Conecte-se agora

PSDB diz em nota que provável vice do pré-candidato Minoru não foi discutida no partido

Publicado

em

NOTA DE ESCLARECIMENTO

O Partido da Social Democracia Brasileira – PSDB/AC comunica que ainda não foi escolhido o vice para compor a chapa da pré-candidatura para a prefeitura Municipal de Rio Branco no pleito de 2020. O partido compreende as conjecturas feitas pelos analistas políticos e jornalistas, contudo é preciso enfatizar que não há, no presente momento, qualquer conversa com partidos ou figuras públicas, para a definição de um vice para o PSDB. Todas as ilações, nesse sentido, não são verdadeiras.

Todas as deliberações para a definição do vice, em uma possível candidatura do PSDB, serão reguladas pelo diálogo franco e democrático com todas as siglas partidárias que farão parte do arco de nossas alianças.

É preciso enfatizar à população de Rio Branco que todas as informações oficiais referentes à definição do vice serão feitas diretamente pelo PSDB e pelas páginas oficiais do pré-candidato, Minoru Kinpara, no Facebook e no Instagram.

Estamos sempre à disposição para sanar quaisquer dúvidas e prestar esclarecimentos.

Mário Paiva
Presidente da Executiva do PSDB/Rio Branco

Anúncios

Acre 01

Desembargador Pedro Ranzi nega liberdade a Tião Fonseca e caso vai parar no STJ

Publicado

em

O desembargador Pedro Ranzi, do Tribunal de Justiça do Acre, negou o pedido de revogação de prisão temporária do ex-diretor do Depasa, Tião Fonseca. O despacho do magistrado foi protocolado na tarde desta quarta-feira, 5.

Como o Habeas Corpus impetrado pela defesa de Fonseca em segredo de justiça, o ac24horas não teve acesso aos argumentos de Ranzi para a manutenção de Fonseca, que está preso desde segunda-feira, 3, quando foi alvo da Operação Toque de Caixa, da Polícia Civil, que investiga desvio de recursos enquanto ele presidiu o departamento por cerca de três meses.

O advogado Rodrigo Aiache, responsável pela defesa de Fonseca, afirmou ao ac24horas que levará o caso ao Superior Tribunal de Justiça (STJ). “Vamos para o STJ, pois, como disse anteriormente, os requisitos para a prisão preventiva não estão preenchidos”, argumentou.

Sobre o pedido para que a empresária Delba Bucar, esposa de Fonseca e dona da Bucar Engenharia, seja convertido em prisão domiciliar, já que ela se encontra em tratamento de saúde em Brasília, a defesa revelou que o juiz Cloves Augusto, da 4° Vara Criminal ainda não se pronunciou.

Continuar lendo

Acre 01

Bestene diz que não duvida da candidatura de Petecão ao governo em 2022

Publicado

em

O deputado estadual e um dos líderes do Progressistas, José Bestene, fez uma análise sobre as eleições municipais de 2020 e afirmou que o pleito deste ano será preponderante para as pretensões do Progressistas para as eleições de 2022.

Ele afirmou que a cúpula do Progressistas espera uma conversa do governador para evitar uma possível saída dele do partido. As declarações foram dadas na tarde desta quarta-feira, 05, em entrevista ao jornalista Itaan Arruda, do Gazeta Entrevista.

“Eu entendo que qualquer decisão que ele (Gladson) vier a tomar deveria, na verdade, comunicar os seus parceiros de primeira hora. É muito ruim a gente ficar sabendo por terceiros. Politicamente, tenho procurado orientar o governador Gladson olhando o cenário de 2022 pela experiência que eu tenho. Gladson tem um partido tradicional que foi do tio dele e temos ele como a maior liderança. Portanto, a gente espera que ainda ele possa conversar com o seu partido para nos dar essa informação”, pontuou.

O parlamentar destacou que não duvida da candidatura do senador Sérgio Petecão (PSD) ao governo para 2022. Bestene argumentou que Petecão tem uma diferenciação em relação à Gladson, que é os seis anos de mandato no Senado Federal.

“Hoje nós sabemos que daquela aliança de 2018, o Rocha já tem a candidatura dele e o MDB também aliados de primeira hora e tem justamente essa terceira força que é o Petecão. Queira ou não queira, o Petecão é a 5º figura da República e é uma pessoa que tem bastante liderança. Quando converso com o Gladson, tenho colocado essa força do Petecão, e eu espero que ele possa pelo menos ouvir aquelas pessoas que queiram o bem dele em 2022”, pontuou.

“O Petecão colocou com muita clareza que se o Gladson for candidato à reeleição ele não será candidato em 2022. Evidentemente, com essa conjuntura de que o Gladson poderá apoiar a Socorro Neri, eu não tenho nenhuma dúvida que o Petecão poderá também procurar outro caminho para se consolidar em 2022, e é isso que a gente tem buscado e é isso que tenho colocado para o governador Gladson. Eu não gostaria que isso acontecesse e nós estamos trabalhando para que o governador tenha uma reeleição tranquila”, afirmou.

Por fim, Bestene disse não entender o apoio de Gladson à Socorro Neri. ”Não tenho nada contra a prefeita Socorro Neri, mas ela foi eleita numa chapa encabeçada pelo Marcus Alexandre e todos viram”, questionou.

Continuar lendo

Acre 01

Gladson diz que não vai retirar a candidatura de Kinpara e pode se filiar ao PSDB após as eleições

Publicado

em

O governador Gladson Cameli afirmou na manhã desta quarta-feira, 5, no Palácio Rio Branco, que deve apresentar carta de afastamento do Progressistas e que existe a possibilidade de se filiar ao PSDB somente depois das eleições.

Evitando polemizar, o governador voltou a afirmar que recebeu todas as garantias da executiva nacional tucana que seria o mandatário tucano no Acre. “Já foi conversado. Sentarei com todos partidos. Minha decisão de apoio já está tomada [apoio a Socorro Neri] e não vou retirar candidatura de ninguém, fiquem tranquilos. Vou conversar com todos. Estou vendo datas e horários”, disse.

Cameli minimizou também as falas da deputada Mara Rocha dando a entender que governador seria bem vindo desde que respeitasse a ordem. “Eu não quero problema com a Mara. Quero que ela mande recursos para o Acre nas suas emendas só isso, pontuou.

Sobre sua situação no PP, Cameli confirmou que pedirá afastamento e deu um puxão de orelha no deputado José Bestene que afirmou que ele não deixaria o partido e pôs a culpa na imprensa. “A imprensa não mente. Não tem ninguém para falar por mim. Ninguém está autorizado a falar por mim”, disse.

Continuar lendo

Acre 01

Relatório mostra que Acre não reduziu gasto com pessoal e Sefaz pede revisão

Publicado

em

Uma portaria publicada pela Secretaria de Tesouro Nacional (STN) nessa segunda-feira, 3, aponta que o Acre deixou de cumprir a meta 3 do Programa de Ajuste Fiscal (PAF) da STN. Essa meta diz respeito à relação entre receita corrente líquida e gasto com pessoal, sendo que o Governo do Estado ultrapassou em 2,64% o limite de 60% estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal no ano de 2019.

A boa notícia é que das seis metas exigidas pela STN para garantir o refinanciamento das dívidas, apenas a 3 foi descumprida. As demais metas – endividamento, resultado primário, arrecadação própria, gestão pública e disponibilidade em caixa – todas estão ajustadas, segundo portaria do Diário Oficial da União e também com o Relatório de Execução do PAF, documento produzido pela Secretaria de Fazenda do Acre.

Esse relatório foi publicado dia 29 de maio deste ano e está assinado por Raymson Bragado, secretário-adjunto do Tesouro Estadual; Pedro Brilhante, diretor-geral de Contabilidade do Estado; e Eduardo Maia, da Divisão de Informações Contábeis Fiscais.

O relatório pede revisão das metas do PAF para o período de 2020 a 2022, “apesar do aumento da receita própria” e considerando o agravamento do quadro fiscal por causa da pandemia da Covid-19.

Confira aqui: http://www.sefaz.acre.gov.br/wp-content/uploads/RELAT%C3%93RIO-SOBRE-A-EXECU%C3%87%C3%83O-DO-PAF-2019.pdf

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas