Conecte-se agora

Empresa de Manaus, que vai gerenciar consignados no Acre, é mal avaliada por bancos

Publicado

em

Durante audiência pública da Comissão de Serviço Público da Assembleia Legislativa na manhã desta terça-feira, 14, o presidente da Zetrasoft, Flavio Naufel, empresa que desde de 2005 gerenciar as margens de empréstimos consignados do governo do Acre e recentemente teve o seu contrato rescindido com o Estado, afirmou que em nenhum momento a atual gestão procurou operadora para tratar de qualquer problema de gestão de dados e destacou a forma “estranha” como o governo está rescindindo o contrato unilateralmente sem diálogo.

De acordo Naufel, a Zetrasoft é pioneira na gestão de margem consignada há 20 anos com quase colaboradores e uma carteira de mais de 400 clientes, entre eles as forças armadas, exército brasileiro, Marinha, Aeronáutica, STF e poderes executivo, judiciário e legislativo de vários Estado. Ele ressaltou que além do governo do Acre, a empresa trabalha no Estado com a prefeitura de Rio branco, Tribunal de Contas, Tribunal de Justiça e Prefeitura de Rio Branco.

“O convênio do governo do Acre com a nossa empresa é muito importante. Nós da Zetra , em nome dos proprietários da empresa que acompanham a esse convênio , para essa parceria de sucesso que já estamos há 15 anos, tivemos uma surpresa de rescisão. Nunca fomos procurados pelo governo do Acre para pudesse demonstrar qualquer insatisfação com os serviços prestados. Eu gostaria encarecidamente que a comissão levasse em conta essas informações. Se nós tivéssemos tido a oportunidade de fazermos essas discussões prévias, com certeza não teremos chegado a esse ponto”, argumentou o presidente da Operadora.

O diretor-jurídico da Zetra, advogado Moisés Monte, disponibilizou durante a transmissão da audiência pública uma série de documentos comparando a qualidade da empresa mineira com a empresa Fenixsoft, de Manaus, que é a nova contratada do governo para gerenciar as margens de consignados.

Monte demonstrou, por meio de relatório da Federação dos Bancos (Febraban), que sua empresa é superior tecnicamente a empresa de Manaus. De acordo com dados disponibilizados, a Zeta trabalha com mais de 1,5 milhão de servidores em todo o Brasil, o que corresponde a 29% do mercado, enquanto a empresa de Manaus gerencia apenas 190 mil (3,6%) do total. Outro ponto apresentado é com relação a avaliação. A Zetra tem 95% de aprovação enquanto a Fenixsoft tem 51%. “Nós estamos comparando uma Ferrari com fusca; Nós estamos muito a frente de tecnologia e governança em serviços. Investimos muito do nosso patrimônio em tecnologia. Nós somos especializados nisso”, frisa o diretor.

Monte aproveitou a oportunidade para desmentir o secretário de Planejamento, coronel Ricardo Brandão, que afirmou na semana passada, durante audiência pública, que o sistema da Fenixsoft é idêntico ao da Zetra. Ele destacou ainda que atualmente a Zetra faturava cerca de R$ 150 mil mensais dos serviços prestados ao governo, mas que em 2005 era apenas de R$ 109.

Questionado por deputados como a empresa de Manaus conseguiria doar ao governo do Acre R$ 100 mil ao Fundo Estadual de Desenvolvimento do Servidor e esse seria o fator preponderante para rescisão do contrato, o diretor diz que a proposta é inviável e ressaltou que um cartão de crédito que adianta salários em até 65% dos servidores deverá se lançado para que essa conta seja paga. “Na verdade, quem será onerado ai serão os servidores”.

O diretor ainda lembrou das declarações do Secretário de Planejamento de que os servidores estaria batendo na porta da secretaria cobrando uma intermediação do serviço de consignados e ressaltou que a legislação proibe que a Zetra faça esse tipo de intermediação direta com o servidor já que detêm informações privilegiadas. “Nós apenas tiramos duvidas com o servidor quanto ao uso do sistema, mas jamais por intermediação de negócios que é o que está sendo feito pela empresa de Manaus. Nós temos informações privilegiadas e não podemos trazer esse tipo de informações de acordo com o Banco Central”, ressaltou.

Sobre o bloqueio do sistema, onde milhares de servidores estão prejudicados, não podendo fazer operações de crédito, Monte frisou que isso é uma discussão que faz parte do mandado de segurança que está tramitando na justiça do Acre. “O bloqueio do sistema é para não ficar vulnerável a retirada de dados . É um procedimento, é uma questão de segurança da informação. Esses relatórios são enviados. Estamos no aguardo do julgamento do MS pensando que o governo possa mudar de ideia de sua decisão unilateral”, explicou. Ele enfatizou ainda que mesmo havendo uma decisão unilateral, de acordo com o contrato, a Zetra tem obrigação de manter os serviços até janeiro de 2021, até o fim do exercício financeiro deste ano.

Cartão Avancard

Maio Monte explicou aos deputados que para a empresa Fenixsoft consiga doar os R$ 100 mil aos governo mensalmente precisará criar o Avancard, que é um cartão de crédito que adianta o salário dos servidores em até 65%.

“O Cartão avancard que e um cartão de crédito que faz o uso da margem consignável do servidor. É um cartão de adiantamento salarial, é um cartão que existe no Amazonas e o servidor ficar completamente endividado. O Avancard vai quebrar as empresas de empréstimo consignado”, disse o diretor, enfatizando que se for para criar o cartão para doar R$ 100 mil, a Zetra também faria, porém ressaltou que os valores são exorbitantes. “Nós não temos esse padrão de mercado. é um cartão que compete com as empresas de consignados. O servidor poderia se endividar em até 65 % da sua renda”, pontuou.

O deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) lembrou que o secretário de planejamento afirmou que estaria pactuado com a Zetra o repasse dos dados para a nova empresa em até 48 horas, mas o diretor jurídico negou. “A gente foi informado por e mail da rescisão do contrato e fui procurar o secretário. Só fui recebido após a informação da nossa rescisão. Ele encaminhou um e-mail pedindo os dados em 48h, ai nosso jurídico respondeu o e-mail, afirmando que seguiríamos o que rege o contrato”, frisou.

Anúncios

Destaque 6

Sesacre nega “chegada ao pico” da pandemia do coronavírus no Acre

Publicado

em

A secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) emitiu uma nota pública neste domingo, dia 2, informando ser falsa uma nota disseminada em redes sociais do estado, em nome do órgão, anunciando uma ‘chegada ao pico’ da pandemia no estado. A nota falsa continha, falsamente, a assinatura do secretário da pasta, Alysson Bestene.

“O texto, não assinado pelo secretário de Estado de Saúde do Acre, convida as pessoas a compartilharem a informação, que menciona, entre outras inverdades, ‘30 dias difíceis, de muita dor, de muitas perdas’”, diz a Sesacre.

De acordo com o governo, a mensagem não partiu de nenhum setor da pasta, muito menos do secretário Alysson Bestene. Disse ainda que “repudia notícias distorcidas, repassadas de forma incompleta ou irresponsavelmente”.

A pasta indica o acesso aos sites oficiais, como no endereço agencia.ac.gov.br, “além daqueles de imprensa que são considerados confiáveis”. A Coordenação de Comunicação também disponibiliza o e-mail [email protected] e o Facebook pelo endereço Saúde do Acre para esclarecer dúvidas da sociedade.

Continuar lendo

Destaque 6

Irmão de Chico Mendes está entubado no Into com Covid-19

Publicado

em

Francisco de Assis Alves Mendes, 58 anos, irmão mais novo do líder sindical Chico Mendes, é um dos pacientes de Covid-19 entubados no hospital de campanha do Instituto de Traumatologia e Ortopedia (Into), em Rio Branco.

Assis, como é mais conhecido, é diabético, cardíaco e hipertenso, o que torna o seu quadro muito mais delicado. Submetido a tratamento com plasma convalescente, ele necessita de doação de sangue de qualquer tipo.

A família orienta aos interessados em ajudar que procurem o Hemoacre – Centro de Hematologia e Hemoterapia do Acre. Os doadores precisam ter testado positivo para o novo coronavírus e estar sem sintomas por mais de 30 dias após a recuperação.

O ac24horas conversou com Deusamar Mendes, cunhada de Assis – ela é viúva de Zuza Mendes, que morreu em 2015 de problemas relacionados à diabetes. Zuza era o segundo mais velho dos 6 irmãos Mendes, mais novo apenas que Chico.

Em 4 de dezembro do ano passado, faleceu Celiza Mendes, de 56 anos, também diabética, uma das duas mulheres entre os irmãos. Os outros dois, Margarida e Lino, vivem, respectivamente, em Porto Velho e Guajará-Mirim, em Rondônia.

Deusamar informou que nas últimas horas foram muitas as pessoas que procuraram o Hemoacre para fazer doação de sangue em favor de Assis. Segundo ela, o médico responsável por ele chegou telefonar para a esposa informando do sucesso da campanha feita pela família e comunicando que o plasma ajudará também a outros pacientes.

“Graças a Deus, ontem fez fila para doar sangue para o Assis. O médico ligou para a esposa dele para agradecer, pois vai ajudar outras pessoas que estão precisando. Muito obrigado a todos que compartilharam. Ele ainda se encontra entubado grave, mas eu creio em Deus que ele vai sair dessa. Deus vai fazer um milagre”, disse.

De acordo com a última atualização do Boletim Informativo da Assistência à Saúde, o Acre tem hoje 246 de pacientes internados, dos quais 160 com resultado positivo para Covid-19. Destes, 51 estão em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 195 em leitos (clínicos, obstétricos ou pediátricos). A média de internação geral dos últimos 7 dias foi de 241 pacientes, observando-se um aumento de 2,1%.

 

Continuar lendo

Destaque 6

Rio Acre amanhece marcando 2,10 metros na capital acreana

Publicado

em

O nível Rio Acre na capital acreana amanheceu neste domingo, dia 2 de agosto, marcando 2,10 metros. Não foi contabilizado nenhum milímetro de chuvas nas últimas 24 horas. Com o período de estiagem, o manancial está em situação de alerta máximo em Rio Branco. De acordo com o Corpo de Bombeiros, as previsões são de uma seca severa este no Estado, uma vez que a cota de alerta máximo, que é de 2,69 metros, já foi ultrapassada há alguns meses.

As bacias dos rios Acre, Juruá, Purus e Tarauacá-Envira também ficaram em situação de alerta ou alerta máximo este ano. O Rio Acre abrange os municípios de Assis Brasil, Brasileia, Xapuri, Capixaba, Porto Acre e Rio Branco.

O governo do Estado já se reuniu com especialistas que previram uma das secas mais severas dos últimos 15 anos no Acre e estipular medidas de contenção e preservação da água.

Continuar lendo

Destaque 6

Mesmo sem oficializar, Wikipédia diz que Gladson é do PSDB

Publicado

em

No momento em que se analisa o resultado da filiação do governador Gladson Cameli no PSDB do Acre, a principal biblioteca de buscas do Google, Wikipédia, já o considera como novo filiado do partido.

Em busca simples ao nome de Gladson Cameli, essa é a informação que aparece sobre sua filiação partidária ainda sem data para acontecer. O anúncio de adesão ao ninho tucano foi feito por Cameli durante sua agenda em São Paulo.

Desde que confirmou sua ida para os tucanos, uma explosão de questionamentos políticos começou a surgir, dada a sua escolha de pré-candidatura à prefeitura de Rio Branco, a prefeita Socorro Neri que é do PSB.

Muitos, inclusive correligionários do Progressistas, duvidam da filiação anunciada por Cameli. Pelo menos na esfera digital isso é fato. O governador já retornou de São Paulo, mas nada de oficial sobre sua filiação foi publicada.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas