental (Cigma), criado para integrar as informações e dados que norteiam as ações das equipes de fiscalização e combate aos ilícitos ambientais em campo, o general evitou formalidades e conversou sobre futebol, falou de sua paixão pelo Flamengo e ainda foi homenageado pela Banda da Polícia Militar que embalou o jantar com o hino do time do seu coração. Bem a vontade diante dos presentes, ele falou até mesmo da origem de seu pai e de sua mãe que são Amazonenses.

Animado, Mourão tomava whisky e degustava uma porco a pururuca preparado pelo buffet do hotel. Como o papo entre os homens da mesa foi norteado pelo futebol, as mulheres ficaram meio de escanteio. Apenas o governador Gladson Cameli levou a esposa para o evento.

Um forte esquema de segurança foi montada para garantir a integridade de Mourão e dos demais convidados. Um raio-x foi usado para revistar as pessoas que entravam no hotel. Dezenas de policiais federais e da guarda pessoal da vice-presidência ficaram espalhados a paisana pelo quatro cantos do estabelecimento.

Continuar lendo

Acre 01

Com queda de Juliana, Pedro Longo deve assumir cadeira na Aleac como “conciliador”

Publicado

em

O juiz aposentado Pedro Longo, de 56 anos, que foi candidato a deputada estadual pelo PV em 2018 e obteve 3.570, deverá assumir a vaga que será deixada pela deputada Juliana Rodrigues (Republicanos), que teve o mandato cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral na noite desta terça-feira, 22.

Com os votos de Juliana anulados pela corte superior, o Tribunal Regional Eleitoral do Acre deverá confirmar o magistrado aposentado na vaga.

Ao ac24horas, Longo afirmou que nesse primeiro momento o processo burocrático de cassação e posse deverá perdurar por poucos dias, mas que se coloca no parlamento para trabalhar dobrado. “Eu vou trabalhar dobrado. Quase 2 anos de legislatura se passaram, mas acredito que posso render bons frutos na casa com projetos e propostas viáveis. Quero poder ajudar o meu estado, principalmente nesse período da pandemia. Precisamos de ideias novas”, disse.

Se colocando como um “conciliador”, Pedro afirmou que esse será o tom que tocará seu trabalho na Aleac. “Eu respeito o governador Gladson, a prefeita Socorro, somos parceiros e entendo que o melhor para o Acre nesse momento é a união. Espero poder fazer um bom trabalho e representar bem o eleitorado”, justificou.

Continuar lendo

Acre 01

Léo do PT deve assumir vaga de Manuel Marcos: “vou ser oposição a Bolsonaro e Gladson”

Publicado

em

O ex-deputado federal e advogado Léo de Brito (PT) deverá assumir a cadeira de deputado federal que ficará vaga com a cassação do deputado federal Manuel Marcos (Republicanos) confirmada na noite desta terça-feira, 22, pelo Tribunal Superior Eleitoral. O petista de 39 anos que teve 14.881 votos nas eleições de 2018 e ficou na primeira suplência da chapa da Frente Popular foi beneficiado pela decisão dos ministros da Corte Superior que entenderam que os votos do parlamentar da Igreja Universal deveriam anulados. O Tribunal Regional Eleitoral deverá notificá-lo nos próximos dias para que tome posse do cargo.

Ao ac24horas, Léo do PT, como é mais conhecido, confirmou que pelos cálculos do partido e com a decisão confirmada pelo TSE, ele deverá assumir a cadeira. Atuando na advocacia e como professor universitário desde que deixou Brasília em 2019, Léo se disse surpreso pela decisão célere e afirmou que deverá mudar todo o contexto de sua vida. “Eu estava advogando, dando aula, seguindo minha vida normalmente sem pensar nisso. Evitei não interferir no processo. Evitei dar declarações. Deixei nas mãos da justiça e isso foi resolvido sem eu ficar esperando. Agora é esperar e tentar fazer o melhor melhor trabalho possível em Brasília.

Léo de Brito afirmou que após a decisão do TSE já conversou com a liderança do PT na Câmara e se colocou a disposição. “Vou ser oposição ao governo Bolsonaro, quero ajudar o Brasil. Vou ser oposição ao governo de Gladson Cameli, mas quero ajudar o Acre, independente de cor partidária. Estamos vivendo tempos difíceis, a miséria bateu na porta e queremos ajudar com o nosso mandato”, disse.

Brito ressaltou também que com mandato poderá ajudar mais efetivamente o PT nestas eleições. “É um momento novo, mas creio que poderei ajudar ainda mais nossos candidatos a vereadores e prefeitos. Fico feliz com a oportunidade”, frisou.

Continuar lendo

Na rede

Igreja de Cruzeiro do Sul faz política partidária e abençoa candidatos

Publicado

em

A Igreja Assembleia de Deus Ministério Madureira em Cruzeiro do Sul realizou nessa segunda-feira, 21, uma reunião extraordinária “para se posicionar politicamente”. Na ocasião, as pré-candidaturas de Zequinha Lima para prefeito de Cruzeiro do Sul e do vereador Elenilson da Pesca, ambos do PP, foram abençoadas pelo pastor Samuel.

Tudo foi postado na página oficial da Igreja no Facebook. Nas fotografias, durante e depois do culto, Zequinha aparece sem o pré-candidato à vice, Henrique Afonso (PSD), que é pastor da Igreja Presbiteriana.

Nos comentários da postagem no Facebook, muitos internautas publicaram críticas à igreja e ao pastor, por misturar política partidária com religião.

O Ministério Público Eleitoral de Cruzeiro do Sul está de olho em situações como essa. O promotor Fernando Henrique Terra disse que vai avaliar se o fato requer uma atuação do MP.

Terra destaca que denúncias sobre irregularidades em pré-campanhas e campanhas eleitorais devem ser feitas ao Ministério Público por meio dos telefones 33224165, 99993-5071 e do e-mail: [email protected]

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas