Conecte-se agora

Após Valério e Zamora se colocarem contra, Rocha diz que trata questão apenas com PSL nacional

Publicado

em

“Eles vão decidir se querem um partido grande ou nanico”

O vice-governador Major Rocha (PSDB) afirmou na manhã desta quinta-feira, 25, que as tratativas para decidir se ele vai ou não para o PSL estão nas mãos da executiva nacional. “A questão está sendo tratada via Brasília, com a executiva nacional. Coloquei para a executiva que tentei compor, que tentei conversar, mas pelo visto a direção local não quer, então eu só vou para o PSL se for da vontade da direção nacional me apoiar. Eles vão ter que decidir se quem um partido grande ocupando espaço de destaque ou nanico”, disse.

A resposta de Rocha vem de encontro contra as declarações do presidente do PSL, Pedro Valério, e também do pré-candidato a prefeitura de Rio Branco, o pecuarista Fernando Zamora, que afirmaram ser contra o tucano assumir o comando do partido. Eles afirmam que tem o apoio de mais de 50 pré-candidatos a vereador que são também contra a manobra.

Rocha destacou ainda que os que criticam sua ida para o PSL são “ex-petistas”. “ Boa parte dos que me criticam são aqueles que até pouco tempo estavam do lado do PT, que comiam na mão do Tião Viana, Jorge Viana. Eu nunca votei no PT, mas não me acho melhor do que ninguém. Eu só acho que política se constrói no diálogo e foi o que eu tentei fazer, mas não obtive resultado satisfatório”.

A expectativa é que a Executiva Nacional tome uma decisão a respeito do assunto até o final de semana. O ac24horas apurou que se depender da vontade do vice-governador, a maioria do diretório local será destituída.

Anúncios


Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas