Conecte-se agora

Empresários não acreditam na reabertura do comércio na próxima semana

Publicado

em

As atividades comerciais não devem ser flexibilizadas na próxima semana como estava previsto. O mais provável é que a reabertura do comércio de forma gradual e planejada ocorra nos primeiros dias do mês de julho.

A reportagem levantou com alguns empresários que participaram de uma reunião na manhã desta sexta-feira, 19, e a própria classe empresarial já admite não acreditar que as atividades comerciais sejam flexibilizadas na próxima semana.

O ac24horas apurou que no plano de combate ao Covid-19, o governo prevê estágios da doença que devem ser respeitadas para a flexibilização do comércio. Um dessas é o grau de taxa de ocupação das Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) existentes na rede pública. Seria necessário que essa taxa de ocupação esteja, pelo menos, na bandeira laranja, que significa no máximo ter 80% dos leitos de UTI ocupados.

De acordo com a própria Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre), o estado entrou no final de semana com a situação confortável apenas na Região do Vale do Juruá, onde dos 10 leitos de UTI disponíveis, 7 estão ocupados, o que significa uma taxa de 70%. No entanto, em Rio Branco, a situação continua crítica. Dos 38 leitos de UTI disponíveis, apenas um não estava ocupado. A taxa de ocupação , portanto, é de 97,4%.

O próprio governo já admite que não deve flexibilizar o comércio na próxima semana. O plano deve ser apresentado na próxima segunda-feira, dia 22. “Provavelmente não será prorrogado na próxima semana e na segunda à tarde deverá ter uma coletiva para apresentação do plano. O pessoal vai trabalhar o final de semana para concluí-lo”, destaca Ribamar Trindade, secretário da Casa Civil.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas