Conecte-se agora

Jorge Viana: “o Gladson e a Socorro fazem governo fraco”

Publicado

em

O ex-senador Jorge Viana (PT) é hoje a maior liderança da oposição no Acre. Após perder a eleição para o Senado recolheu-se num silêncio de mosteiro budista, evitando a dar declarações mais longas. Fez uma ou outra fala sobre o momento político. Com a chegada da sucessão municipal a sua presença no debate eleitoral ficou mais importante ainda. Pela primeira vez depois da última eleição, Jorge Viana resolveu abrir o jogo na entrevista que o BLOG DO CRICA publica. Jorge fala do novo momento político do PT, como o seu partido vai encarar a sucessão municipal, o que pensa dos governos do Gladson Cameli e da prefeita Socorro Neri, avalia o momento nacional, e se posciona sobre a eleição de 2022. Faz colocações que vão suscitar polêmicas. Abaixo, Jorge Viana sem censura:

BLOG DO CRICA- Como o PT encara o primeiro desafio depois da derrota fragorosa, na eleição para a PMRB?

JORGE VIANA – Penso que devemos seguir tirando lições dos erros cometidos em nossa trajetória de gestões no Acre e da derrota de 2018. Porém, meu foco está na reconstrução de um novo momento político que resgaste a confiança das pessoas, que seja lindo e vitorioso como foi o nosso durante anos. 

BLOG DO CRICA- Qual o seu papel neste novo cenário?

JORGE VIANA – O de ajudador, agora mais maduro e experiente. Graças ao PT e nossos aliados temos um legado muito positivo de nossos governos e nosso trabalho na prefeitura de Rio Branco foi extraordinário.

BLOG DO CRICA – Como será o PT fazer uma campanha após 20 anos no poder e agora fora?

JORGE VIANA – Nossa eleição mais linda e emocionante foi em 1990, quando perdi para o Edmundo Pinto no segundo turno. Nossa primeira vitória foi em 92, quando fui eleito prefeito, depois fui eleito governador em 98. Disputamos e ganhamos com nossas propostas e nossa militância. Nossa maior derrota foi quando estávamos no governo e na prefeitura. Uma das maiores potocas é dizer que ganhamos com o uso da “máquina” e que o Orleir Cameli nos apoiou em 98. O único entendimento que fiz foi o de que ganhando o governo eu não permitiria perseguição contra ele. Cumpri a palavra e ele sempre me agradeceu isso. Bem diferente do que o sobrinho dele fez agora.

————————————————————– ———————–  

“O GLADSON PERDEU A CONFIANÇA DOS LÍDERES PARTIDÁRIOS”

——————————————————————————————–.

BOG DO CRICA-Como vocês do PT viram o afastamento da prefeita Socorro da aliança com o partido?

JORGE VIANA – Com muita tristeza. Sei o quanto ajudei essa gestão. Ela foi injusta comigo e com muitos bons companheiros. A Prefeita tenta justificar suas decisões a partir da relação que nunca teve com o PT. Quem não gostaria de contar com a experiência de ex-prefeitos como Angelim e Marcus Alexandre? Será que é normal ela, que foi vice do Marcus, nunca tê-lo chamado para trocar idéias sobre a gestão? Vou seguir respeitando seu currículo acadêmico, mas uma pessoa que teria dificuldades de se eleger a qualquer cargo, ter sido agraciada com um mandato de prefeita e tratar com desdém o seu principal aliado, o partido que a fez ocupar este posto, isso é inaceitável. Aprendi que um dos valores mais nobres na relação política é a lealdade. Infelizmente, tenho que dizer que, não foi o que eu vi na prefeita Socorro Neri. Ela dizia que adorava o governador Tião, que admirava o Marcus Alexandre, mas agora o seu ídolo é o bolsonarista Gladson. Sem ressentimentos, apenas uma constatação, vida que segue.

BLOG DO CRICA- Qual a avaliação que faz da gestão da prefeita Socorro Neri?

JORGE VIANA- A Socorro é uma pessoa esforçada, mas sua gestão é muito fraca. Aliás, a pandemia ter servido de álibi para muitos gestores, mascarando suas incapacidades. O espaço de governo nas três esferas, por conta das diversas crises que estamos vivendo – econômica, política, institucional – agravadas pela crise sanitária que cria um verdadeiro caos social, nunca necessitaram tanto de lideranças como agora. Uma gestão meramente burocrática não é suficiente para o desafio que o momento nos impõe. E sejamos sinceros, muito do que está sendo realizado ultimamente pela prefeitura, em via de regra, é carona no trem que já estava em movimento com as políticas públicas e os projetos concebidos e iniciados pelo Marcus Alexandre. Nós criamos uma competência administrativa na Prefeitura. Começou comigo, mas se consolidou com o Angelim e Marcus.

BLOG DO CRICA – E da gestão do governador Gladson Cameli?

JORGE VIANA- O Gladson está começando por onde terminamos. Em pouquísimo tempo ele já fez um estrago danado: perdeu a confiança dos líderes partidários, brigou com o vice e conseguiu desfazer a aliança que o elegeu. É muito fraco administrativamente e tenta tirar benefícios dessa crise sanitária que vivemos. Sua palavra é como nota de três reais. É um governo sem projeto, que nada tem a propor para o futuro, um governador que fala do que não sabe e não sabe do que fala. É uma pena que no meio dessa pandemia, dessa tragédia humana, tenhamos o Gladson governando nossa terra. Mas, mesmo diante desse caos, acredito que com união, planejamento e trabalho haveremos de fazer o Acre voltar a dar certo.

——————————————————————————————————————-

“BOLSONARO E SEU GOVERNO VIRARAM UM PROBLEMA GRAVÍSSIMO PARA O BRASIL”

——————————————————————————————————————

BLOG DO CRICA- O PT pensa numa aliança com o MDB?

JORGE VIANA – Vivemos um desgaste da política há alguns anos, temos nossa parcela de culpa, mas nosso país não merecia um presidente como Bolsonaro. Como já falei, estou atuando para criarmos um novo movimento político. Sempre fui defensor de coligações, foi assim que ganhamos e governamos, mas tudo tem limites, e o limite é o Bolsonaro e sua política desastrosa. Depois dessa pandemia vamos precisar de mais estado e não menos. Mas um Estado eficiente. Temos que ter ação e investimento público para socorrer as pessoas, as empresas. Penso que o processo de reconstrução do nosso país terá que ser como nos pós-guerras. Os pontos centrais para nossas alianças deverão ser o de combate ao governo Bolsonaro e compromisso com a reconstrução econômica e social do Acre e do Brasil. Defendo que estejamos mais criteriosos, mas abertos a outros partidos, inclusive o MDB.

BLOG DO CRICA- A FPA foi desfeita, boa parte dos pequenos partidos se aninharam no governo, como compensar a perda?

JORGE VIANA – O modêlo partidário brasileiro perdeu a validade. Não há exemplo no mundo de grandes democracias com essa quantidade de partidos. O PT pagou caro por não fazer a reforma política quando podia ter feito. Ficou sendo acusado de corrupção por conta do financiamento de uma ruma de partidos que precisava ter como alidos para garantir a maioria no Parlamento. A política partidária foi avacalhada e se desmoralizou. Pra muitos o poder é fonte de renda, isso explica alguns partidos estarem sempre próximos de quem está no poder. Partido virou mercadoria. Veja agora essa briga pelo controle do PSL, é briga por dinheiro e tempo na TV.

BLOG DO CRICA- JV em 2022, para governador ou senador?

JORGE VIANA – Estamos no meio dessa trágica pandemia que trouxe tanto luto, que tirou tantas vidas, que confesso que não tenho condições de pensar sobre candidatura minha em 2022 agora. Que mundo vamos ter quando isso passar? Na construção de um novo movimento político, na colaboração da reorganização do PT, claro que eu me sinto no dever de estar disponível pra luta, mas Marcus Alexandre, Angelim e outros podem disputar qualquer cargo majoritário em 2022. É certo que tenho disposição de disputar a eleição, mas isso tem que ser algo construído no coletivo e decidido na hora certa

BLOG DO CRICA- A candidatura do Daniel Zen (PT) a prefeito de Rio Branco pode decolar?

JORGE VIANA- O deputado Daniel Zen (PT) acaba de ter a sua pré-candidatura homologada pelo Diretório do PT. Estou feliz de ter, com a ajuda do Angelim e do Marcus Alexandre, colaborado para a escolha do nome do Zen. Ele é professor da UFAC, é funcionário público concursado, estreou como gestor público no meu governo. Foi Secretáriode Cultura no governo Binho, foi secretário de Educação no governo do Tião e é Deputado. Sinceramente, ter alguém jovem com essa biografia para poder depositar o voto é extraordinário. E o compromisso dele é o de levar adiante o trabalho que eu, o Angelim e o Marcus fizemos na Prefeitura. Estamos unidos e juntos para a construção de um novo projeto pra nossa  Rio Branco, que, liderado pelo Daniel Zen, aponte para o futuro.

BLOG DO CRICA-Governo Bolsonaro?

JORGE VIANA – Bolsonaro e seu governo viraram um garvísimo problema para o Brasil e os brasileiros. Depois da ditadura militar eu nunca pensei em viver o que estamos vivendo agora. Tenho vergonha disso tudo. A definição de governo fascista não é à toa. O nosso país não merece um governo obscurantista, que nega a ciência, que prega o ódio, que é preconceituoso contra minorias, que aposta em armar a população, que entrega o patrimônio nacional, que incentiva a destruição da Amazônia e dos povos indígenas, que tira direitos sociais e acaba com a imagem internacional do Brasil. No meio de uma tragédia humanitária temos o pior presidente da história nos governando. Ele e Paulo Guedes são as pessoas erradas para enfrentar essas graves crises. Penso que a situação social e econômica do nosso país deve se agravar e essas crises institucionais criadas por ele também. Por isso, para o bem do país, defendo a saída dele. E acho que dificilmente concluirá o mandato. 

—————————————————–

“É COMO VENDER TERRENO NA LUA”

—————————————————–

BLOG DO CRICA- Como você vê as medidas de isolamento no Acre?

JORGE VIANA – Primeiro minha homengem aos profissionais que lutam contra esse vírus. Essa pandemia deixou o mundo de joelhos, já tirou quase 60 mil vidas no Brasil e no nosso Acre deixou quase 400 famílias enlutadas. É uma tragédia. E quando se trata de uma doença contagiosa como essa, eu acho que todo mundo tem que ajudar, mas tem gente roubando o dinheiro da saúde. Acho que no caso do Brasil e também no Acre, o isolamento social não foi feito como em outros países, onde foi realizado o isolamento social de verdade, por 45 dias, e depois, com os indicadores de casos indicando queda no número de infectados, progressivamente foi se dando a retomada das atividades pelas pessoas. Aqui, estamos há quase 4 meses, num faz de conta do isolamento, que nem é totalmente fechado, nem totalmente aberto, e que está ruim pra todo mundo. E sinceramente, acho que isso é responsabilidade das autoridades, especialmente do governo federal. A sociedade dividida, todos contra todos, quando nós deveríamos estar todos unidos pra vencer esse vírus.

BLOG DO CRICA- A sua participação será ativa na campanha da capital?

JORGE VIANA – Essa campanha será diferente, é a primeira vez que não terá coligações proporcionais, ou seja cada partido sai com sua chapa de vereadores. E isso é novo e importante para a gente fortalecer os partidos e combater essa negociata de proliferação de partidos. Por outro lado, a tendência é termos uma campanha digital, por conta da pandemia. Mas a nossa campanha, do Daniel Zen, vai ser em cima de programa, de propostas, porque nos governamos a cidade, o mandato que está terminando agora é do Marcus Alexandre, e eu penso que o Daniel Zen vai sustentar sua campanha com base nas três gestões que tivemos a frente da Prefeitura de Rio Branco, mas sempre apontando pra frente, pra inovação e pro futuro. E eu, Marcus Alexandre e Angelim, vamos ajudar e estaremos na luta.

BLOG DO CRICA- Com encara a tentativa de modificar o status ambiental da Serra do Divisor? Pode abrir uma nova frente de devastação florestal no estado?

JORGE VIANA – Sobre a questão ambiental, a questão indígena, eu tenho vergonha das autoridades que estão em Brasília hoje. Um Ministro que está lá para destruir tudo o que o Brasil construiu ao longo de anos, e que inclusive, está tendo reflexos econômicos, uma vez que países estão impedindo que o Brasil receba recursos de fundos internacionais que financiam o desenvolvimento de países, por conta das medidas ambientais. E quando eu vi autoridades do Acre, políticos do Acre, fazendo romaria em Brasília para mudar o status de Parque da Serra Nacional do Divisor, eu fiquei com vergonha. Porque esse é o jeito de não fazer estrada. É uma mistura de ignorância política com pensamento atrasado. O mundo está debatendo a mudança climática. Toda a agenda, inclusive a do Fórum Mundial Econômico de Davos aponta pra isso. Quando passar essa pandemia, o mundo terá que trabalhar melhor as questões relacionadas ao meio ambiente, proteger mais as florestas, e não o contrário. E a tese da integração com Peru não se sustenta. Ela já foi feita na época do meu governo com a ajuda dos presidentes Fernando Henrique e Lula. Eles tinham era que fazer melhor uso do que temos. Sinceramente, isso é como vender terreno na lua. E esses políticos inimigos dos índios, do meio ambiente e das unidades de conservação, jamais irão conseguir uma mudança dessas. Isso porque a justiça brasileira não vai permitir, porque o Ministério Público não vai permiir. É a marcha da insensatez. É a marcha do atraso. Por isso que eu acho que esses políticos que estão hoje nos mandatos, que estão governando o Acre, vão ter vôo de galinha. Já, Já o povo vai tirá-los dos cargos, dos mandatos, e o Acre vai se encontrar com propostas que apontem pro futuro e não pro atraso. Mais do que nunca as teses que nos defendíamos quando eu estava no governo, de fazer uso da floresta, se fazem necessárias agora. Agora é mais que atual defender uma economia florestal forte. Claro que apoiando todo setor agropecuário, como fiz quando era governador, e apoiando também, especialmente, a pequena produção no Acre. Mas a saída econômica para o Acre é usar a biodiversidade, usar a floresta de forma sustentável. Quando alguns criticam o nosso governo pelo foco na floresta, é só olhar o PIB. O PIB durante o meu governo, saiu de 1 bilhão e 600 milhões de reais, para quase 6 bilhões de reais. Porque teve crescimento econômico. Nossa política fez crescer a pecuária, a agricultura, e a área florestal toda. Foi assim que aconteceu. Essa proposta é uma verdadeira insensatez conduzindo os rumos do país e do nosso Acre, não me surpreende.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas