Conecte-se agora

Leilane Ribeiro, que era diretora da OCA, morre em UTI do Santa Juliana

Publicado

em

O governo do Acre acabou de anunciar, por meio de uma nota de pesar, o falecimento da diretora da Organização das Centrais de Atendimentos (OCA), Leilane Ribeiro de Oliveira, ocorrido no início da noite desta segunda-feira (29), na UTI do Hospital Santa Juliana.

Leilane chegou a ser indicada para assumir o Acreprevidência no ano passado e também ocupou um cargo de diretora na Secretaria de Planejamento e Gestão.

Agente administrativa da Polícia Federal, Leilane tinha 39 anos, era natural de Cruzeiro do Sul. Filiada ao Partido Progressista, foi candidato à deputada federal nas eleições de 2014, quando obteve 2.866 votos.

Segundo informações, a causa da morte teria sido um Acidente Vascular Cerebral (AVC). Não há ainda informações sobre velório e sepultamento.

Leia a nota de pesar do governo acreano:

NOTA DE PESAR

O Governo do Estado do Acre comunica, com profundo pesar, o falecimento da Diretora da Organização das Centrais de Atendimentos (OCA), Leilane Ribeiro de Oliveira, ocorrido no início da noite desta segunda-feira (29), na UTI do Hospital Santa Juliana.

Manifestamos nossas sinceras condolências à família enlutada, ao mesmo tempo em que declaramos toda honra à esta jovem e brava mulher acreana de Cruzeiro do Sul, servidora de carreira da Polícia Federal, que pautou sua história de vida pelo trabalho e dedicação à família e às causas sociais.

Que Deus, em sua infinita misericórdia, console os corações de seus entes queridos, dando-lhe a paz e o amor necessário neste momento de imensa dor e tristeza.

Gladson de Lima Cameli
Governador do Estado do Acre

Anúncios


Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas