Conecte-se agora

“Hoje não existe previsão para reabertura”, diz coordenadora do Pacto Acre Sem Covid

Publicado

em

O Boa Conversa, do ac24horas, desta sexta-feira, 26, recebeu dois convidados ilustres, o médico Guilherme Pulici e a farmacêutica Karolina Sabino, coordenadora do “Pacto Acre Sem Covid”. A  intermediação do debate foi feita pelo jornalista Marcos Venicios. Para quem não acompanhou ao vivo, a transmissão está disponível no Facebook do jornal online e também na página do Youtube.

Primeira a falar, Karolina Sabino afirmou que o pacto contou com a participação de diversas entidades e que contempla três parâmetros. “Critério de responsabilidade social, que é a faixa de isolamento social, além disso, o sistema de saúde e os locais da reabertura da economia que causa aglomerações. Não foi uma decisão aleatória, por isso que paramos e pensamos que precisamos sistematizar o plano. É um projeto da sociedade como o todo, e tivemos uma participação de diversas entidades”, afirmou.

Ela afirmou que o pacto só terá êxito se tiver a colaboração de toda a sociedade civil. “Não basta apenas o governo do Acre dá as diretrizes, é necessário ter a participação inteira da sociedade”, frisou, destacando ainda que atualmente o Estado está em emergência e não existem parâmetros para flexibilização das atividades. “Não posso te dizer que daqui a 15 ou 30, recebemos dados a todo o momento, mas hoje, com base no plano, não se reabre nada de forma segura”.

Já o médico Guilherme Pulici, que tem atuado na linha de frente no combate ao Covid-19, destacou que para a reabertura da economia o governo do Acre é preciso investir em testagem em massa. “Tem que testar bastante pra gente poder flexibilizar o isolamento, e passar apenas para o distanciamento”.

Sistema de Saúde

Karolina Sabino afirmou que o Acre está em um momento de emergência devido à taxa de ocupação de UTIs. Segundo ela, cada duas pessoas acometidas pelo vírus infectam outras três pessoas. “Se a população não se conscientizar não adiantar o governador comprar 50 ou 100 leitos de UTIs. A ideia do pacto é medir periodicamente a cada 15 dias a situação do vírus no Acre. Iremos fazer a medição de dados para ver se iremos flexibilizar. A gente sabe que em grande parte, precisamos da colaboração da população. A cada duas pessoas infectam três pessoas. Esse processo vai contaminando outro e outros. E o que a gente precisa das medidas sanitárias básicas como lavagem das mãos e álcool”.

Mudanças de hábitos

Já Guilherme Pulici afirmou que a população precisa mudar os hábitos até a descoberta de uma vacina. “Vamos ter que mudar hábitos! Eu sei que isso não é fácil… é característico do nosso povo de abraçar, conversar perto um do outro, compartilhar copo, talher, entre outras coisas”, afirmou.

Assista a entrevista completa:

video

 

Anúncios

Acre

Acre contabiliza 87 novos casos e mais 1 óbito por Covid-19

Publicado

em

O Acre registrou 87 novos casos de contaminação pelo coronavírus no estado, neste domingo, 25. Assim, o número de infectados subiu de 30.217 para 30.304 nas últimas 24 horas.

Segundo a secretaria de Estado de Saúde do Acre, mais 1 óbito foi registrado neste domingo, sendo do sexo masculino, cujas iniciais são J. L. S., de 90 anos. Ele deu entrada no dia 9 de outubro, no Hospital Regional do Juruá, em Cruzeiro do Sul e veio a óbito neste sábado, 24, fazendo com que o número oficial de mortes por Covid-19 suba para 687 em todo o estado.

Até o momento, o Acre registra 80.262 notificações de contaminação pela doença, sendo que 49.938 casos foram descartados, enquanto 20 amostras de RT-PCR estão em análise pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) e pelo Centro de Infectologia Charles Mérieux. Pelo menos 27.861 pessoas já receberam alta médica da doença, enquanto 61 seguem hospitalizadas.

Continuar lendo

Cotidiano

Mulher desfere golpe de terçado ao discutir com namorado no Cidade Nova

Publicado

em

Weligton Alves dos Santos, de 41 anos, foi ferido a golpe de terçado no início da tarde deste domingo, 25, durante uma discussão em uma residência localizada na rua Palmeiral, situada no bairro Cidade Nova, região do Segundo Distrito de Rio Branco.

De acordo com a polícia, Weligton estava na casa de um tio em uma confraternização quando entrou em discussão com sua namorada. Irritada, a mulher tomou posse de um terçado e desferiu um golpe que atingiu o namorado no ombro.

Amigos de Weligton seguraram a mulher, a impedindo de desferir mais golpes. Em seguida, acionaram a ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Após os primeiros atendimentos, Weligton foi encaminhado ao Pronto-Socorro de Rio Branco em estado de saúde estável.

Policiais Militares estiveram no local, prenderam a mulher e a conduziram à Delegacia de Flagrantes (Defla) para os devidos procedimentos.

Continuar lendo

Acre

Candidato mostra buracos deixados em asfalto pela prefeitura

Publicado

em

O candidato à prefeitura de Rio Branco pelo Avante, o empresário Jarbas Soster, publicou um vídeo neste domingo, 25, mostrando a situação da rua Angico, localizada no bairro Chico Mendes, na capital acreana.

Segundo ele, dezenas de moradores reclamam diariamente por conta da condição da rua. Nas imagens, são mostrados vários buracos no asfalto, alguns com até 15 centímetros de profundidade, que ainda não receberam o restante dos serviços feitos pela equipe da prefeitura.

“Cavaram e faz semanas que não vem colocar o asfalto. As pessoas fazem manobras com risco muito alto de acidentes”, diz Soster no vídeo. “É assim que a prefeitura trabalha na periferia de Rio Branco”, completa.

O candidato afirma que o serviço foi largado no meio do caminho. “As pessoas aqui não tem apoio, assistência. Aqui o asfalto para chegar é a maior dificuldade do mundo”.

Soster alerta que a situação da rua oferece um perigo iminente de acidentes. “Vamos sair do centro da cidade, prefeitura, vamos para a periferia”, pede.

Veja o vídeo:

 

Continuar lendo

Acre

Casal morre ao colidir moto contra árvore em perseguição policial

Publicado

em

Um casal de acreanos morreu na madrugada deste domingo, 25, durante uma perseguição policial na cidade de Porto Velho, em Rondônia. Samuel Assis Lima de Miranda, 26, e Beatriz Aguiar trafegavam em uma motocicleta modelo Fan 160 quando uma guarnição policial flagrou o casal na contramão da Avenida Jorge Teixeira e deu ordem de parada.

Segundo a polícia, o condutor Samuel não atendeu e seguiu em alta velocidade. A jovem ainda teria gritado para o homem parar, mas ele não atendeu.

A PM fez acompanhamento e uma perseguição foi iniciada. A polícia informou que Samuel entrou na Avenida Tiradentes, ainda em alta velocidade e nas proximidades da Avenida Rio Madeira acabou colidindo a moto em uma árvore. Ambos morreram no local.

A região em que as vítimas colidiram foi isolada e recebeu a presença da perícia criminal. Os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal (IML).

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2020 ac24Horas.com - Todos os direitos reservados.