Conecte-se agora

Isolamento social impulsiona e queimadas urbanas crescem 90% no primeiro semestre de 2020

Publicado

em

FOTO: SÉRGIO VALE - AC24HORAS.COM

Em virtude do isolamento social, provocado pela pandemia da Covid-19, muita gente tem ocupado o tempo livre forçado de diversas formas. Infelizmente, uma delas, traz ainda mais problema em momento tão delicado para todos.

De acordo com a prefeitura de Rio Branco, as queimadas urbanas cresceram 90% no primeiro semestre de 2020 em comparação ao ano passado.

Apesar de ser uma tradição acreana, a prática de queimar entulhos no fundo do quintal é extremamente nociva à saúde da população, principalmente crianças, idosos e portadores de doenças respiratórias.

“Recebemos muitas denúncias via Ciosp, além de denúncias diretas. Muitas pessoas ligam porque acreditam que a gente vai lá apagar o fogo, mas na verdade o que podemos fazer é apenas aplicar as medidas administrativas. Se for uma queimada de pequenas proporções num quintal, por exemplo, a gente entra e pede que o proprietário apague, faz todas as orientações e aplica um termo de advertência”, explica a chefe de fiscalização da Semeia, Greyce Ditomaso.

Após receber a advertência e as orientações, o proprietário pode ser multado caso haja reincidência. As multas variam de R$ 400 a R$ 4 mil, dependendo do tamanho da área ou tipo de infração.

No lugar do fogo, é possível reutilizar os restos de poda, por exemplo, como adubo. Se for uma quantidade pequena pode ser descartada junto com o lixo doméstico. Em caso de grandes quantidades, como entulhos o recomendável é solicitar a retirada junto a Secretaria Municipal de Zeladoria da Cidade (SMZC)”, disse.

Duas equipes de fiscalização da Semeia se revezam para atender a população durante a semana e aos fins de semana também. As denúncias podem ser realizadas pelo 190 ou 193, além do contato da Semeia por meio dos números 3228-5765 ou 99227-1126.

Anúncios

Destaque 6

Xapuri tem aumento de óbitos e internações por Covid-19

Publicado

em

Com duas mortes registradas nas últimas 24 horas, em decorrência de complicações causadas pelo novo coronavírus, o município de Xapuri chegou a um acumulado de 10 óbitos de um total de 657 casos registrados desde o início da pandemia na cidade, que começou a partir do dia 27 de abril.

A média móvel de novos casos no município nos últimos 7 dias é de 14 confirmações diárias. Nesta quinta-feira, 13, o boletim da Secretaria Municipal de Saúde acrescentou mais 30 novos casos à estatística municipal. Foram exatos 100 novos casos diagnosticados apenas nos últimos quatro dias.

O aumento no número diário de casos em Xapuri se acentuou a partir do início de agosto afetando de maneira direta o contingente das redes estadual e municipal de saúde. São muitos os afastamentos por contaminação de enfermeiros, técnicos, médicos e outros profissionais da área.

Por conta da situação desconfortável imposta pelos números, na última quarta-feira, 12, a prefeitura se reuniu com representantes de instituições locais, Poder Judiciário, Ministério Público e órgãos da Segurança Pública para debater e traçar um novo plano conjunto de enfrentamento à pandemia no município.

O encaminhamento do encontro foi de que o plano fosse construído até esta sexta-feira, 14, para ser posto em prática já a partir de segunda-feira, 17. A prefeitura manifestou preocupação com o aumento de casos entre as pessoas situadas nos chamados grupos de risco, especialmente os idosos.

Ficou claro na reunião que um dos principais focos da nova estratégia de ação é o comportamento da população que há muito tempo abandonou o isolamento social e as medidas mais importantes de prevenção contra o vírus. A rotina da cidade tem sido marcada por festas clandestinas e aglomerações.

De acordo com o último Boletim da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), Xapuri é o quinto município do Acre em incidência de covid-19, com 3.167,2 casos por 100 mil habitantes, atrás apenas de Assis Brasil (5.662,7), Brasiléia (3485,8) , Bujari (3.399,6) e Cruzeiro do Sul (3305,2).

Continuar lendo

Destaque 6

Governo diz que vai adotar vacina que ficar pronta primeiro

Publicado

em

O Ministério da Saúde confirmou que tem interesse em adquirir a primeira vacina contra a Covid-19 que ficar disponível para atender à população, desde que tenha a eficácia comprovada.

Mas de acordo com o Hélio Angotti Neto, secretário de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, existem pontos importantes para se observar em relação a uma vacina para combater essa doença.

“Primeiro, o elemento da eficácia, se ela é capaz de gerar resposta imune ou não. Um segundo elemento muito importante é se quem produz a vacina tem capacidade produtiva de ofertar um número adequado de imunizantes que corresponda à expectativa do Brasil. O que é importante, é preciso deixar bem claro, é salvar o maior número de vidas o quanto antes”, explicou Angotti.

Por enquanto, a negociação mais avançada é em relação à vacina de Oxford, mas que ainda não está liberada para testes na população, apesar de ser uma das mais avançadas em termos de estudo. Por isso, atualmente há uma parceria para encomenda tecnológica dessa vacina, em conjunto com Biomanguinhos, para que o Brasil a produza.

De acordo com essa encomenda tecnológica, o primeiro lote dessa vacina deve estar disponível a partir de dezembro deste ano, com mais de 15 milhões de doses, e outro lote a partir de janeiro de 2021, com outros 15 milhões de doses. Além disso, o Ministério da Saúde está na tratativa de um contrato para receber mais 70 milhões de doses da vacina.

Assim que a vacina estiver disponível, será enviada aos estados, que por sua vez enviarão aos municípios. O valor estimado para a vacina é custo de produção por dose, que está em torno de US$ 2,50 (dois dólares e meio). Mas para a população brasileira será ofertada gratuitamente pelo SUS.

O Brasil possui o maior programa público de vacinação do mundo. Por meio do Programa Nacional de Imunizações (PNI), anualmente, o Ministério da Saúde distribui mais de 300 milhões de doses de imunobiológicos nos mais de 42 mil postos públicos de vacinação de rotina em todo o país.

A pasta considera a vacinação uma medida de extrema importância para evitar casos, sequelas e óbitos por doenças transmissíveis, proporcionando qualidade de vida para toda a população. Por isso, o Ministério da Saúde afirma que a segurança das vacinas ofertadas pelo país seguem referências mundiais da Organização Mundial de Saúde (OMS) e Organização Pan Americana de Saúde (OPAS).

Apesar da boa notícia, o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Arnaldo de Medeiros, afirma que ainda é cedo para especular qual grupo da população vai ser vacinado contra o coronavírus.

“Nos pareceu extremamente razoável pensar em uma cobertura vacinal semelhante a que nós utilizamos para a Influenza. O que daria, mais ou menos, de 90 a 100 milhões de doses. Mas quando nós falamos isso, que é uma cobertura vacinal semelhante à da Influenza, quer dizer apenas ao quantitativo de doses e não especificamente que serão os mesmos grupos prioritários da Influenza que nós usaremos como grupos prioritários para a Covid”, destacou Medeiros.

Além disso, o Ministério da Saúde divulgou os números relativos à pandemia da Covid-19 no Brasil. De acordo com a nova atualização, o país registrou 3.164.785 casos de pessoas com a doença. O número de pessoas recuperadas foi de 2.309.477, o que representa 73% deste total. Enquanto isso, o número de mortes chegou a 104.201. Esses são dados baseados nas informações enviadas por estados e municípios.

Fonte: Brasil 61

Continuar lendo

Destaque 6

Juiz decreta prisão preventiva de Ícaro Pinto e Alan Lima

Publicado

em

O juiz Alesson Braz, da 2ª Vara do Tribunal do Júri, atendendo um pedido do delegado Alex Danny, da Polícia Civil, e com.a concordância do Ministério Público do Acre (MPAC), acabou de Decretar a prisão preventiva de Ícaro Teixeira Pinto, condutor da BMW, que tirou a vida de Jonhliane Paiva de Souza, no último dia 6 de agosto.

O magistrado também decretou a prisão preventiva do motorista do fusca, Alan Lima, que aparece nas imagens em alta velocidade na frente da BMW.

Mais cedo, vídeos divulgados por uma acreana, supostamente gravados nesta quinta-feira, 13, insinuam que o acusado de dirigir a BMW estaria na praia, em Fortaleza (CE).

Nas imagens, a mulher comenta: “aí galera, nosso atropelador de gente”. A pessoa que faz as filmagens ainda chega a brincar pedindo dinheiro pela divulgação do vídeo.

“O assassino da Jonhliane em Fortaleza, no Ceará, curtindo uma praia, tomando uma água de coco enquanto a família da menina está em luto”, diz, completando: “é muito descarado”.

Nas imagens, aparece um rapaz, aparentando ser o fisioterapeuta Ícaro José da Silva Pinto, uma mulher de cabelos louros, também aparentando ser a companheira que estava com ele no momento do acidente e um senhor, apontado como seu pai, o advogado aposentado e ex-juiz eleitoral do Acre, José Teixeira Pinto.

Continuar lendo

Destaque 6

Em encontro com Bittar, Gladson pede investimentos no Acre

Publicado

em

Preocupado com o cenário pós-pandemia, o governador Gladson Cameli (Progressistas) se reuniu na tarde desta quinta-feira, 13, no Palácio Rio Branco com o senador Márcio Bittar (MDB) para pedir mais recursos ao Acre para 2021, já que Bittar, foi escolhido como relator-geral do Orçamento Geral da União.

Gladson afirmou que a escolha de Bittar como relator é um ganho para todos, inclusive, o Acre, já que o Governo do Acre poderá alinhar as suas pautas e planejamento junto ao Governo Federal.

“Com o Márcio Bittar sendo relator do orçamento todo mundo ganha! Pois além de ser acreano, senador da República com compromisso e representando o Estado em Brasília, ele tem grande aproximação com o presidente. Assim vamos poder alinhar nossas pautas e planejamento com o governo federal. Deixo aqui o meu agradecimento ao senador pela parceria em prol do povo acreano”, afirmou.

View this post on Instagram

Olá, amigos! Estive reunido com o senador Márcio Bittar, nesta quinta-feira, 13, para tratar sobre o orçamento de 2021. O senador é relator do Orçamento-Geral da União para o ano que vem e vai apoiar o nosso estado com a destinação de emendas parlamentares que vão ajudar a amenizar a crise causada pelo coronavírus. Com o Márcio Bittar sendo relator do orçamento todo mundo ganha, pois além de ser acreano, senador da República com compromisso e representando o Estado em Brasília, ele tem grande aproximação com o presidente. Assim vamos poder alinhar nossas pautas e planejamento com o governo federal. Deixo aqui o meu agradecimento ao senador pela parceria em prol do povo acreano. #acre #brasilia #orcamento #financas #economia #uniao #parceria

A post shared by Gladson Cameli (@gladsoncameli) on

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas