Conecte-se agora

Socorro Neri pretende recuperar mais de 200 km de ramais

Publicado

em

Em solenidade realizada nesta sexta-feira, 17, no Ramal Piçarreira, região do Polo Benfica (Segundo Distrito de Rio Branco), a prefeita Socorro Neri assinou a ordem de serviço para recuperação de ramais no município.

A prefeitura vai beneficiar 200 quilômetros de ramais na faixa do cinturão verde da capital, que concentra grande produção agrícola. O trabalho será dividido em quatro lotes, sendo dois no Primeiro Distrito e dois no Segundo Distrito.

Entre os ramais beneficiados no lote 04, cuja a autorização dos serviços se deu nesta sexta-feira, constam os ramais: Canil, Garapeira e Piçarreira, beneficiando diretamente mais de 16 mil famílias só no complexo Benfica.

Neri explicou que, com esforço e planejamento, a prefeitura está trabalhando para atender, mesmo no momento de pandemia, as comunidades que precisam ter trafegabilidade, condições de escoar a produção, se dirigir à cidade ou a uma unidade de saúde.

“É um momento realmente muito delicado e esse cuidado também tem que ser mantido. Fico feliz de poder estar conseguindo fazer isso na medida em que as condições, de fato, não são as mesmas de antes da pandemia, que também já não estavam boas. Poder estar trazendo benefícios da melhoria de ramais para o Benfica e para outras comunidades que produzem e precisam ter condições de trafegabilidade para comercializar sua produção, nos deixa muito feliz. Há também uma parceria que está sendo realizada com o governo do Estado para a Transacreana, onde vamos fazer um bom melhoramento dos ramais em outro importante polo de produção agrícola da cidade”, enfatizou Socorro Neri.

Participaram da solenidade de assinatura da ordem de serviço os vereadores Antônio Moraes (presidente da Câmara Municipal) e Raimundo Neném. Presidentes de associação de produtores rurais e de associação de moradores, também prestigiaram do evento.

“Hoje é um dia feliz para nós e para a população do Benfica que está com o ramal asfaltado e sinalizado. Agora o poder público está chegando com a recuperação de ramais no entorno do polo, consequência de um planejamento da equipe da prefeita Socorro Neri e com o apoio da Câmara que tem feito todo um esforço para contribuir com a gestão em defesa da população”, disse Antônio Morais.

O vereador Raimundo Neném, entusiasta do desenvolvimento agrícola ponderou: “a gente fica com o coração alegre, o Benfica está bem contemplado, especialmente pelos ramais e a Prefeitura continua trazendo outros benefícios”.

“O sentimento é de gratidão. A melhoria de acesso ajuda em tudo, produção, saúde e educação. Estamos com as aulas suspensas pela pandemia, mas antes o ônibus escolar não conseguia trafegar e agora já sabemos isso não vai mais acontecer”, sublinhou o líder comunitário Erinaldo Moraes.

A dona de casa Elaine Soares de Oliveira, escreveu uma carta para não esquecer um detalhe dos benefícios promovidos pela Prefeitura a população da região. Elaine agradeceu pela reforma da escola municipal, da unidade de saúde, pelo asfaltamento com sinalização e pelo apoio à agricultura e pela sensibilidade da prefeita Socorro Neri de manter um canal de diálogo permanente com a comunidade.

Marcos Venicios, subsecretário da Seinfra, ressaltou que o serviço do lote 04 está sendo realizado pela empresa EMOT e inclui aterro, drenagem, regularização de subleito e piçarramento em pontos críticos num total de 50 quilômetros de extensão.

Anúncios

Destaque 7

“Ano letivo de 2020 não está perdido”, diz Mauro Sérgio

Publicado

em

A secretaria de Estado da Educação garante que apesar do adiamento da reabertura das escolas públicas no Acre, o ano letivo de 2020 está preservado. “O ano letivo de 2020 não está perdido”, afirmou gestor da pasta, o secretário de Educação do Acre, Mauro Sergio, apontando o arcabouço legal do ensino à distância e as ações do governo como garantidores do ano letivo.

As redes pública e privada suspenderam as aulas presenciais no dia 17 de março, na semana em que o Acre confirmou os primeiros casos de Covid-19. A SEE elaborou um projeto de EAD e leva a cabo aulas pela internet, rádio e TV.

Um fórum realizado nessa segunda-feira, 3, definiu que aulas presenciais só serão retomadas no ano que vem, já que em setembro ou novembro não será possível reaver as atividades presenciais no Estado por conta da pandemia do coronavírus.

Continuar lendo

Destaque 7

Queimadas sobem no começo de agosto e Acre se torna o 6º estado com mais focos no período

Publicado

em

Tarauacá foi um dos 10 municípios do Brasil com mais registros de queimadas nas últimas 48 horas, segundo o Inpe

O Acre foi o sexto estado do Brasil em número de focos de queimadas nos três primeiros dias do mês de agosto deste ano – 183 no total. Considerando apenas as últimas 48 horas, o Satélite de Referência – AQUA Tarde identificou 142 registros no estado, o quinto maior volume, atrás de Amazonas, Pará, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Se considerado o período anual, de 1º de janeiro a 3 de agosto, o estado acreano é o 17º entre todas as unidades da Federação em número de queimadas, com 649 focos registrados. Os municípios de Tarauacá, Feijó e Cruzeiro do Sul foram os que apresentaram o maior número de focos acumulados no período.

O município de Tarauacá, com 47 focos detectados pelo satélite de referência, apareceu entre os 10 municípios do Brasil com mais ocorrências de queimadas nas últimas 48 horas, de acordo com os dados divulgados na noite desta segunda-feira, 3, pelo Programa Queimadas, do Instituto de Pesquisas Espaciais – Inpe.

Apesar da elevação dos números anotados pelo Acre nos três primeiros dias de agosto, a quantidade de queimadas detectadas desde o começo do ano até 3 de agosto é menor do que a registrada no mesmo período do ano passado, quando o estado acumulou 789 focos, 17% a mais do que agora.

Risco de Fogo

Agosto é, naturalmente, um mês crítico em razão da estiagem e dos baixos níveis de umidade relativa do ar. No ano passado, o governador Gladson Cameli decretou estado de emergência no Acre no dia 23 de agosto por conta das queimadas e dos fatores climáticos que agravavam a situação.

O relatório do Monitoramento de Queimadas e Qualidade do Ar, da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), divulgado nesta segunda-feira, 3, mostrou dados do acumulado de chuva do início do mês de agosto (01/08/2020 – 00h00m) até (03/08/2020 – 10h00min), mas não houve registro de precipitação acumulada.

O mesmo relatório previu risco de fogo Alto e Crítico com maior abrangência nas regionais do Alto Acre, Baixo Acre, Purus e Tarauacá/Envira, assim como em pontos isolados do oeste acreano. O princípio do Risco de Fogo, segundo o Inpe, é de que quanto mais dias seguidos sem chuva, maior o risco de queima da vegetação.

Continuar lendo

Destaque 7

Acre tem redução de 4,7% na ocupação de leitos para Covid-19

Publicado

em

Num período de sete dias, o Acre conseguiu reduzir em 4,7% o total de ocupação em leitos gerais destinados a pacientes infectados pelo novo coronavírus. Até essa quinta-feira, 30, havia 246 desses leitos ocupados, acarretando numa diferença percentual com baixa em relação à média de uma semana atrás. Quanto aos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), 43 pessoas estão internadas em todo o Estado.

Foi ontem também que o Acre teve o maior número de mortes decorrentes da Covid-19 em mais de 20 dias. Conforme boletim epidemiológico da secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), foram 11 mortes ocorridas de um dia para o outro, fazendo com que o total de óbitos suba de 510 para 521, em todo o estado.

Além disso, 207 novos casos de contaminação por coronavírus foram confirmados, elevando o número de infectados no Acre de 19.366 para 19.573. Entre as novas vítimas fatais registradas, 8 pessoas do sexo masculino e 3 do sexo feminino, com idades entre 49 e 94 anos, sendo 8 de Rio Branco, 1 de Cruzeiro do Sul, 1 de Xapuri e 1 de Senador Guiomard.

Continuar lendo

Destaque 7

69% dos moradores de Rio Branco vão presentear no Dia do Pais

Publicado

em

Vai ter presente, sim. Pelo menos é o que indica uma pesquisa do Sistema Fecomércio-Sesc-Senac/AC, por meio do Instituto Fecomércio de Pesquisas empresariais do Acre (Ifepac).

De 15 a 24 de julho foram ouvidas 109 pessoas economicamente ativas e o resultado apontou que aproximadamente 69% dos rio-branquenses devem presentear neste Dia dos Pais, celebrado no domingo, 9.

Dos que acenam positivamente para as celebrações, 84% estariam dispostos a gastos de consumo de até R$ 200; 44%, até R$100; e 40%, entre R$ 100 e R$ 200. O estudo diz, ainda, que 60% da população deve aproveitar a data para festejar junto ao pai e pessoas que habitam no mesmo endereço, enquanto outros 40%¨dizem que vão conversar e felicitar os pais via redes sociais ou telefone. No geral, o problema sanitário causado pela pandemia do Covid-19 representaria grande obstáculo para manifestações festivas e afetivas, segundo informações das pessoas abordadas.

Da população propensa a gastos para a compra de presentes para o Dia dos Pais, 59% pensa na realização de pagamento na modalidade de “à vista”, seja se utilizando de cartão ou dinheiro em espécie. Outros 41% manifestam interesse na modalidade parcelada. Além disso, 51% da população têm a expectativa de gastos maior ou igual (28%) ao realizado no ano passado. Afora 13%, que admitem não saber; e 36%, que asseguram gastos em menor valor.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas