Conecte-se agora

Cruzeiro do Sul e ONG Vagalume fazem doação de R$ 500 mil em roupas e máscara para famílias

Publicado

em

As peças são fruto de uma doação da marca Malwee e cerca de 500 famílias estão sendo beneficiadas

A Prefeitura de Cruzeiro do Sul, em parceria com a Organização Não Governamental (ONG) Vagalume, realizou nesta quinta-feira (16), a distribuição de aproximadamente 500 mil reais em roupas e máscaras faciais para famílias carentes do município.

As peças são fruto de uma doação da marca Malwee para a ONG. Foram 300 caixas levadas ao bairro Miritizal e vilas Assis Brasil e Santa Rosa, os beneficiados são as pessoas que estão no Cadastro Único (CadÚnico). A Coordenadora do Centro de Referência de Assistência Social (Cras), Ana Luiza disse que pelo menos 500 famílias devem ser atendidas com a parceria.

“Temos um número muito grande de famílias atendidas, e essas parceria são sempre muito bem vindas para que a gente consiga ampliar o nosso atendimento”, explicou a coordenadora.

Maria Izanete recebeu peças para os seus três filhos que têm 11, 12 anos e o caçula de apenas 9 meses. “Eu sou muito grata, meus filhos com certeza vão ficar muito felizes. É muito importante receber este tipo de auxílio, às vezes estamos pra baixo e aparece pessoas boas assim para nos ajudar”, declarou.

A coordenadora do Cras lembrou que a Prefeitura de Cruzeiro do Sul tem se esforçado para dar assistência às famílias que mais precisam e, neste momento de pandemia do coronavírus, os esforços aumentaram ainda mais.

“Somente o Cras já entregou mais de 2 mil cestas básicas desde que começou a pandemia, fora outros órgãos e outros tipos de atendimentos. A prefeitura tem sido excepcional neste momento e agora esta parceria com a ONG Vagalume veio fortalecer as ações”, completou Ana Luiza.

A ONG Vagalume tem sede em São Paulo e tem como objetivo empoderar crianças de comunidades rurais da Amazônia a partir da promoção da leitura e da gestão de bibliotecas comunitárias como espaço para compartilhar saberes. Porém, como a realidade atual demanda outras frentes de cuidados, a Vagalume tem tentado auxiliar estas crianças de outra forma. A distribuição das roupas é um exemplo disso, conforme explicou Evilásio Silva, representante da ONG Vagalume em Cruzeiro do Sul.

“O foco é cultura e educação, mas a sociedade está passando por um momento delicado então buscamos parcerias atender de forma emergencial a comunidade não apenas com roupas, mas com outras parcerias que estão sendo feitas”, endossou Evilásio.

Anúncios

Na rede

Vence o prazo e Gol não retoma voos para Cruzeiro do Sul mesmo com decisão judicial

Publicado

em

No último dia 27 de julho, o juiz Erik da Fonseca Farhat, determinou a retomada dos voos da Gol Linhas Aéreas para Cruzeiro do Sul a partir de hoje, 5 de agosto, sujeita a multa de R$ 300 mil em caso de descumprimento. Mas, o site da empresa, neste dia 5, data marcada pela justiça acreana, segue sem disponibilidade de voos para a segunda maior cidade do Acre. A possibilidade de marcação de voo é só para novembro.

A supervisora da Gol no Acre e Rondônia, identificada como Rosângela, avisou ao presidente do Conselho Municipal de Turismo de Cruzeiro do Sul, Cristiano Falcão, que mesmo ciente da decisão judicial e do valor da muita diária, a empresa não retomaria os voos para Cruzeiro do Sul em agosto. Ele diz que os empresários do setor esperam o pior: “É consenso aqui entre os donos de agência que a Gol quer ir nos acostumando e em meados de outubro anunciar a retirada dos voos de forma definitiva”, conta Falcão.

A empresa interrompeu os voos para a segunda maior cidade do Acre no final de março. Atualmente, para sair de Cruzeiro do Sul, mesmo as pessoas doentes, a única opção é pela BR-364 em carro próprio, ônibus ou lotação até Rio Branco e da capital pegar voos para o restante do Brasil.

O promotor de justiça, Iverson Bueno, que fez o pedido de retorno da Gol na justiça acreana e o juiz Erick Farhat, devem se pronunciar sobre o caso. A assessoria de comunicação da Gol Linhas Aéreas disse que a Gol não comenta decisões judiciais.

Continuar lendo

Na rede

Cruzeiro do Sul continua sem testes rápidos de Covid-19

Publicado

em

Desde o início de junho, Cruzeiro do Sul está sem teste rápido para exame de Covid-19, sem medicamentos do kit de combate à doença e agora também sem remédios para o tratamento de hipertensão e diabetes.

Com relação aos exames, a secretária de Saúde de Cruzeiro do Sul, Juliana Pereira, diz que o processo licitatório para a contratação de laboratório que fará sorologia do coronavírus está em fase final. “Em breve vamos publicar o processo licitatório”, explica.

Quanto aos medicamentos do kit Covid-19, ela diz que os municípios acreanos estão tentando uma compra conjunta de grande quantidade dos itens. Já sobre os remédios da Central de Medicamentos para atender pacientes hipertensos e diabéticos, a secretária relata que a compra foi suspensa após a Operação Off-Label, da Polícia Federal, que investiga a empresa que fornecia medicamentos para a prefeitura de Cruzeiro do Sul.

“Para colaborar com a investigação, suspendemos junto à empresa investigada e estamos fazendo licitação para voltar a fornecer os remédios, como vínhamos fazendo há 3 anos para hipertensos e diabéticos”, conclui a secretária.

A Operação da PF, desencadeada no dia 3 de junho deste ano, investiga o desvio de recursos. Cruzeiro do Sul está com 2.785 casos de Covid-19. 55 pacientes estão internados no Hospital se Campanha, sendo 7 na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Continuar lendo

Na rede

Em um mês, PF apreendeu 132 quilos de drogas no Juruá

Publicado

em

Durante todo o mês de julho a Polícia Federal, em parceira com outras forças de segurança, apreendeu 117 quilos de maconha e 15 quilos de cocaína, além de duas armas de fogo em rios e ramais de municípios do Vale do Juruá. O balanço foi divulgado nesta terça-feira, 4.

Durante o mês, Polícia Federal, 6º Batalhão, COE, a ROTAM e o GEFRON atuaram no rio Juruá e nos ramais usando veículos e uma lancha do Grupo Especial de Polícia Marítima/GEPOM da Polícia Federal, que foi posicionada na foz do rio Paraná dos Mouras.

A equipe fluvial abordou mais de mil embarcações nas quatro semanas em que permaneceu no rio, enquanto equipes mistas de policiais militares, civis e federais realizaram patrulhas rurais diariamente na extensa malha de ramais que corta os municípios de Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima e Rodrigues Alves.

A primeira apreensão foi realizada em Mâncio: 15 quilos de cocaína e 10 de maconha e 3 presos. A segunda foi de 78 quilos de maconha na boca do rio Juruá-Mirim, próximo de Porto Walter. Os traficantes haviam ocultado a droga em um esconderijo às margens do rio Juruá esperando o fim da operação para transportá-la para cidade.

Continuar lendo

Na rede

MDB e PSDB formam chapa para eleição da prefeitura em Mâncio Lima

Publicado

em

A dobradinha MDB, de Vagner Sales e PSDB, possível novo partido do governador Gladson Cameli, que tem chapa na disputa da prefeitura de Cruzeiro do Sul, também foi formada em Mâncio Lima. A professora e ex-vereadora Isete Pinheiro, que iria disputar a prefeitura de Mâncio Lima pelo PSDB, retirou o nome para ser vice do pré-candidato Chicão do MDB.

Ela aposta na força das lideranças dos dois partidos como garantia de real possibilidade de vitória nas eleições de 15 de novembro. “Nomes como do vice-governador Major Rocha, deputadas Federal Jéssica Sales e Mara Rocha, Flaviano Melo, o Márcio Bittar têm peso e buscamos compor com o PSD do Petecão, formando uma chapa muito forte. Vamos fazer um plano de governo bem arrojado, pois teremos a maior bancada federal do Acre, para conseguir as emendas”, disse.

Em Cruzeiro do Sul, o MDB vai de Fagner Sales, filho do Leão do Juruá, Vagner Sales e o PSDB apresentou o presidente da Associação Comercial do Alto Juruá, Luís Cunha. O acordo foi firmado pelo vice-governador Major Rocha, quando ainda era tucano.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas