Conecte-se agora

No meio da pandemia, Gladson e Rocha entregam 110 novos ônibus para escolas nos 22 municípios

Publicado

em

FOTO: SÉRGIO VALE - AC24HORAS.COM

O Governo do Acre, por meio da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE), entregou na manhã desta quarta-feira, 8, 110 novos ônibus escolares. A solenidade ocorreu em frente ao Palácio Rio Branco e o governador Gladson Cameli foi o anfitrião da entrega. Ele, acompanhado do vice-governador Major Rocha puxaram um comboio de veículos do estacionamento do Estádio Arena Acreana, no segundo distrito, até o centro da capital. A carreata de ônibus chamou atenção de quem cruzava a cidade.

O secretário de educação, Mauro Sérgio, e o secretário-adjunto, Moisés Diniz, também prestigiaram a entrega além de deputados da base do governo e o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Nicolau Júnior.

FOTO: SÉRGIO VALE – AC24HORAS.COM

“Hoje é dia bom para educação. Em cima das dificuldades, conseguimos fazer essa entrega graças a essa nossa equipe. Agradeço a todos os envolvidos. Isso aqui vai alavancar o alcance da educação no Estado”, disse governador, lembrando que sua gestão inaugurará dois hospitais.

“O investimento que fazemos só demonstra a prioridade do nosso governo com a educação. Os alunos não terão mais o problema de transporte na capital e interior”, disse o gestor da educação, Mauro Sérgio.

FOTO: SÉRGIO VALE – AC24HORAS.COM

Dos 110 novos veículos, 65 são ônibus de 59 lugares, 19 são micro-ônibus de 29 lugares e 26 são micro-ônibus de 19 lugares adaptados para deficiente. O investimento total é de R$ 27.413.758,00, sendo R$ 15.056.500,00 provenientes do Estado do Acre e R$ 12.357.258,00 do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Todos os 22 municípios serão beneficiados, conforme a necessidade específica de cada cidade. Com o investimento na melhoria do transporte escolar, o governo do Acre objetiva garantir aos alunos o direito de permanecer na escola e proporcionar segurança no transporte dos estudantes da rede pública estadual.

FOTO: SÉRGIO VALE – AC24HORAS.COM

Anúncios

Cotidiano

OAB estipula novas regras de visita aos presídios no Acre em virtude da pandemia

Publicado

em

A secção acreana da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/AC) detalhou nesta quinta-feira, 13, novas regras e agenda para visitação nos presídios do Acre. O Governo do Estado divulgou, no dia 10, a Portaria nº 623 que regulamenta, no âmbito do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), a retomada gradual das visitas de familiares aos estabelecimentos penais do estado.

Considerando o avanço à fase amarela e o Plano de Contingência para a Covid-19 no Sistema Prisional do Acre, a ementa prevê medidas de segurança e higienização, bem como os horários das visitas às penitenciárias.

Visitas definidas:

Horário: 8h às 12h

Complexo Penitenciário de Rio Branco (FOC)

Dia 15/08 (sábado) – Pavilhão B

Dia 16/08 (domingo) – Pavilhão I

Unidade Prisional Feminina de Rio Branco

Dia 15/08 (sábado) – Pavilhão Alamanda e Berçário

Dia 22/08 (sábado) – Pavilhão Carmélia

Unidade Penitenciária do Quinari (UPQ)

Dia 15/08 (sábado) – Alas 41 e 43

Dia 16/08 (domingo) – Alas 42 e 44

Unidade de Regime Fechado 2 – Antônio Amaro Alves

Dia 16/08 (domingo) – Pavilhão 02 e 05

Dia 30/08 (domingo) – Pavilhão 04, 06 e 07

Unidade Penitenciária Manoel Neri da Silva – Cruzeiro do Sul

Sábado de manhã (8h às 11h) – Bloco 7 (celas 1 a 13), Bloco 1 e Bloco 2

Sábado à tarde (13h às 16h) – Bloco 7 (celas 15 a 26), Bloco 3 e Feminino

Domingo de manhã (8h às 11h) – Bloco 4 e Bloco 8 (celas 1 a 13)

Domingo à tarde (13h às 16h) – Bloco 5, 6 e Bloco 8 (celas 15 a 26)

Obs: Carteiras vencidas durante o período de pandemia continuam tendo validade.

Produtos para triagem (15 dias) devem ser entregues no Núcleo de Apoio à Família (NAF) das 8h às 12h, somente às quartas-feiras.

Medidas de segurança e higiene a serem tomadas:

Apenas uma pessoa por preso poderá visitar;

Visita de 15 em 15 dias, ou seja, final de semana sim e outro não;

Só entra com carteira de visitante em mãos;

Carteiras de visitantes vencidas entre o dia 1 de março e agosto de 2020 não serão impedidas de visitar;

Só entra esposa, pai, mãe, irmão ou filho;

A idade do visitante deve ser de 18 a 59 anos;

Não entra grupo de risco (grávidas, crianças, idosos a partir de 60 anos, hipertensos, diabéticos, portadores de hepatite, HIV, asmáticos, doenças reumáticas, neurológicas e outras que fazem parte desse grupo);

Não entra com protocolo do setor de carteira da OCA;

Não podem visitar: madrastas, padrastos, enteados (as), cunhados (as), tios (as), sobrinhos (as) e amigos (as);

Não pode levar nenhum tipo de alimento;

Documento de identificação deve estar em mãos podem ser os seguintes: RG, CNH e carteira de trabalho;

Tempo de duração das visitas (até 3h) cada unidade irá definir;

Pessoas com carteira vermelha, para poder visitar, a patologia/diagnóstico/doença que consta no seu laudo não pode pertencer ao grupo de risco;

É obrigatório o uso de máscaras durante toda a permanência no interior do prédio, higienização das mãos na entrada e aferição de temperatura por um profissional de saúde;

É proibida a visita íntima;

As medidas adotadas podem ser reavaliadas dependendo do cenário da pandemia.

Veja o detalhamento completo: https://www.oabac.org.br/visitas-de-familiares-as-penitenciarias-do-acre-tem-datas-e-protocolos-de-seguranca-definidos/

Continuar lendo

Cotidiano

Reitoria do Instituto Federal do Acre terá sede de R$ 8,8 milhões na Via Chico Mendes

Publicado

em

O Instituto Federal do Acre (Ifac) iniciou mais uma obra. A sede própria da Reitoria do Ifac, que está sendo construída na região da Via Chico Mendes, no município de Rio Branco, contará com mais de 4,2 mil metros quadrados de área construída.

A estrutura, que tem previsão de ser entregue em 2021, conta com investimento de cerca de R$ 8,8 milhões.

De acordo com projeto, a nova sede contará com salas administrativas, auditório, refeitório, salas de reunião, copas, banheiros e estacionamento para 200 vagas. Além disso, a construção terá piso térreo e um pavimento superior.

Saiba mais sobre a nova sede do Ifac: https://portal.ifac.edu.br/ultimas-noticias/71-reitoria/2771-ifac-inicia-obras-para-constru%C3%A7%C3%A3o-da-nova-sede-da-reitoria.html

Continuar lendo

Extra Total

Em apenas 12 dias de agosto, Acre registra mais de mil focos de queimadas

Publicado

em

FOTO: SÉRGIO VALE - AC24HORAS.COM

Um relatório apresentado pelo governo do Acre nesta quinta-feira, 13, mostra o quanto é preocupante a situação das queimadas no estado. De acordo com dados divulgados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, a Amazônia Legal já acumula, do início do ano até agora, 38.918 focos de queimadas, dos quais 31,1% localizavam-se no estado do Mato Grosso (12.097), 21,7% em Pará (8.447) e 16,2% em Amazonas (6.287). O Acre ocupa o 8° lugar no ranque (3,8%), com 1.488 focos de queimadas.

Os dados mostram que no Acre, o município de Feijó é responsável por 339 focos de queimadas. Isso representa 22,8% do que foi registrado em todo o Acre. Na sequência, aparecem os municípios de Tarauacá (325) e Cruzeiro do Sul (124). Os três municípios são responsáveis, de acordo com o relatório, por quase 53% das queimadas no Acre.

A prova de que agosto é um dos meses mais complicados para o combate às queimadas é que apenas nos primeiros 12 dias do mês, houve o registro de 1.022 focos de queimadas, segundo dados do satélite de referência. Ou seja, em menos de duas semanas do mês de agosto se queimou mais do todos os outros meses do ano juntos.

Ainda, segundo o relatório, das áreas naturais protegidas no Acre onde mais se queima é a Reserva Extrativista Chico Mendes, que acumula 34 focos de queimadas, seguido da Reserva Extrativista do Alto Juruá.

Outro dado mostra que a maior ocorrência de queimadas no Acre se concentra nas propriedades particulares, áreas discriminadas e projetos de assentamento.

Por fim, o que o acreano tem sentido, literalmente na pele, nos últimos dias, o forte calor e ausência de chuvas fazem com que a maior parte do estado esteja em alto ou crítico risco de fogo, como mostra o gráfico abaixo.

Continuar lendo

Cotidiano

Planos de saúde serão obrigados a cobrir teste sorológico da Covid-19

Publicado

em

Uma decisão tomada nesta quinta-feira, 13, pela diretoria colegiada da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) incorpora ao rol de procedimentos e eventos em saúde o teste sorológico para detectar a presença de anticorpos produzidos pelo organismo após exposição ao novo coronavírus (Covid-19).

A resolução normativa passará a valer após publicação no Diário Oficial da União. O procedimento incorporado é a pesquisa de anticorpos IgG ou anticorpos totais, que passa a ser de cobertura obrigatória para os beneficiários de planos de saúde a partir do oitavo dia do início dos sintomas, nas segmentações ambulatorial, hospitalar e referência, conforme solicitação do médico.

Porém, para se justificar o pedido, é necessário preencher alguns critérios obrigatórios, ao mesmo tempo em que não poderá se encaixar em outros critérios excludentes.

Segundo a ANS, poderão realizar o teste sorológico pacientes com Síndrome Gripal (SG) ou Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) a partir do oitavo dia do início dos sintomas, além de crianças ou adolescentes com quadro suspeito de Síndrome Multissistêmica Inflamatória pós-infecção pelo coronavírus.

Por outro lado, estarão excluídos da realização obrigatória do exame pacientes que já tenham RT-PCR prévio positivo para coronavírus; pacientes que já tenham realizado o teste sorológico, com resultado positivo; pacientes que tenham realizado o teste sorológico, com resultado negativo, há menos de 1 semana, exceto para crianças e adolescentes com quadro suspeito.

Também estarão excluídos a realização de testes rápidos; pacientes cuja prescrição tem finalidade de rastreamento, retorno ao trabalho, pré-operatório, controle de cura ou contato próximo/domiciliar com caso confirmado, e verificação de imunidade pós-vacinal.

Segundo a ANS, as definições para Síndrome Gripal e Síndrome Respiratória Aguda Grave são as seguintes: Síndrome Gripal (SG): Indivíduo com quadro respiratório agudo, caracterizado por pelo menos dois (2) dos seguintes sinais e sintomas: febre (mesmo que referida), calafrios, dor de garganta, dor de cabeça, tosse, coriza, distúrbios olfativos ou distúrbios gustativos. Em crianças: além dos itens anteriores considera-se também obstrução nasal, na ausência de outro diagnóstico específico. Em idosos: deve-se considerar também critérios específicos de agravamento como sincope, confusão mental, sonolência excessiva, irritabilidade e inapetência.

Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG): Indivíduo com SG que apresente: dispneia/desconforto respiratório OU pressão persistente no tórax OU saturação de O2 menor que 95% em ar ambiente OU coloração azulada dos lábios ou rosto. Em crianças: além dos itens anteriores, observar os batimentos de asa de nariz, cianose, tiragem intercostal, desidratação e inapetência.

Agência Brasil

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas