Conecte-se agora

Criminosos invadem casas, matam um e deixam outro ferido em Rio Branco

Publicado

em

A guerra entre facções não dá trégua e mais duas pessoas foram alvos da violência na capital. André Saraiva da Costa, de 34 anos, foi morto a tiros e Gerdeildo dos Santos Anoran, de 36 anos, foi ferido com três disparos de arma de fogo na noite desta segunda-feira (29). Os crimes aconteceram na Travessa do Sol, Loteamento Rosa Linda, na região do Segundo Distrito de Rio Branco.

De acordo com informações da polícia, cerca de 10 homens fortemente armados, com pistolas e revólveres, supostos membros de uma facção, saíram de dentro de uma área de vegetação que faz a divisa do Loteamento Rosa Linda e Conjunto Habitacional Cidade do Povo e invadiram três residências.

Na primeira ação, os faccionários invadiram a casa de uma pastora em busca de matar o filho, que ao perceber os membros da facção estavam na sua casa, correu, pulou o muro da residência e conseguiu fugir dos criminosos.

Não satisfeitos, os faccionários invadiram outra casa aonde André se encontrava com sua esposa, os renderam e o executaram com vários tiros. A esposa saiu ilesa na ação dos membros da facção.

Após matarem André, os acusados se deslocaram até a residência Gerdeildo e o feriram com três disparos de arma de fogo, que atingiram a mão, orelha e abdômen. Mesmo ferido, a vítima ainda conseguiu fugir dos faccionários e pediu ajuda na casa de vizinhos que o encaminharam a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Segundo Distrito e, em seguida, foi levado por uma ambulância ao Pronto-Socorro de Rio Branco em estado de saúde grave.

A ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada até a casa de André, mas quando o médico chegou ao local, apenas atestou a sua morte.

Policiais Militares se deslocaram até a região e isolaram a área casa de André para os trabalhos do Perito em criminalística, em seguida fizeram rondas na região em busca de prender os membros da facção, mas ninguém foi encontrado.

O corpo de Saraiva foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para os exames cadavéricos.

Os crimes serão investigados pelos Agentes de Polícia Civil da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). A polícia acredita que o crime seja uma retaliação da morte de um dos fundadores do Bonde dos 13, na manhã desta segunda-feira (29).

Anúncios


Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas