Conecte-se agora

Familiares reclamam da demora de informações sobre pacientes internados no INTO

Publicado

em

O técnico de enfermagem Luecildo Fiesca Ferreira, 53 anos, é mais um profissional de saúde contaminado com o novo coronavírus no Acre. No no caso de Luecildo há mais um agravante. A família do técnico em enfermagem procurou o ac24horas para reclamar da falta de informação do INTO, local onde o profissional de saúde está internado.

Luecildo está internado há 13 dias. “Até sexta-feira passada meu irmão estava bem. Quando foi ontem, uma amiga minha, que também é servidora da saúde, ligou chorando e perguntou se ele tava na UTI. Eu fiquei louco e liguei para todo mundo. A mulher dele também não sabia de nada, simplesmente porque ninguém dá notícias”, diz Luenildo Ferreira, irmão do paciente.

O irmão conta que até hoje, o INTO ainda se pronunciou sobre o estado de saúde de Luecildo. “Isso é um absurdo. A gente sabe que ele tá entubado porque conhecemos muitas pessoas por sermos da saúde, mas até hoje o Hospital ainda não entrou em contato com a gente para saber qual é o real estado de saúde. Pelo que sei, ele foi entubado na madrugada de sexta-feira e até hoje não sabemos notícias oficiais”, diz Luenildo.

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre) foi procurada, mas ainda não se manifestou à respeito das reclamações da família.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas