Conecte-se agora

Cinco dicas para a não errar na escolha do canivete ideal

Publicado

em

Se você gosta de passar um tempo em contato com a natureza, praticando trilhas e atividades ao ar livre, provavelmente já deve saber da importância de levar consigo um bom canivete na mochila. Isso porque em ambientes de mata fechada, em que a caminhada pode durar longas horas, é pouco cômodo levar um facão ou facas. Afinal, para andar grandes distâncias o ideal é sempre ter equipamentos leves e úteis.

Por tanto, quando estiver se preparando para uma atividade próxima à áreas naturais opte por portar utensílios com o máximo de funcionalidade e o mínimo de peso. Ou seja, na hora de investir em um produto considere esses elementos como fatores primordiais.

Dessa maneira tenha sempre em mente que escolher um objeto para trilhas é uma forma de otimizar sua dinâmica no local escolhido. Antes de mais nada, entenda que nem sempre o acessório com o maior tamanho será o mais funcional. Em alguns casos, objetos compactos conseguem desempenhar o mesmo papel que os mais volumosos e são neles que você deve focar.

Quando o assunto são objetos cortantes e perfurantes, escolher um canivete suíço, por exemplo, pode ser a alternativa mais sensata. Sendo assim, reunimos algumas dicas que devem te ajudar na hora de escolher o canivete ideal para seu tipo de aventura.

Analise o tipo de lâmina

O principal fator que precisa ser observado em um objeto cortante como o canivete, além do tamanho e peso, é o material que constitui a lâmina. Hoje em dia, existem diversos tipos de materiais disponíveis no mercado. No entanto, iremos nos ater aos três tipos de aço predominantes em canivetes. São eles o aço damasco, aço inoxidável e aço carbono.

Cuidado com os cabos/ empunhadura do canivete

Conhecido popularmente como “cabo”, as empunhaduras são um atrativo a parte na hora de escolher o melhor canivete para você. Isso porque existem inúmeros tipos, afinal esse utensílio são objetos desejo de muitos colecionadores pelo mundo afora. Sendo assim, há, portanto, vários materiais, como o chifre bovino ou caprino, osso, alumínio, latão madeira, plástico, madrepérola entre outros, que podem ser comprados e colecionados. No entanto, lembre-se que se o seu objetivo for fazer trilhas, quanto mais “incrementos” o material possuir, possivelmente, maior será o peso do equipamento.

Fique atento as travas

Durante o uso do canivete ele deve ter estabilidade na posição aberta. Dessa maneira, é importante garantir o tipo de trava que manterá o instrumento dessa forma. Os tipos mais populares de travas são framelocks, linerlocks e lockbacks.

  • Linerlock: tem uma barra metálica no interior do cabo que é utilizada no processo de trava

  • Framelock: não precisam de barra de metal. Afinal, esse modelo já possui um desenho de cabo que se move para travar a lâmina.

  • Lockback: apresentam uma barra móvel na parte traseira do cabo e permitem mais pressão ao travar e, consequentemente, mais segurança no manuseio.

Não se iluda com a bainha

Se você pretende usar o canivete para prática de trilhas, investir em bainha pode acabar sendo um gasto desnecessário, já que quanto menos peso carregar melhor. Ainda que seja um peso baixo, tudo que puder retirar da mochila deve ser cortado. Além disso, se você observar, muitos modelos de canivetes suíços originais, pelo menos os mais simples, não são comercializados com bainha.

Invista em multi-ferramentas

Se por um lado ter o objeto simples para diminuir o peso é relevante, por outro investir em um objeto com várias funcionalidades também é super importante. Sendo assim, esteja atento para canivetes que possam fornecer outras ferramentas acopladas. Isso deverá diminuir outros elementos na mochila, além de permitir opções de ferramentas em sua trilha ou atividade ao ar livre

Anúncios

Na rede

Prefeitura de Cruzeiro do Sul entrega equipamentos agrícolas na comunidade Humaitá do Moa

Publicado

em

A prefeitura de Cruzeiro do Sul realizou a entrega de equipamentos agrícolas para os produtores da Comunidade Humaitá do Moa, na segunda-feira (10). O prefeito Ilderlei Cordeiro e o vice-prefeito Zequinha Lima estiveram na localidade, acompanhados do Secretário Municipal de Agricultura Genilson Maia.

A comunidade que trabalha com a produção de vinho de açaí e buriti recebeu uma despolpadeira de fruta e uma roçadeira, para ajudar na execução da produção. A produtora Eliane Rodrigues agradeceu o investimento.

“Vai ser uma melhoria muito grande, todos nós produzimos açaí e a máquina vai ajudar muito“, agradeceu a produtora.

O representante da comunidade, José dos Santos, o Baixinho, enfatizou a importância dos equipamentos para os produtores.

“Somos uma população muito carente, sem renda, e o prefeito está trazendo esse apoio para fortalecer a produção da nossa comunidade. Agradecemos essa atenção”, relatou o representante da comunidade.

Os serviços são levados em pensamento conjunto com as comunidades. O vice-prefeito Zequinha Lima, explicou que os investimentos são realizados com base em análise nas necessidades de cada local.

“Com certeza essa é uma prova do nosso trabalho, da eficiência da Secretaria de Agricultura e da organização dos produtores, com suas associações”, pontuou o vice-prefeito.

O prefeito Ilderlei Cordeiro destacou que as ações para as comunidades rurais sempre foram uma atenção da gestão.

“Esse é um povo que luta e trabalha bastante. É uma alegria entregar esse equipamento para eles, pois é a necessidade dessa comunidade, que tem como carro forte o açaí e o buriti, e vai facilitar muito mais a produção e agregando qualidade e higienização, além de melhoria de renda”, finalizou o prefeito.

Continuar lendo

Cotidiano

Resultado preliminar de processo seletivo da saúde é divulgado em Rio Branco

Publicado

em

A prefeitura de Rio Branco divulgou nesta terça-feira, 11, o resultado preliminar do processo seletivo simplificado da secretaria municipal de Saúde (Semsa) para atuação na atenção primária. A lista está disponível na edição do Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça.

O processo abriu vagas para Médico, Enfermeiro, Psicólogo, Nutricionista, Farmacêutico, Cirurgião Dentista, Técnico de Laboratório, Agente de Vigilância em Saúde, Educador Social e Auxiliar de Farmácia.

A secretaria também divulga nesta mesma edição do DOE a relação de candidatos que tiveram as inscrições indeferidas. Além disso, o documento também abre prazo para interposição de recurso, 24 horas após a publicação do resultado final.

Veja as listas aqui.

Continuar lendo

Cotidiano

Cabine de desinfecção é instalada na Rodoviária Internacional de Rio Branco

Publicado

em

Uma cabine de desinfecção para passageiros que chegam à capital acreana pela Rodoviária Internacional de Rio Branco foi instalada e começou a ser utilizada nessa segunda-feira (10). O objetivo é barrar a entrada do novo coronavírus por meio da cabine onde o viajante passa assim que desembarca dos ônibus. O serviço foi implementado pela prefeitura de Rio Branco, por meio da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito – RBTrans.

A cabine solta um jato borrifador pulverizando um desinfetante inodoro em cada pessoa que passa por ela, desinfectando roupas e acessórios. Para a esterilização é necessário que a pessoa dê um giro de 360 graus dentro da máquina. Também há um reservatório de álcool em gel, para higienização das mãos.

A superintendente da RBTrans alerta que o uso da cabine não exime dos cuidados de autoproteção. “A higienização das mãos e o uso de máscaras são ações simples e que funcionam muito bem na prevenção ao coronavírus. A cabine vem somar com esse cuidado que cada um precisa ter consigo mesmo e com o próximo”, destaca Sawana Carvalho.

Continuar lendo

Destaque 3

Instituições divulgam nota de apoio à Maria de Jesus na vaga de conselheira do TCE/AC

Publicado

em

Como bem disse o presidente do Tribunal de Contas do Estado do Acre (TCE) Antônio Cristóvão Messias, a disputa pela vaga de conselheiro do tribunal acreano, vago desde a morte do conselheiro José Augusto de Farias pode acabar na justiça.

Um dia após o governo e Assembleia Legislativa receberem uma recomendação do Ministério Público para rejeitar o nome de Maria de Jesus Carvalho de Souza para a vaga, cerca de 5 entidades nacionais divulgaram uma nota de apoio a conselheira-substituta.

A nota é assinada pela Associação Nacional dos Ministros e Conselheiros Substitutos dos Tribunais de Contas (AUDICON), a Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon), o Conselho Nacional de Presidentes dos Tribunais de Contas (CNPTC), a Associação Brasileira de Tribunais de Contas dos Municípios (ABRACOM) e a Associação Nacional dos Auditores de Controle Externo dos Tribunais de Contas do Brasil (ANTC).

De acordo com o entendimento das entidades de classe de âmbito nacional, com sede em Brasília-DF, após vacância da 6ª vaga em decorrência do falecimento, em 12/07/2020, do Conselheiro José Augusto Araújo de Faria, o Tribunal de Contas do Estado do Acre, em estrita observância legal e constitucional, encaminhou para indicação do Governador do Estado o nome da Conselheira-Substituta Maria de Jesus Carvalho de Souza, única ocupante do cargo de Conselheiro-Substituto do Tribunal em exercício.
O ato encaminhado está alinhado à máxima efetividade do texto constitucional, que assegura composição heterogênea ao reservar vaga de origem técnica no colegiado dos tribunais de contas e, no caso do Estado do Acre, busca alinhar a composição do Tribunal de Contas ao modelo constitucional inaugurado há 32 anos.

Em relação a idade máxima para ocupar a vaga de conselheira, na opinião das entidades é que o quesito já foi atendido no momento da nomeação e posse para o cargo de Conselheiro-Substituto, após o concurso a que foi submetida, a partir de quando ele passa a integrar o quadro de membros do Tribunal de Contas, realizando as atividades inerentes ao cargo desde a sua posse. Maria de Jesus entrou no TCE acreano em maio de 1994 após aprovação em concurso público.

A nota das entidades orienta que Maria de Jesus seja empossada no cargo conforme indicação.

“A indicação da Conselheira-Substituta Maria de Jesus Carvalho de Souza para ocupar a vaga de Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado Acre, após aprovação por unanimidade na Sessão Plenária Virtual atende todos os requisitos legais e constitucionais necessários à ocupação do referido cargo, conforme pacífica jurisprudência, devendo ser rechaçados argumentos em sentido contrário e ultimar-se as providências necessárias para sua indicação, sabatina, nomeação e posse, por ser medida de direito e justiça, notadamente após seus 26 anos de exercícios prestados ao controle externo com dedicação e seriedade”, esclarece a nota.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas