Conecte-se agora

Coronavírus: primeiro caso de reinfecção em Minas Gerais acende alerta

Publicado

em

A morte de um jovem de 22 anos, morador da pequena Itatiaiuçu, na região Central de Minas Gerais, acende um alerta sobre a possibilidade de reinfecção. Ele, que já tinha sido infectado pela Covid-19 em abril, voltou a testar positivo no fim de junho e faleceu na última segunda-feira por complicações da doença. O caso está sendo investigado e pode entrar para os estudos da Organização Mundial de Saúde (OMS), que ainda não descarta o risco de uma pessoa ter a doença mais de uma vez.

“Atualmente, não há evidências de que as pessoas que se recuperaram da Covid-19 e tenham anticorpos estejam protegidas contra uma segunda infecção. É esperado que a maioria dos infectados desenvolva uma resposta de anticorpos que forneça algum nível de proteção. O que ainda não se sabe é o nível de proteção ou quanto tempo vai durar”, explica a OMS, que aguarda comunicado oficial do Ministério da Saúde sobre o caso em Minas.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) informou que, até a presente data, não há registro oficial sobre reinfecção no Estado e que, na eventual apuração dessas situações, presta apoio técnico ao município. Já o Ministério da Saúde diz que está em contato com a pasta, que investiga o caso de reinfecção.

O técnico em enfermagem Libério Tadeu Fonseca Pereira faleceu nesta semana, no Hospital Manoel Gonçalves, em Itaúna. “Ele teve sintomas pela primeira vez no dia 17 de abril. Recolhemos o PCR dele, e o resultado deu positivo para Covid. O paciente ficou isolado. Depois, para voltar ao trabalho, fez um novo (teste) PCR, em meados de maio. Ele já tinha melhorado os sintomas, e o PCR deu negativo. Agora, no dia 26 de junho, voltou a ser sintomático, fizemos a coleta de novo do material, um novo PCR, e veio o resultado positivo. No dia 27, ele foi internado em Itaúna; no dia 28, precisou ser intubado e, infelizmente, veio a falecer ontem (dia 6)”, explicou a enfermeira responsável por epidemiologia da Policlínica de Itatiaiuçu, Gláucia de Souza Vilela.

Mutação genética

Gláucia diz ainda que a reinfecção que vitimou Libério pode ter relação com um raro fator genético apresentado pela mãe, Edriana de Fátima Pereira Fonseca, de 44 anos, também morta pelo novo coronavírus dois dias antes do filho, no mesmo hospital.

“A mãe tinha uma alteração genética, uma síndrome muito rara, e um dos sintomas era a baixa imunidade. Chegamos a esse diagnóstico no início do ano, pois ela sofria várias infecções de repetição, adoecia com frequência e ficava mais grave, era uma pessoa mais frágil. Mas, infelizmente, não teve tempo de voltar ao geneticista ou testar outros membros da família. Ela precisava de um transplante de medula. Por esse fator, a gente suspeita que ele possa ter herdado essa condição, mas não podemos afirmar nada”, continuou a enfermeira.

“Não há relatos na medicina que falem sobre isso, mas acredito que seja pouco provável uma reinfecção. O que ocorre são pacientes que não se curam, mas passam a ser assintomáticos e depois voltam a apresentar sintomas. Há ainda casos de falso-positivo ou negativo em alguns testes”, afirmou o médico infectologista Unaí Tupinambás, professor da UFMG e um dos integrantes do Comitê de Enfrentamento à Covid-19 da Prefeitura de Belo Horizonte.

O médico e secretário de Saúde de Itaúna, onde Libério foi atendido, Fernando Meira, segue linha semelhante à de Tupinambás. “Na verdade, não tem como nada ser dito de forma mais concreta, porque realmente não há a confirmação da cura completa, que seria um exame de RT-PCR negativo ou um teste rápido mostrando IgG. Então, pode ser considerada essa hipótese de não ter havido cura completa, apesar de a possibilidade de reinfecção também não poder ser descartada por completo”, explicou Meira.

Por meio de nota, o Ministério da Saúde disse que, de acordo com a literatura médica, existem casos de pacientes curados de Covid-19 que voltam a apresentar um novo episódio da doença, mas não existem certezas se esses quadros representam uma nova infecção ou uma recidiva.

Casos já registrados

Questionado se esse seria o primeiro caso de suspeita de reinfecção a ser investigado no Brasil, o Ministério da Saúde não tinha respondido até o fechamento desta edição.

Já a Secretaria de Estado de Saúde disse que nenhuma situação parecida foi registrada pelo Centro de Operações de Emergência em Saúde (Coes), que faz a gestão da Covid-19 em Minas Gerais.

FONTE: JORNAL O TEMPO

Anúncios

Cotidiano

Resultado preliminar de processo seletivo da saúde é divulgado em Rio Branco

Publicado

em

A prefeitura de Rio Branco divulgou nesta terça-feira, 11, o resultado preliminar do processo seletivo simplificado da secretaria municipal de Saúde (Semsa) para atuação na atenção primária. A lista está disponível na edição do Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça.

O processo abriu vagas para Médico, Enfermeiro, Psicólogo, Nutricionista, Farmacêutico, Cirurgião Dentista, Técnico de Laboratório, Agente de Vigilância em Saúde, Educador Social e Auxiliar de Farmácia.

A secretaria também divulga nesta mesma edição do DOE a relação de candidatos que tiveram as inscrições indeferidas. Além disso, o documento também abre prazo para interposição de recurso, 24 horas após a publicação do resultado final.

Veja as listas aqui.

Continuar lendo

Cotidiano

Cabine de desinfecção é instalada na Rodoviária Internacional de Rio Branco

Publicado

em

Uma cabine de desinfecção para passageiros que chegam à capital acreana pela Rodoviária Internacional de Rio Branco foi instalada e começou a ser utilizada nessa segunda-feira (10). O objetivo é barrar a entrada do novo coronavírus por meio da cabine onde o viajante passa assim que desembarca dos ônibus. O serviço foi implementado pela prefeitura de Rio Branco, por meio da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito – RBTrans.

A cabine solta um jato borrifador pulverizando um desinfetante inodoro em cada pessoa que passa por ela, desinfectando roupas e acessórios. Para a esterilização é necessário que a pessoa dê um giro de 360 graus dentro da máquina. Também há um reservatório de álcool em gel, para higienização das mãos.

A superintendente da RBTrans alerta que o uso da cabine não exime dos cuidados de autoproteção. “A higienização das mãos e o uso de máscaras são ações simples e que funcionam muito bem na prevenção ao coronavírus. A cabine vem somar com esse cuidado que cada um precisa ter consigo mesmo e com o próximo”, destaca Sawana Carvalho.

Continuar lendo

Cotidiano

PL que institui campanha de conscientização sobre desafios mortais da internet é aprovado

Publicado

em

Foi aprovado por unanimidade em sessão online da Câmara de Rio Branco nesta terça-feira, 11 de agosto, o Projeto de Lei N° (06/2020), que institui a campanha de conscientização sobre brincadeiras de potencial lesão ofensiva física no sistema de ensino público e privado em Rio Branco.

Segundo o PL, cada unidade escolar poderá criar uma equipe multidisciplinar, com a participação de docentes, alunos, pais e voluntários, para a promoção de atividades didáticas, informativas, de orientação e conscientização sobre brincadeiras de potencial lesão ofensiva física.

O PL nasceu após ser divulgado nas redes sociais, uma vídeo onde crianças e adolescentes, na qual duas pessoas derrubam um terceiro indivíduo, que se localiza no centro das duas, com uma rasteira que faz a pessoa bater com a parte de trás da cabeça no chão com muita força.

O projeto aprovado segue agora para sanção da prefeita Socorro Neri. O PL é de autoria do João Marcos Luz (MDB) que destacou que as escolas podem e devem contribuir de forma preventiva para o estabelecimento de práticas educativas.

“O melhor caminho é a orientação, ou seja, a conscientização. É importante envolver alunos, pais e professores em ações contrárias a estas brincadeiras mortais que estão sendo divulgadas na Internet por meio das redes sociais”, afirmou.

Continuar lendo

Cotidiano

No dia da Juventude, Rio Branco vai pagar jovens inscritos no programa Bolsa Estágio

Publicado

em

No dia em que é comemorado o dia da Juventude, nesta quarta-feira, 12 de agosto, a prefeitura de Rio Branco garantirá o pagamento, sem atrasos, dos valores relativos aos jovens estudantes inscritos no Programa Bolsa Estágio. O município destaca que, mesmo diante das dificuldades pela pandemia, todos os estudantes tiveram seus contratos mantidos.

Para garantir os cuidados com a saúde dos estudantes e continuar a oferta de serviços básicos e essenciais à população, foram adotados o trabalho em sistema de escalas e home office para os estagiários. Ao portal da prefeitura, Thiago Elias, Gerente do Departamento de Juventude da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos – SASDH, ressalta o cuidado e o compromisso da gestão municipal com as políticas de juventude focadas ao estudante.

“O programa Bolsa Estágio é um incentivo financeiro que valoriza e dá condições de qualificação profissional ao jovem estudante. Além de não encerrar nenhum contrato, a Prefeitura também paga sem atrasos. Com a bolsa garantida, esses jovens podem estudar, tranquilizando seus familiares, principalmente diante da situação que enfrentamos”.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas