Conecte-se agora

Comitê Municipal não recomenda a volta do futebol acreano

Publicado

em

Após o anúncio de que o segundo turno do campeonato acreano de futebol seria realizado em Plácido de Castro devido à proibição na capital, em virtude do estado de pandemia, o coordenador do Comitê Municipal de Enfrentamento, Osvaldo Leal, esteve reunido nesta sexta-feira, 10, com presidente da Federação de Futebol do Acre (FFAC), Antônio Aquino Lopes, e representantes de alguns clubes.

Na reunião, os dirigentes relatarem a situação financeira dos clubes e entregaram à Prefeitura de Rio Branco um protocolo criado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) com todas as regras e orientações para a volta gradual da atividade esportiva, porém Osvaldo Leal reafirmou a impossibilidade da realização de qualquer atividade que não seja essencial, enquanto a capital acreana estiver na faixa vermelha (emergência).

“Nós estamos dando continuidade a essa iniciativa da prefeitura de Rio Branco de conversar com todos os setores da economia e da vida em sociedade. A partir daí estamos orientando sobre os protocolos específicos que são uma atribuição dos municípios. O próprio Estado, num anexo ao decreto, publicado no dia três de julho, estabelece em que faixa e o que está autorizado a reiniciar em cada uma das delas. É essa a orientação que as prefeituras têm como signatárias deste Pacto. À Prefeitura de Rio Branco cabe orientar como será a retomada dos setores, dizendo como vai fazer, mas não nos caber dizer quais os setores terão autorização de reabertura de acordo com cada faixa”, observou Leal.

Em resposta, o presidente da Federação Acreana, Antônio Aquino Lopes, afirmou que irá formalizar uma solicitação ao Comitê Estadual para um posicionamento sobre a volta do futebol profissional.

“Também vamos encaminhar o protocolo da CBF que hoje entregamos nessa primeira reunião que tivemos com a prefeitura de Rio Branco. É uma preocupação nossa e que a gente espera resolver o mais rápido possível”, encerrou o presidente da FFAC.

Anúncios

Acre

Governo decreta ponto facultativo na quinta e sexta-feira

Publicado

em

Vem folga prolongada por aí. O governo do estado decretou por meio do Diário Oficial que será ponto facultativo na quinta e sexta-feira, dias 6 e 7 de agosto.

A quinta já seria de descanso, já que que no dia 6 de agosto se comemora o início da Revolução Acreana. Com a ampliação do feriado, os órgãos da administração pública só voltam a funcionar na próxima segunda-feira, dia 10.

O ponto facultativo não se aplica aos atendimentos nas unidades de saúde e no Hospital das Clínicas, incluídos os serviços de Atendimento Médico Especializado, Serviço de Apoio Diagnóstico, Setores de Internação, Centro Cirúrgico, Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), Central de Agendamento de Cirurgias e Hospital-Dia.

Continuar lendo

Acre

De olho nas eleições, Marcus Alexandre rasga elogios à Zen

Publicado

em

O ex-prefeito Marcus Alexandre (PT) usou o seu Instagram na manhã desta quarta-feira, 05, para compartilhar uma visita que recebeu do deputado estadual e pré-candidato à Prefeitura pelo PT, Daniel Zen.

Na rede social, Marcus destacou a experiência de Zen na gestão pública e o seu currículo vitorioso como Secretário Estadual de Educação, Cultura e Esportes por quatro anos e ex-presidente da Fundação de Cultura Elias Mansour, além da sua experiência como deputado na Aleac.

“Hoje tive a honra de receber aqui em casa, bem cedinho, o amigo Dep. Daniel Zen @danielzendoacre, nosso pré-candidato a prefeito de Rio Branco. Uma boa conversa sobre os desafios futuros, a atenção às famílias da nossa cidade e a retomada da economia, agendas de trabalho pós-pandemia do coronavírus”, afirmou.

Continuar lendo

Acre

Governo muda todos os cargos estratégicos da Polícia Civil

Publicado

em

Com a exoneração do delegado Henrique Maciel do comando da Polícia Civil no Acre, o governo resolveu trocar todos os principais cargos na instituição.

O novo delegado-geral da PC, Josemar Portes, começa a colocar a sua equipe de confiança para trabalhar. Na edição desta terça-feira, 5, do Diário Oficial, o governo promove a substituição nos principais cargos da Polícia Acreana. Saem os indicados de Henrique Maciel e assumem os homens de confiança de Portes.

As mudanças começam pela corregedoria da instituição. Deixam o cargos de corregedor geral e corregedor adjuntos os delegados Thiago Fernandes Duarte e Francisco Canidé Dantas Da Costa, respectivamente. Assume como novo corregedor Fabrizzio Leonard Da Silva Sobreira. Já o novo corregedor adjunto é o delegado Alberto Dalacosta Filho.

Tem mudança também na direção do Departamento Técnico-Policial. Deixa o cargo Rafael Marcos Costa Pimentel e assume Getúlio Monteiro De Castro Teixeira.

O delegado Cleylton Videira Dos Santos não é mais o Diretor do Departamento de Polícia da Capital e do Interior. Vai ser substituído por Cristiano Ferreira de Bastos.

A última mudança realizada pelo governo na cúpula da Polícia Civil é no Departamento de Inteligência. Deixa o cargo o delegado Pedro Paulo Silva Bozolin e assume Martin Fillus Cavalcante Hessel, que foi presidente do IAPEN durante a gestão Sebastião Viana.

Continuar lendo

Acre

Ocupação de leitos de UTI é a mais baixa das últimas semanas

Publicado

em

Um número que pode influenciar no resultado da nova classificação de risco do Acre em relação à Covid-19 é a baixa ocupação dos leitos de UTI no estado.

De acordo com o boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre) o Acre, que esteve perto de ter um colapso na rede de atendimento, tem hoje uma baixa ocupação nesse tipo de leito que impacta diretamente na classificação.

Na região do Baixo Acre, por exemplo, que por englobar Rio Branco é a maior do estado, apenas 48,6% dos leitos de UTI estão ocupados. Dos 10 leitos do Pronto-Socorro, 6 estão com pacientes. Já no Into, onde são disponibilizados 50 leitos, existem 23 ocupados e no Hospital Santa Juliana, apenas 5 dos 10 leitos disponibilizados pelo SUS estão com pacientes.

A situação na região também é confortável quando se refere aos leitos de enfermaria. Dos 267 leitos existentes, 95 estão ocupados. A taxa de ocupação, portanto, é de apenas 35,6%.

Já na Região do Juruá a situação é ainda mais tranquila. A taxa de ocupação dos leitos de UTI é de 35%, já que dos 20 leitos de UTI, apenas 7 estão ocupados. Os leitos clínicas que somam 95, a taxa de ocupação é de 58,9%.

O Comitê de Acompanhamento Especial da Covid-19 divulga na tarde desta quarta-feira, 5, a nova fase de classificação do Acre que pode resultar na reabertura de mais setores da economia, como pode indicar o retorno da proibição de funcionamento do que não é considerado essencial.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas