Conecte-se agora

MPF relata não ter sido convidado para elaborar pacto e agora quer detalhes do governo

Publicado

em

Como o MPF não participou da elaboração e não teve acesso aos estudos que embasaram o plano “Pacto Acre sem Covid”, foi enviado um ofício ao governador Gladson Cameli para que ele disponibilize todos os estudos e fundamentações utilizados.

Após participar de reunião com integrantes do Governo do Acre e vários entes públicos e privados para apresentação do ”Pacto Acre em Covid”, instituído por meio do Decreto 6.206/2020, o Ministério Público Federal (MPF) solicitou, por meio de ofício, que o governador do Acre, Gladson Cameli, encaminhe a íntegra dos dados técnicos que subsidiaram a elaboração do plano.

Segundo o procurador da República Lucas Costa Almeida Dias, responsável pelo pedido, é fundamental para o MPF, que não participou da elaboração do planejamento, conhecer a íntegra dos fundamentos técnicos do documento, que segundo o Governo, pretende “viabilizar a harmonia entre o desenvolvimento econômico, o direito de proteção à saúde e os valores sociais do trabalho, tendo por finalidade precípua a efetiva proteção do direito à vida” no estado do Acre.

O MPF concedeu o prazo de dez dias para o encaminhamento da documentação solicitada.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas