Conecte-se agora

Xapuri tem novo pico de casos de covid-19 e prefeito diz que população “relaxou”

Publicado

em

O município de Xapuri superou nesta sexta-feira (10) os 300 casos positivos do novo coronavírus depois de haver registrado uma queda significativa nos números diários nas últimas duas semanas, com a ocorrência de alguns picos que foram creditados pela Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) ao acúmulo de exames no Laboratório Central de Saúde Pública de Rio Branco – LACEN.

Na última atualização do Boletim Municipal, foram acrescentados mais 24 casos, o terceiro maior número de confirmações para um único dia desde que o município consignou os primeiros diagnósticos de covid-19, no dia 27 de abril passado. Os dois outros maiores picos ocorreram nos dias 10 e 16 de junho, com 25 e 26 casos confirmados, respectivamente.

Durante a apresentação diária que faz dos números da pandemia no município, por meio de vídeo divulgado na página da prefeitura no Facebook, o prefeito Ubiracy Vasconcelos afirmou que a população “perdeu o medo do bicho” e relaxou nos cuidados relacionados à prevenção. Ele reforçou que ainda não é hora para isso e pediu que as pessoas sigam os decretos e a consciência de cada um.

“Eu tenho acompanhado que têm tido algumas festinhas, está chegando o final de semana, aí o pessoal se junta ali numa casa pra fazer uma comemoraçãozinha, beber com os amigos. Gente, não é hora, ainda, de fazer isso. A gente não pode relaxar, precisamos ter os cuidados necessários para que possamos realmente sair disso sem maiores perdas”, pediu o prefeito.

Com os novos casos confirmados, Xapuri foi 319 registros positivos do novo coronavírus, com 19 exames ainda aguardando resultado de análise laboratorial. São 511 pessoas sendo monitoradas pelas equipes da Semusa, 2 internações hospitalares e 5 óbitos. O número de pacientes que tiveram alta médica é de 207. Um pouco mais de 11% das pessoas infectadas em Xapuri (36) são moradoras da zona rural.

No início deste mês, a prefeitura prorrogou o isolamento social no município por mais por mais 15 dias com a reformulação de algumas medidas, como a autorização do funcionamento de academias de ginástica, sob normas rígidas de prevenção, e a ampliação do horário de funcionamento de farmácias, que passaram a ficar abertas até as 22 horas – antes podiam funcionar até as 20 horas.

É perceptível, no entanto, que a maior parte do pequeno comércio de Xapuri voltou a funcionar, assim como o movimento de pessoas tem ocorrido de maneira aparentemente normal. Também não há mais a barreira sanitária na entrada da cidade, ação que foi substituída por blitzes móveis, realizadas em todos os bairros pelas equipes de combate à pandemia.

Anúncios

Cidades

Comerciantes de Senador Guiomard tem até sexta para tirar dúvidas sobre linhas de crédito

Publicado

em

Os micro e pequenos empreendedores do município de Senador Guiomard têm até a próxima sexta-feira, 14, uma ferramenta para tirar dúvidas sobre linhas de créditos oferecidas pelos bancos durante a pandemia da Covid-19.

Realizada pelo Fecomércio-Sesc-Senac/AC, em parceria com o Sebrae no Acre, a Semana do Crédito, buscar deixar bem informado quem precisa de dinheiro para o seu negócio. Um dos principais problemas enfrentados pelos comerciantes é até algo positivo. É que como existem diversas linhas de crédito, alguns empreendedores têm dificuldades de encontrar o tipo de crédito certo para o seu negócio.

Quem quiser tirar dúvidas pode agendar uma visita pelo (68) 99969-8523.

O assessor técnico do Sistema Fecomércio-Sesc-Senac/AC, Egídio Garó, explica que a ideia é atender ao maior número de empresários. Ele reitera ainda que, infelizmente, a desinformação ainda é um problema grande.

“Além disso, há uma gama considerável de linhas de crédito, e todas se aplicam às necessidades de cada empresa. São necessidades diferentes e, portanto, o empresário tem de estar a par de tudo isso”, afirma Garó.

Continuar lendo

Cidades

Prefeitura de Cruzeiro do Sul entrega ginásio coberto na Vila Assis Brasil

Publicado

em

Neste domingo (09) o prefeito Ilderlei Cordeiro realizou a entrega do ginásio coberto da Vila Assis Brasil. A obra proporciona um benefício pra toda comunidade, em especial nas políticas de fomento ao esporte, servindo como ferramenta de inclusão social dos jovens, além de estimular a formação de atletas.

O local servirá também para o desenvolvimento de atividades culturais, religiosas e de lazer. O subprefeito da Vila Assis Brasil, Manoel Maciel, agradeceu o empenho da prefeitura para executar e entregar a obra dentro do tempo previsto.

“Essa obra significa muito, principalmente para juventude. Essa quadra veio na hora certa, e temos agora um espaço para praticar atividades esportivas, culturais, religiosas. Estamos muito felizes com essa obra concluída e entregue hoje pelo prefeito Ilderlei Cordeiro”, agradeceu.

Os jovens que residem na vila, como Ezequiel Silva, necessitavam de um espaço adequado para as atividades físicas, e agradecem o benefício.

“Agora teremos um local para jogar futebol, vôlei, com muita qualidade, tudo muito bonito. Agradeço por essa obra para nossa comunidade”, falou o morador Ezequiel.

Ilderlei Cordeiro destacou que a estrutura vai atender todas as demandas da comunidade, proporcionando um local amplo e digno para as atividades desenvolvidas pela comunidade.

“É uma estrutura como essa vai atender todas as demandas esportivas, futebol de salão, vôlei, handebol, sem falar nas questões culturais, como ensaios das quadrilhas caipiras, apresentações artísticas, além disso as atividades religiosas e de lazer com a família. Teremos também um local mais digno para as disputas dos Jogos Escolares”, pontuou o prefeito.

Continuar lendo

Cidades

Motorista que atropelou e matou mulher já foi preso por roubo

Publicado

em

O fisioterapeuta Ícaro José da Silva Pinto, 33, que matou Jonhliane Paiva de Souza, de 30 anos, quando disputava um racha na Avenida Antônio da Rocha Viana na manhã de quinta-feira, 6, já tem passagem pela polícia.

Ícaro foi preso em 29 de agosto de 2018, junto com Vandré Alves da Silva e Jerdeson de Oliveira Dantas, suspeito de roubo, crime previsto nos artigos 157, § 2º, inciso II, combinado com o 14, inciso II, do Código Penal.

A prisão em flagrante chegou a ser convertida pela justiça em prisão preventiva. No pedido de habeas corpus que o colocou em liberdade à época, os advogados de Ícaro argumentaram que nenhuma arma foi encontrada com ele ou com os demais presos.

LEIA TAMBÉM:

>>> Funcionária do Araújo morre ao ser atropelada por BMW que fazia racha em avenida

>>> Condutor de BMW que matou jovem durante racha é filho de advogado e da presidente do SinproAcre

O rapaz contou nos autos do processo que firmou um contrato de compra e venda de um veículo com Thales Fernandes Aguiar que iria comprar o veículo. Ao se dirigir até a casa de Thales, junto com seus dois empregados em um posto de lavagem para receber a quantia referente ao negócio, avistaram o suposto comprador. Os seus dois empregados desceram do carro que conduzia, pedindo que o mesmo parasse. Assustado e pensando se tratar de um assalto, o comprador arrancou com o carro e se dirigiu para o local onde estava em curso uma operação policial, noticiando

uma suposta tentativa de roubo com emprego de arma de fogo. Mesmo os policiais não encontrando nenhuma arma durante a abordagem, os três foram presos.

FIQUE POR DENTRO

BMW que matou mulher em racha tem documento atrasado há 2 anos e condutor possui 28 multas e 2 processos por inadimplência

Ícaro afirmou que não cometeu nenhum crime, tendo sido uma falsa impressão da suposta vítima.

O habeas corpus foi concedido pelo Desembargador Samoel Evangelista no dia 31 de agosto que afirmou em sua decisão. “Embora existam indícios de autoria, não está clara a configuração dos crimes de roubo com causa de aumento de pena ou exercício arbitrário das próprias razões – que não admite prisão preventiva -, na forma tentada. Isto é, não está demonstrado se a intenção dos presos era a subtração de coisa alheia móvel ou fazer justiça com as próprias mãos”.

O habeas corpus beneficiou também Vandré Alves da Silva, um dos homens que estava na companhia de Ícaro. O outro, Jerdeson de Oliveira Dantas, não foi solto por que se descobriu que havia um pedido de prisão decretado em seu nome.

O processo foi encerrado em janeiro do ano passado e ficou comprovado que a acusação de assalto não era verdadeira. . Como Ícaro era réu primário, nenhuma arma foi encontrada e não se encontrou provas da suposta tentativa de roubo, o Ministério Público optou pela transação penal, que é um acordo onde o processo é extinto antes da análise do mérito. Ou seja, a culpabilidade de Ícaro nem chegou a ser analisado por conta do acordo com o MP.

Continuar lendo

Cidades

Diretor do Depasa de Cruzeiro do Sul diz que órgão é um caso perdido

Publicado

em

O diretor do Depasa de Cruzeiro do Sul, José Braz , afirma que a estrutura atual torna o Departamento em todo o Estado “um caso perdido” e que “pode haver um colapso no abastecimento de água em todo o Acre” .

Braz diz que o órgão deixa se arrecadar R$ 3 milhões por mês por que o sistema está parado há seis meses e o setor comercial não funciona. “Sem arrecadar como um órgão sobrevive? Nós estamos pela misericórdia por que se quebrar uma bomba não tem como repor” , conta ele, afirmando que só agora o Depasa voltou a emitir contas de água. “Estava tudo parado porque houve um problema de licitação para implantação desse novo sistema. Hoje se um cliente chegar e quiser puxar a divida pra negociar não tem sistema pra fazer”

As últimas gestões segundo ele, não contribuíram para melhorias ou recomposição do Depasa.”Aqui em Cruzeiro no governo passado o Depasa fez 3 poços artesianos por R$ 2.6 milhões, que não funcionam. Aí agora neste governo teve esse presidente Tião Fonseca, preso por suposta irregularidade financeira. Ele já foi secretário de Obras de Cruzeiro na gestão do ex-prefeito Aluísio Bezerra e é bem conhecido aqui “.

Depasa de Cruzeiro do Sul

Em Cruzeiro do Sul, segundo ele , os problemas do Depasa são operacionais e de falta de investimento e sucateamento dos equipamentos.

Com a pandemia e as pessoas em casa por mais tempo, o consumo de água aumentou, mas a oferta não acompanhou a demanda e muitos bairros chegam a ficar até 5 dias sem o produto. Em Cruzeiro, o consumo médio e de 3 milhões de litros de água por dia.

A cidade é abastecida de água do Igarapé São Salvador , que atende 30% da cidade, e por 48 poços artesianos.

Como o Igarapé é poluído, o custo do tratamento químico da água é de R$ 2 milhões por ano. Já os poços demandam equipamentos, mão de obras e centenas de operações diárias.

“Aqui a solução é mudar a captação superficial para o Rio Môa, que é um grande manancial ou captar água profunda construindo mais 3 poços em locais estratégicos. Uma solução que custa em torno de R$ 35 milhões”, disse o diretor.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas