Conecte-se agora

Aumenta número de cidades no Acre com mais de 500 casos de Covid-19

Publicado

em

Já são duas cidades acreanas que tem atualmente entre 501 e 1000 casos confirmados de coronavírus. Tarauacá e Sena Madureira são os municípios que se encontram nessa faixa, com 652 e 580 contaminados, respectivamente. Conforme último boletim da secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), o Acre ao todo 13. 146 pessoas que já foram infectadas pelo vírus.

Quase 31 mil pessoas já notificaram casos suspeitos ou confirmados da doença. Destas, 17.367 tiveram exame negativo para Covid-19. O Acre também já teve 7.295 altas médicas e ainda aguada 447 resultados de exames.

Com relação aos óbitos, subiu para 361 o número de motes decorrentes da doença.

A cidade com maior taxa de letalidade continua sendo Rio Branco, que tem 256 pessoas que foram a óbito por conta do coronavírus, seguida de Cruzeiro do Sul, com 35 óbitos.

Anúncios

Destaque 4

OAB/AC e CAA/AC entregam parlatórios e se reúnem com a advocacia de Cruzeiro do Sul

Publicado

em

As diretorias da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Acre (OAB/AC) e da Caixa de Assistência dos Advogados (CAA/AC), e presidentes de comissões, participaram de atividades na Subseção Vale do Juruá, em Cruzeiro do Sul, entre os dias 21 e 23 de outubro. Assistência às comunidades do Rio Croa, inauguração de novos espaços e escutas com a advocacia local foram algumas ações realizadas pelos dirigentes.

No dia 21, a OAB/AC prestou assistência jurídica aos moradores das comunidades ribeirinhas do Croa, durante a ação do Outubro Rosa. No dia 22, os advogados entregaram a reforma de dois parlatórios no Presídio Manoel Neri e inauguraram o terceiro. Essa foi a 2ª fase do Projeto Parlatórios, gerenciado pela Caixa de Assistência com o apoio da Ordem dos Advogados.

Para Thiago Poersch, presidente da CAA/AC, o ato representa o compromisso da gestão com a advocacia criminal e os advogados do interior do estado. “A advocacia local recebeu com muita alegria este projeto. Por várias vezes o atendimento era realizado em pé, na grade, mas agora os atendimentos podem ser realizados de forma segura, digna e reservada com o cliente”. A entidade também construirá um parlatório no Presídio Feminino e uma sala de amamentação para as mães advogadas, no Fórum da cidade, além de ampliar a rede de convênios na região.

A visita também proporcionou encontros com a jovem advocacia e com as mulheres advogadas, além de fortalecer e esclarecer sobre as prerrogativas da classe. Erick Venâncio, presidente da Ordem, destacou o empenho dos profissionais em exercerem a advocacia. “Nas nossas visitas ao interior é possível observar que os advogados são verdadeiros guerreiros, já que o acesso a algumas ferramentas é limitado para o pleno exercício do trabalho. Esses dias aqui representam o nosso empenho em oferecer melhores condições aos colegas”, pontuou.

 

Continuar lendo

Destaque 4

Indígenas investem em segurança alimentar para reduzir impacto da Covid-19 em aldeias

Publicado

em

Foto: Divulgação/The Nature Conservancy

Agentes agroflorestais Indígenas no Acre junto com as comunidades vêm há mais de 25 anos enriquecendo as florestas com Sistemas Agroflorestais (SAFs). Graças a estas iniciativas, uma grande quantidade de alimentos é produzida localmente, nas Terras Indígenas, reduzindo a saída em direção às cidades para comprar alimentos.

“Uma das maiores forças do trabalho dos agentes é justamente animar as famílias a plantarem, produzindo a recuperação de áreas degradadas. Esse trabalho valoriza muito a segurança alimentar”, disse Julieta Matos, da Comissão Pró-Índio do Acre, em podcast sobre o tema.

A segurança alimentar nas aldeias diminui as chances de contaminação da doença Covid-19. O projeto Experiências Indígenas de Gestão Territorial e Ambiental no Acre é executado pela CPI com apoio do Fundo Amazônia/BNDES, e parceria com as Associações das Terras Indígenas, a Associação do Movimento dos Agentes Agroflorestais Indígenas do Acre e Organização dos Professores Indígenas do Acre.

Continuar lendo

Destaque 4

Simulação de 2º turno põe Socorro vencendo Minoru Kinpara, Bocalom e Roberto Duarte

Publicado

em

Os números da pesquisa Real Time Big Data divulgados nesta sexta-feira, 23, que colocaram Minoru Kinpara (PSDB) e Socorro Neri (PSB) empatados com 27% na pesquisa estimulada, trazem também a simulação de um eventual segundo turno entre os quatro candidatos melhores colocados no levantamento. De acordo com a simulação, a candidata socialista à reeleição, Socorro Neri, venceria Minoru Kinpara (PSDB), Roberto Duarte (MDB) e Tião Bocalom (PP).

Na avaliação do 1º cenário, onde Socorro disputa com Bocalom, a candidata socialista registra 51% contra 31% do Progressista. Branco ou nulo registrou 12% e não souberam ou não responderam marcou 6%.

Já no cenário 2, onde Neri enfrenta Duarte, a Socialista registra 47% enquanto o emedebista marca 30%. Branco e Nulo marca 12% e não souberam ou não responderam registrou 11%.

No cenário 3, Socorro marca 41% contra 33% do tucano Minoru Kinpara. Branco e nulo registrou 10% e não souberam e não registraram, marcou 16%.

A pesquisa Real Time Big Data ouviu 850 pessoas e foi realizada entre os dias 17 a 21 de outubro. A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%. O levantamento está registrado no Tribunal Regional Eleitoral do Acre com o número AC 06308/2020.

Continuar lendo

Destaque 4

Presidente Jair Bolsonaro tem aprovação de 55% dos acreanos que residem em Rio Branco

Publicado

em

Foto: Divulgação 

A pesquisa Real Time Big Data divulgada pela TV Gazeta/Rede Record nesta sexta-feira, 23, também trouxe a avaliação das gestões da prefeitura de Rio Branco, governo do Estado e também da presidência da república.

De acordo com o levantamento, quando o eleitor é questionado sobre a satisfação do mandato de Socorro Neri (PSB), 36% considera ótimo/bom e 38% acreditam ser regular. 23% acham ruim ou péssimo e não souberam ou não responderam marcou 3%.

Já com relação a aprovação, 53% dos entrevistados afirmaram aprovar a gestão da socialista e 37% afirmaram desaprovar. Não souberam ou não responderam marcou 10%.

Quando o eleitor avalia o governo de Gladson Cameli, segundo a pesquisa, 49% aprovam e 38% desaprova. Não souberam ou não responderam marcou 13%.

Com relação ao presidente Jair Bolsonaro, 55% dos entrevistados em Rio Branco aprovam a sua gestão e 34% desaprovam. 11% não souberam ou não responderam.

A pesquisa Real Time Big Data ouviu 850 pessoas e foi realizada entre os dias 17 a 21 de outubro. A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%. O levantamento está registrado no Tribunal Regional Eleitoral do Acre com o número AC 06308/2020.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas