Conecte-se agora

Deputado Gonzaga vê grande potencial agrário no Juruá, mas falta apoio

Publicado

em

O deputado Luiz Gonzaga (PSDB) se disse “muito feliz” em retomar os trabalhos na Assembleia Legislativa e parabenizou o deputado Daniel Zen (PT) pela passagem de seu aniversário”

Gonzaga relatou acerca de suas viagens pelo Vale do Juruá durante o recesso. Ele esteve, por exemplo, avaliando o potencial da farinha de macaxeira e café na região. “Não produzimos 30% do que consumimos. Então, há um potencial muito grande”, disse ele.

Em Feijó, ele conversou com um proprietário de torrefação de café, que compra a maior parte de outros Estados. “O que está faltando para o governo incentivar a produção de café?”, disse.

Para ele, há sim mercado para os produtos alimentares e o que falta efetivamente é incentivo. Gonzaga lembrou que há um profissional cruzeirense na Sudam, situação que pode ajudar o Vale do Juruá.

“A Sudam e a Suframa podem nos ajudar na construção de casas de farinha. Se tivermos qualidade sanitária podemos exportar para a Europa”, disse.

Anúncios

Cotidiano

Vagner Sales pagou R$ 30 mil para ser liberado após ser preso com arma e animais silvestres

Publicado

em

O ex-prefeito de Cruzeiro do Sul e ex-deputado estadual Vagner Sales teve de desembolsar R$ 30 mil de fiança para ser liberado após ser preso em flagrante pela Polícia Federal portando uma arma de fogo e 6 animais silvestres (jabutis) em casa. A prisão ocorreu no último dia 11 de setembro durante cumprimento de mandados judiciais da Operação Acúleo, na ‘capital’ do Juruá.

A espingarda, segundo a polícia, não tinha registro. A fiança foi arbitrada pelo juiz plantonista da Comarca de Cruzeiro do Sul, Marlon Martins Machado, no último dia 12. Procurado pela reportagem, Vagner Sales não comentou ao Ac24horas sobre o assunto.

Operação Acúleo

A Operação Acúleo, desencadeada pela Polícia Federal em Rio Branco e Cruzeiro do Sul no último dia 11, investiga possíveis crimes de fraude em licitação, lavagem de dinheiro, corrupção passiva e ativa, peculato, crime de responsabilidade e organização criminosa praticados, em tese, pelo suposto grupo criminoso.

Além da casa de Vagner Sales, a Polícia Federal esteve na casa de seu filho, Fagner Sales, além de outras pessoas, como o presidente da Assembleia Legislativa do Acre, deputado estadual Nicolau Junior, além de servidores públicos e empresários.

A operação cumpriu 33 mandados judiciais, sendo 18 de busca e apreensão e 13 medidas cautelares substitutiva à prisão e dois de afastamento cautelar de cargo público de pregoeiro e ex-prefeitos.

Continuar lendo

Cotidiano

Jovem nega ser de facção e mesmo assim é alvejado a tiros e pode ficar paraplégico

Publicado

em

Carlos Eduardo da Silva, de 21 anos, foi ferido com dois tiros no início da tarde desta terça-feira, 22, dentro de uma residência localizada na Travessa Coelho, no bairro Recanto dos Buritis, região do Segundo Distrito de Rio Branco.

Informações repassadas pela polícia afirmam que Carlos estava na casa de sua tia fazendo um serviço quando um suposto membro da facção invadiu a residência e perguntou se ele pertencia a alguma organização criminosa. Após responder que não era de nenhuma facção criminosa, o homem saiu da casa e após alguns minutos voltou com mais 2 faccionários.

Um dos suspeitos efetuou dois tiros que atingiram a vítima na região das costas. Mesmo ferido, Carlos ainda conseguiu correr até um bar, onde caiu pedindo ajuda.

Populares acionaram a ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Os paramédicos prestaram os primeiros atendimentos e conduziram Carlos Eduardo ao Pronto-Socorro de Rio Branco.

Segundo o médico do SAMU, Pedro Pascoal, o estado de saúde do paciente é estável, porém Carlos sofreu uma lesão na coluna vertebral, região da cervical, e pode ficar paraplégico.

Policiais Militares estiveram no local, colheram as características dos criminosos e em seguida fizeram patrulhamento na região, mas ninguém foi preso. As investigações já foram iniciadas pelos Agentes de Polícia Civil da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). A Polícia acredita que o crime foi motivado pela guerra entre facções.

Continuar lendo

Cotidiano

No Acre, mulher é condenada a 8 anos de prisão por estuprar adolescente de 13 anos

Publicado

em

A Polícia Civil de Mâncio Lima prendeu na manhã desta terça-feira, 22, no Ramal da Buritirana, zona rural da cidade, Ana Cristina Souza de Lima, 25 anos. Ela é acusada de ter estuprado uma adolescente de 13 anos no ano de 2014.

A família denunciou o caso, que foi investigado pela Polícia e a mulher foi condenada pela justiça a 8 anos de prisão, sendo o mandado cumprido hoje.

O delegado José Obetânio disse ao ac24horas que, na época, a menor foi submetida a exame de conjunção carnal, que constatou o estupro. Foi o primeiro caso desta natureza em que ele atuou.

“A menor relatou o sexo oral e o estupro. Eu nunca tinha visto um caso de estupro entre mulheres, mas foi tudo confirmado por exame e agora a condenada vai para o presídio de Cruzeiro do Sul”, afirma.

Continuar lendo

Cotidiano

Postura de Célio Gadelha é alvo de críticas de colegas vereadores e de internautas

Publicado

em

Os vereadores João Marcos Luz (MDB), Antônio Morais (PSB), N. Lima (Progressistas) e Rodrigo Forneck (PT) e os internautas que acompanhavam a sessão online desta terça-feira, 22, no YouTube, criticaram a conduta e a postura do vereador Célio Gadelha (MDB).

Em vários momentos, Célio interrompeu a fala dos seus colegas e foi visto várias vezes rindo na hora em que os seus colegas discursavam.

O vereador Luz (MDB) afirmou que a conduta de Célio não é a do seu partido, o MDB, e pediu respeito do colega aos vereadores e também a Casa Legislativa.

O presidente da Câmara de Vereadores, Antônio Morais (PSB), afirmou que foi ao privado de Célio e o repreendeu por sua conduta.

“Chamei atenção e falei com o vereador pessoalmente e pedi que ele se comportasse como um vereador que foi eleito pelo povo. Ele tem que ler o regime interno e saber se comportar como um vereador”, afirmou.

O internauta Franco da Silva, no chat do YouTube, repreendeu atitude de Célio e afirmou que “Sessão não é lugar para MOLECAGEM!”.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas