Conecte-se agora

Casos recentes de raiva humana no Brasil chamam a atenção para medidas de prevenção

Publicado

em

No último mês, o Ministério da Saúde confirmou dois casos graves de infecção pelo vírus da raiva no Brasil. Um em Catolé do Rocha, na Paraíba, de uma senhora de 68 anos que segundo o relatório mais recente se encontra em internada em estado grave, sob sedação, e outro em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, onde um menino de 13 anos morreu após ser mordido por um morcego hematófago, ou seja, que se alimenta de sangue.

O óbito foi o primeiro desde 2006 no Rio de Janeiro, quando um caso foi registrado em São José do Vale do Rio Preto. Uma morte pela doença não acontecia na capital desde 1986. O caso levou a secretaria de saúde do rio a disparar um alerta para os municípios, orientando medidas de prevenção. A raiva humana é uma doença que preocupa por conta da alta letalidade: quase todos os casos de infecção em humanos acabam em morte.

No Acre, os casos mais recentes de raiva em seres humanos de que se tem notícia ocorreram nos municípios de Assis Brasil, em 2000, e Xapuri, em 2004. Controlada no ambiente urbano por meio de campanhas de vacinação em massa de cães e gatos, a patologia tem feito registros na zona rural, afetando algumas espécies de mamíferos, entre os quais bovinos e equinos.

No início de 2019, o IDAF – Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Acre – constatou a ocorrência de um caso de raiva bovina transmitida por mordida de morcegos na colocação Samaúma, uma comunidade do seringal São Francisco do Espalha, localizado entre os municípios de Xapuri e Rio Branco, a possibilidade de um surto que foi controlada com ações de Saúde Única, uma estratégia do governo para a prevenção de zoonoses.

No local, foram realizadas palestras educativas sobre zoonoses, principalmente a raiva, mas também outras doenças que podem ser transmitidas dos animais para os humanos, como a hidatidose, uma patologia parasitária crônica, causada pela fase de larva de um parasita chamado Echinococcus. A Vigilância Sanitária vacinou na localidade cerca de 40 cães e gatos contra a raiva. O rebanho bovino, que já havia sido vacinado, recebeu mais uma dose da imunização.

A Vigilância Epidemiológica conversou com os moradores sobre o risco da raiva em humanos e orientou sobre os procedimentos a serem tomados no caso de agressão de morcegos contra pessoas. A médica veterinária Ane Gabrielle, chefe da unidade do Idaf em Xapuri diz que as ações de Saúde Única seguem ocorrendo no município.

“São medidas que envolvem a captura de morcegos e a intervenção dos setores de vigilância sanitária e epidemiológica para agir na vacinação de cães e gatos, além do trabalho de investigação com relação aos humanos”.

No caso de agressões de morcego contra animais, Ane Gabrielle explica que o Idaf deve ser comunicado.

“Quando houver o registro de ataques contra pessoas, a saúde pública deve ser procurada para que as medidas preventivas de costume sejam tomadas”.

Saúde Única é um conceito sugerido pela Organização Mundial de Saúde (OMS), Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) e Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO) com o fim de demonstrar a indissociabilidade da saúde humana, animal e ambiental.

Vírus mortal

O vírus da raiva ataca o sistema nervoso central, causando inflamação grave no cérebro e pode ser transmitido por mordida, arranhão ou lambida de mamíferos contaminados, como morcegos e cachorros, que ficam agressivos quando infectados. Em caso de ser mordido por um animal, a orientação médica é limpar a ferida imediatamente e procurar uma emergência, onde o paciente recebe anticorpos contra o vírus.

Anúncios

Cotidiano

Homem invade residência e dispara oito tiros contra morador do Santa Cecília

Publicado

em

Um homem de 35 anos ficou em estado grave de saúde após ser atingido com oito disparos de arma de fogo. O caso aconteceu no início da noite desta sexta-feira, 14, em uma residência localizada na Vila Santa Cecília, situada na BR-364, em Rio Branco. Fábio de Lima Nobre, de 35 anos estava na sua casa quando homens não identificados, que segundo a polícia seriam membros de facção criminosa, chegaram numa motocicleta e efetuaram os tiros.

Fábio foi atingido com oito tiros na região das pernas, glúteo, ombro e costas. Após a ação, os criminosos fugiram do local. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada, prestou os primeiros atendimentos e conduziu a vítima ao pronto-socorro de Rio Branco em estado de saúde gravíssimo.

A Polícia Militar foi acionada, colheu as características dos autores do crime, em seguida fizeram patrulhamento na região em busca de prendê-los, mas ninguém foi encontrado. O caso será investigado pelos Agentes de Polícia Civil da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Continuar lendo

Cotidiano

Fecomércio do Acre doa mais 500 sacolões para famílias pobres da Bolívia

Publicado

em

Durante a pandemia de coronavírus, 14 mil cestas básicas foram doadas a famílias carentes pela Federação do Comércio do Acre.

E na última quinta-feira, 14 de agosto, mais 500 cestas foram entregues à população de Cobija, cidade fronteiriça com o Acre pelo município de Brasiléia.

Por estar distantes aproximadamente 1.000 quilômetros de outro grande centro comercial boliviano a obtenção de recursos básicos pela população de Cobija se dá por Brasília ou pela capital do Acre.

Com o fechamento do comércio local, da fronteira com o Brasil e o agravamento da pandemia, presidente do Sindicato dos Comerciantes de Brasiléia (Sincobras), José Luiz Revollo Júnior, solicitou ajuda a Fecomércio. “Acionamos a Federação do Comércio e prontamente eles se sensibilizaram com a situação de Cobija e acionaram o Mesa Brasil do Sesc, e hoje estamos com um total de mil cestas básicas distribuídas”.

A vice-governadora de Pando, Paola Terrazas, disse o sentimento é de gratidão pelas doações recebidas. “Queremos agradecer ao Mesa Brasil e à Federação do Comércio pelo trabalho solidário. Estamos muitos gratos por ser um dos beneficiários deste programa. Isso é amor ao próximo”.

Continuar lendo

Cotidiano

Saúde do Acre recebe doação de 150 bombas de infusão da empresa JBS

Publicado

em

A empresa JBS doou para a secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) nesta sexa-feira, 14, cerca de 150 bombas de infusão – usadas para controlar a dose e a velocidade com que o remédio é administrado ao paciente -. A entrega do material ocorreu no complexo logístico da Sesacre. As bombas distribuídas entre as unidades de saúde conforme a necessidade.

O governo enxerga as doações de empresas privadas de fundamental importância, uma vez que auxiliam as destinações federais para o combate à pandemia do novo coronavírus.

“Desde o início da pandemia o governador tem feito um trabalho incansável para garantir assistência à população, prova disso são os investimentos feitos na Saúde e, também, as parcerias com as entidades que possibilitaram o recebimento de muitas doações”, disse o secretário de Estado de Saúde, Alysson Bestene, à Agência de Notícias do Acre.

Continuar lendo

Cotidiano

Com prêmio acumulado, Mega-Sena pode pagar R$ 27 milhões neste sábado (15)

Publicado

em

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.289 da Mega-Sena, realizado na desta quinta-feira (13) em São Paulo.

As dezenas sorteadas são: 06 – 09 – 34 – 37 – 38 – 45.

No próximo sorteio, previsto para este sábado (15) o valor acumulado é de R$27 milhões no prêmio principal.

A quina teve 33 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ 53.948,07. A quadra teve 2.808 apostas vencedoras.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas