Conecte-se agora

Acre é o 2º em perdas de ICMS nesta pandemia, mostra Confaz

Publicado

em

Os estados brasileiros registraram perda média de 18% na arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) no segundo trimestre de 2020, comparado a período equivalente do ano passado.

O Acre, segundo o boletim do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), é o 2º Estado em perdas do ICMS em 2020: -24%.

O dado foi apresentado, nesta terça-feira (21), pelo presidente do Comitê Nacional de Secretários de Fazenda (Comsefaz), Rafael Tajra Fonteles, que participou de uma audiência remota da comissão mista do Senado Federal que acompanha as ações do governo federal no combate à Covid-19.

Os números mostram que a situação dos governos estaduais é bem heterogênea. Dos 27 entes federados, apenas Mato Grosso não registrou queda de arrecadação, conseguindo aumento de 4%. Houve estados que registraram perdas pequenas, como Mato Grosso do Sul (-3%) e Pará (-6%); mas houve também quem teve grande prejuízo como o já citado Acre, e Ceará (-28%). Santa Catarina é o 3o em perdas do ICMS.

O Comsefaz estima que as perdas continuem nos próximos meses, pois, mesmo com a reabertura gradual das atividades econômicas, os efeitos negativos da crise devem perdurar.

“Desde março, o Comsefaz se antecipou ao que viria e fez um alerta ao governo federal sobre os impactos da crise sanitária nos entes, com quedas superiores a 20%. Mesmo com a retomada das atividades, os efeitos continuam, porque a crise não é só derivada do fechamento da economia, mas do comportamento dos agentes econômicos”, avaliou Rafael Fonteles, que também é secretário de Fazenda do Piauí.

Fonte: Agência Senado

Anúncios

Destaque 7

Construção civil do Acre registra maior variação no país

Publicado

em

Divulgado nesta sexta-feira (7) pelo IBGE, o Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi) apresentou variação de 0,86% no Acre em julho, registrando a maior taxa do ano de 2020 e a maior variação entre os Estados naquele mês.

De janeiro a julho, o índice acumula alta de 2,06%. Nos últimos doze meses, a taxa soma 3,86% sem a desoneração da folha.

O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi), apresentou variação de 0,49% em julho, ficando 0,35 ponto percentual acima da taxa do mês anterior (0,14%) e registrando o maior índice do ano de 2020. Nos últimos doze meses o índice atingiu 3,33%, resultado abaixo dos 3,52% registrados nos doze meses imediatamente anteriores. No ano, o acumulado ficou em 1,97%. Em julho de 2019, o índice foi 0,68%.

No país, o custo nacional da construção, por metro quadrado, que em junho fechou em R$ 1.175,62, passou em julho para R$ 1.181,41, sendo R$ 619,58 relativos aos materiais e R$ 561,83 à mão de obra.

A parcela dos materiais apresentou variação de 0,48%, registrando alta significativa em relação ao mês anterior (0,17%), diferença de 0,31 ponto percentual. Quando comparado ao índice de julho de 2019 (0,47%), a taxa manteve-se no mesmo patamar.

Já a parcela da mão de obra registrou taxa de 0,50%, subindo 0,40 ponto percentual em relação ao mês anterior (0,10%). Em contrapartida, quando comparamos à taxa de julho de 2019 (0,92%), houve queda de 0,42 ponto percentual.

De janeiro a julho, os acumulados são 2,30% (materiais) e 1,56% (mão de obra), sendo que em doze meses os índices são de 3,62% (materiais) e 2,94% (mão de obra).

Continuar lendo

Coluna do Astério

Calma, o mundo não acabou! Gladson vai só ali e já volta

Publicado

em

O governador Gladson Cameli apenas se afastou do PROGRESSISTA, o Tião Bocalom e Minoru Kinpara serão candidatos a prefeito, a pandemia da C-19 entrou na faixa amarela, igrejas, bares, restaurantes e botecos podem ir arreganhando as portas, o rio Acre está ficando sem água, muita fumaça e poeira na cidade, o Tião Fonseca continua preso, a Globo continua metendo o pau no Bolsonaro, os preços nos supermercados continuam subindo, o goleiro Bruno está treinando, os venezuelanos continuam pedindo dinheiro nos semáforos, o Montana Jack continua babando o senador Sérgio Petecão, os deputados deputando, os vereadores vereando e o propinoduto em algumas prefeituras continuam drenando dinheiro vivo e o eleitor (burro) não vê. Aos poucos a vida vai voltando ao velho normal. “Novo normal” é só modismo da Globo.

“Os elogios são como uma moeda falsa, que não empobrece a quem dá, mas ilude sempre a quem recebe”. (Afrânio Peixoto)

. Confusão mesmo vai ter daqui para a frente, no segundo turno e depois dele…

. Deputado José Bestene é um poço de mágoa!

. Nadou tanto e morreu na praia!

. A glória da velha ARENA, PDS, PPB, PP e PROGRESSISTA ficou no passado, só mesmo o Jair Bolsonaro!

. Dia dez de agosto será o julgamento do prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro (PP), no Tribunal Regional Eleitoral.

. A esperança pode ser um mal…

. Consta que a ideia de arrancar Minoru Kinpara do processo eleitoral foi parida na frente da praça da Revolução.

. Se o vice-governador major Rocha tivesse tentado impedir a candidatura da prefeita Socorro Neri até se justificaria um ataque a candidatura do Minoru Kinpara, mas ele se moveu em direção ao PSL.

. O que o PSL tem a ver com essa história?

. Me explica isso, Juca?!

. PSDB, PROGRESSISTA, PSD e MDB fizeram um pacto:

. Não apoiar sob hipótese alguma a reeleição de Socorro Neri se ela chegar ao 2º turno.

. Como diz um eleitor do delegado Walter Prado em Tarauacá:

. O jogo é bruto!

. Eles que são brancos que se entendam!

. Os brutos também amam!

. O decidir apenas se afastar do PROGRESSISTA o governador Gladson Cameli fez a coisa certa.

. Ninguém ganha uma eleição sozinho!

. Em Brasiléia o pau tá cantando!

. Poderia ser diferente, mas, como dizia o nosso professor de francês no Instituto Nossa Senhora das Dores:

. “C’est la vie”!

. A cada eleição será um novo confronto!

. É o tipo de guerra que nunca termina, só quando vier outra geração de políticos.

. Bom dia!

Continuar lendo

Destaque 7

Desembargador nega liberdade a Tião Fonseca e caso vai parar no STJ

Publicado

em

O desembargador Pedro Ranzi, do Tribunal de Justiça do Acre, negou o pedido de revogação de prisão temporária do ex-diretor do Depasa, Tião Fonseca. O despacho do magistrado foi protocolado na tarde desta quarta-feira, 5.

Como o Habeas Corpus impetrado pela defesa de Fonseca em segredo de justiça, o ac24horas não teve acesso aos argumentos de Ranzi para a manutenção de Fonseca, que está preso desde segunda-feira, 3, quando foi alvo da Operação Toque de Caixa, da Polícia Civil, que investiga desvio de recursos enquanto ele presidiu o departamento por cerca de três meses.

O advogado Rodrigo Aiache, responsável pela defesa de Fonseca, afirmou ao ac24horas que levará o caso ao Superior Tribunal de Justiça (STJ). “Vamos para o STJ, pois, como disse anteriormente, os requisitos para a prisão preventiva não estão preenchidos”, argumentou.

Sobre o pedido para que a empresária Delba Bucar, esposa de Fonseca e dona da Bucar Engenharia, seja convertido em prisão domiciliar, já que ela se encontra em tratamento de saúde em Brasília, a defesa revelou que o juiz Cloves Augusto, da 4° Vara Criminal ainda não se pronunciou.

Continuar lendo

Coluna do Astério

O amigo da onça

Publicado

em

“A expressão “amigo da onça” se popularizou a partir da personagem “Amigo da Onça”, criada pelo cartunista Péricles Maranhão (1924 – 1961), em 1943. O Amigo da Onça era uma figura debochada e irônica, conhecida por colocar as pessoas em situações desagradáveis, com o objetivo de tirar proveito delas”. Quem será o amigo da onça que está tentando empurrar o governador Gladson Cameli para uma briga dentro do PSDB com a deputada federal Mara Rocha, filiados, pré-candidatos e lideranças tucanas em todo o estado? O objetivo é claro: impedir a candidatura de Minoru Kinpara a prefeitura de Rio Branco. Acontece que Gladson Cameli não tem a índole de perseguidor, de déspota. Se tivesse, teria mandado a pré-candidatura de Tião Bocalom para Marte na última nave da NASA que partiu da Terra semana passada. O que ganha o governador travando uma guerra com Mara e por tabela com o vice-governador major Rocha (PSL)? Talvez o amigo da onça possa explicar…pois é o que todo mundo quer saber. Principalmente quando as cabeças centradas do governo como Ribamar Trindade, Silvânia e Rosângela apontam em outra direção. O cômico de tudo isso é que essa lambança política trouxe Minoru Kinpara para o centro do debate. Era o que os tucanos queriam, que o transformassem em vítima. Se não deu certo no PROGRESSISTA, que ainda é o partido do governador, como pode dar certo com os tucanos? E agora, José?! A festa não acabou, está só começando.

“Os homens distinguem-se entre si também neste caso: alguns primeiro pensam, depois falam e, em seguida, agem; outros, ao contrário, primeiro falam, depois agem e, por fim, pensam”. (Leon Tolstói)

Nicolau e Gerlen

Com a saída praticamente definida do governador Gladson Cameli do PROGRESSISTAS, os deputados Nicolau Júnior e Gerlen Diniz não podem fazer o mesmo. Vão precisar esperar a janela no começo de 2022 para migrarem para outra sigla que Gladson esteja.

Alguém duvida?

Alguém duvida que a Márcia Bittar se eleger deputada federal em 2022? Quando ela tentou ser candidata já despontava em 3º lugar, mas foi removida para não causar prejuízos eleitorais a candidatura do marido, senador Márcio Bittar (MDB). Desta vez é para valer.

Comendo quieto

O PDT tem agido com sabedoria no diálogo com o governo do estado. Sem muito alarde o partido vai ocupando espaços estrategicamente. Trabalha para reeleger Jesus Sérgio em 2022 e eleger dois deputados estaduais. É factível.

Gladson vai falar

O governador Gladson Cameli deverá convocar a imprensa para uma coletiva e anunciar sua saída do PROGRESSISTA ainda essa semana. Quanto a se filiar ao PSDB a questão está sendo decidida na esfera correta.

Minoru sem poder

O reitor Minoru Kinpara está completamente fora de qualquer nível de poder como, por exemplo, a prefeitura de Rio Branco. Porém, subestimá-lo é um erro crasso. Ele é um forte candidato a ir para o 2º turno.

. É justo os parlamentares evangélicos reivindicarem pelas igrejas, porém, não podem bagunçar a legislação em tempos de pandemia da C-19.

. Pedir para abrir os templos com 100% de suas capacidades é levar o povo para o matadouro e não para os cultos.

. Duas passagens na história de Jesus narrada nos evangelhos são emblemáticas:

. No diálogo com a mulher samaritana, à beira do poço, na herdade de Jacó, bem como quando Ele disse sua última frase na Cruz:

. “Está consumado, Pai nas Tuas mãos entrego meu espirito”.

. Foi quando o véu do templo judeu se rasgou de cima para baixo.

. Tem outra:

. “Onde houver dois ou três reunidos em meu nome estarei no meio deles”, disse Jesus.

. São os argumentos de alguns irmãos que temem a volta aos cultos em plena pandemia da C-19.

. Em respeito a esses cristãos coloquei a opinião deles na coluna.

. As enquetes políticas mais fajutas são as divulgadas nas redes sociais, especialmente no Facebook, feitas por cargos comissionados.

. Enquanto uns ficam forjando pesquisas o adversário está de casa em casa pedindo votos, o resultado é óbvio.

. Bom dia!

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas