Conecte-se agora

Xapuri voltará a proibir cultos e academias após alerta do MP sobre responsabilização

Publicado

em

Procuradora-chefe esteve no município e fez orientações sobre adequação ao decreto estadual

A prefeitura de Xapuri vai voltar a proibir os eventos religiosos e o funcionamento de academias de ginástica durante o período de pandemia do novo coronavírus. O município havia liberado o funcionamento das igrejas desde o início do mês de junho e dos espaços de atividade física desde o começo de julho. Em ambos os casos, as autorizações foram dadas com uma série de medidas de prevenção e protocolos de higienização.

O decreto que voltará a proibir essas atividades deverá ser editado até o meio-dia desta sexta-feira, 17, segundo informou o prefeito Ubiracy Vasconcelos. A cidade é uma das 11 que estão em desacordo com o Pacto Acre sem Covid, do governo do estado, que estipula os critérios para os setores comerciais e empresariais voltarem a funcionar de acordo com a fase da regional à qual o município está inserido.

No decreto que estabeleceu o Pacto Acre sem Covid, o governo definiu em níveis representados por cores as etapas da estratégia de retomada das atividades em todas as regionais do estado: vermelho, de emergência; laranja, de alerta; amarelo, de atenção; e verde, de cuidado. A cada sete dias, o comitê faz uma nova avaliação sobre os avanços obtidos fazendo ou não reclassificações.

Pelo plano apresentado pelo governo, os eventos religiosos só poderão ser reabertos a partir da fase amarela, com apenas 30% da capacidade de público nos espaços, e na fase verde, com 60%, seguindo todos os protocolos de prevenção. As academias de ginástica, clubes esportivos e de lazer e similares poderão ser reabertos na fase verde, seguindo os protocolos sanitários, com capacidade limitada a 60% da capacidade total.

Até o momento, segundo as últimas informações do Comitê de Acompanhamento Especial da Covid-19, quase todas as regionais do estado seguem na fase vermelha, de emergência, com exceção da regional do Juruá, Tarauacá/Envira, que foi reclassificada no último dia 6 para o nível laranja, que quer dizer alerta.

Na última segunda-feira, 13, o Ministério Público deu um prazo de 72 horas para que todas as prefeituras do estado cumpram integralmente com os termos do decreto governamental. O MP chamou a atenção dos gestores municipais para a possibilidade de abertura de Ação Civil Pública no caso de desobediência.

Na noite desta quinta-feira, 16, a prefeitura de Xapuri realizou uma audiência pública virtual, com a participação dos secretários de Saúde e Educação, onde foram apresentadas informações sobre o combate à pandemia e discutidas as próximas medidas que serão tomadas, entre elas o fechamento das atividades que estavam funcionando.

Mais cedo, a procuradora-geral do Ministério Público do Acre, Kátia Rejane de Araújo Rodrigues, esteve em Xapuri, onde conversou com o prefeito Ubiracy Vasconcelos. Na reunião, ela fez orientações e advertiu que, caso a recomendação do MP não seja acatada e isso resulte em aumento dos casos, o prefeito poderá ser responsabilizado.

Na transmissão pela internet, Ubiracy Vasconcelos informou que vai se adequar ao decreto estadual, mas disse que vai buscar os meios adequados para que o seu município seja avaliado individualmente e não pelo critério que considera os dados de toda a regional do Alto Acre. Segundo ele, a situação de Xapuri está controlada e não se assemelha com a dos vizinhos.

“Vou fazer um decreto de uma semana apenas, pois não vou desistir de reabrir as igrejas e as academias e de dizer que Xapuri está bem. Respondemos hoje ao Ministério Público que vamos acatar a recomendação até que consigamos, junto ao Comitê de Acompanhamento ou à Justiça, o direito de nos desligarmos da regional nessa parte da covid-19”, afirmou o prefeito.

O MP diz que no caso de discordância da classificação estabelecida pelo decreto estadual nº 6.206/2020 – Pacto Acre Sem Covid – e detalhada pela Resolução nº 02, de 3 de julho de 2020, o município precisa apresentar relatório com critérios técnico-científicos e com dados epidemiológicos que devem ser avaliados pelo Comitê de Acompanhamento Especial da Covid-19 (COE).

Para o prefeito, com base nos dados apresentados por sua equipe de enfrentamento à pandemia, o município de Xapuri, caso pudesse ser avaliado individualmente, não estaria classificado na fase vermelha, mas na amarela, com relação à curva de contágios. Por isso, anunciou que, junto com outros prefeitos, entrará com uma representação junto ao governo para a alteração dos termos do decreto que instituiu o Pacto Acre sem Covid.

Coronavírus no Acre

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), por meio do Departamento de Vigilância em Saúde, informou, no boletim desta quinta-feira, 16, mais 193 casos positivos novo coronavírus no estado nas últimas 24 horas. Desse modo, o número de casos confirmados subiu de 16.672 para 16.865.

Foi registrada apenas uma morte nesta quinta-feira no Acre e o número de óbitos por covid-19 subiu para 447. O estado está em contaminação comunitária desde o dia 9 de abril, mantendo uma taxa de 1.890 casos para cada 100 mil habitantes e letalidade de 2,7%.

Coronavírus em Xapuri

O município não registrou nenhum novo caso de covid-19 nesta quinta-feira. Com isso, o número ficou estabilizado em 336, dos quais 5 resultaram em óbito. Ainda restam 12 exames em análise e 580 pessoas monitoradas em suas residências. As altas médicas somam 230, o que representa 68,4% de cura da doença, segundo a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa).

Anúncios

Cidades

Obras de pavimentação seguem avançando nos bairros de Cruzeiro do Sul

Publicado

em

“Esse é o nosso compromisso, promover o desenvolvimento para nossa cidade e acessibilidade para a população”, diz Ilderlei

O prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro, não esconde a felicidade de, pela primeira vez, a prefeitura iniciar o verão com dinheiro em caixa para as obras de infraestrutura que precisam ser feitas neste período de estiagem.

Ele visitou nesta sexta-feira (31), o início dos serviços de pavimentação no bairro Manoel Terças. Algumas ruas do local vão ser beneficiadas com os serviços que tiveram início no ano passado, mas não pôde ser concluído pela chegada do inverno. Neste primeiro momento, as equipes estão atuando na rua 7 de Setembro, em um trecho que compreende os bairros Manoel Terças e da Baixa.

“Ano passado deixamos tudo aqui pronto para a pavimentação, mas infelizmente chegou o inverno e atrapalhou nosso trabalho e este ano teremos tempo para deixar tudo pavimentado. Esse é o nosso compromisso, promover o desenvolvimento para nossa cidade e acessibilidade para a população”, definiu Cordeiro.

Raimunda Marques é presidente do bairro da Baixa. Ela acompanhou a visita do prefeito e aproveitou para agradecer ao gestor pela sensibilidade de olhar para quem precisa.

“Essa obra representa felicidade para estas famílias em que poderão sair para trabalhar, as crianças ir para a escola então agradecemos ao prefeito que, quando foi eleito fez a promessa de andar de mãos dadas com o povo, tem cumprido cada um dos seus compromissos conosco. Aqui, todas as demandas levadas a ele, ele atende. Então nós só podemos mesmo agradecer”, frisou.

O prefeito lembrou que serviços de infraestrutura estão sendo levadas a vários outros bairros. O objetivo é transformar Cruzeiro do Sul em um verdadeiro canteiro de obras.

“As obras estão a todo vapor e avançando. Esse ano eu quero concluir o Miritizal e outras rua que necessitam de intervenções. O objetivo é conseguirmos concluir o maior volume de ruas possível para atender as demandas da nossa cidade”, finalizou o prefeito Ilderlei.

Continuar lendo

Cidades

Unicef reafirma parceria com Cruzeiro do Sul no segundo semestre de 2020

Publicado

em

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) encaminhou carta ao prefeito Ilderlei Cordeiro parabenizando o empenho da gestão neste período de pandemia da Covid-19 e reafirmando a continuidade da parceria com o município no segundo semestre de 2020.

A Unicef ressalta a atenção dada pela gestão às necessidades específicas de crianças, adolescentes e suas famílias. Se compromete ainda a oferecer o suporte técnico para garantia da continuidade dos serviços essenciais para crianças e adolescentes mesmo em cenário de distanciamento social, com o trabalho em conjunto na implementação de ações como continuidade das vacinações; nas estratégias múltiplas e por diferentes meios para levar a educação para cada criança e adolescente.

A instituição enfatiza ainda a importância de criação de um plano de segurança para, quando for possível, reabrir as escolas sem oferecer risco de transmissão do vírus; e aborda ações sobre o fortalecimento do sistema de saneamento municipal, de forma consolidar as medidas de higienização e prevenção de transmissão do coronavírus.

Cita também o apoio às equipes municipais dos Conselhos Tutelares e da Assistência Social para prevenção e encaminhamento dos casos de violência contra crianças e adolescentes e atenção especial às populações mais vulneráveis.

Continuar lendo

Cidades

Tradicional Festival do Açaí de Feijó será realizado pela internet em 2020

Publicado

em

Feijó já tem tudo pronto para o tradicionalíssimo Festival do Açaí, que neste ano será realizado pela internet por causa da pandemia do novo coronavírus.

Nos dia 8 e 9 de agosto, sábado e domingo, respectivamente, o 21º Festival do Açaí realizará live solidária para ajudar famílias pobres de Feijó.

Muita música gospel e popular marcam o evento que contará com a participação de ao menos cinco grupos artísticos.

“Aqueles que desejarem doar recursos financeiros, poderão realizar transferências para as contas mencionadas: Banco do Brasil, Agência 4519-5, conta corrente 7369-5 ou Banco da Amazônica (Basa), Agência 025-6, conta corrente 070.294-0”, informa a Prefeitura de Feijó, organizadora do festival virtual.

A live será transmitida pelo youtube e no site oficial da prefeitura www.feijo.ac.gov.br.

Continuar lendo

Cidades

Polícia acaba com festa de facção criminosa em Tarauacá e 15 pessoas são detidas

Publicado

em

A Polícia Militar de Tarauacá acabou com uma festa que acontecia no bairro Copacabana na madrugada deste sábado, dia 1° de agosto, na cidade de Tarauacá, onde suspeitos de integrarem uma facção criminosa estariam consumindo bebida alcoólica em meio a armas de fogo e com a presença de adolescentes. Cerca de 15 pessoas foram levadas para a Delegacia da cidade.

Entre os presos, estão Antônio Messias do Nascimento, de 18 anos, Albanir Cunha Ferreira, de 18 anos, Josimar Rodrigues da Silva, 23 anos, e 12 menores de idade. Os adultos, segundo a polícia, que estariam armados fugiram. Já os que foram pegos vão responder por corrupção de menores, associação criminosa e perturbação do sossego.

De acordo com informações recebidas pelos policiais militares, a denúncia é de que a festa seria de membros do Comando Vermelho.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas