Conecte-se agora

Médico e empresário debatem reabertura do comércio no Acre

Publicado

em

O Boa Conversa,  do ac24horas, desta sexta-feira, 19, debateu sobre a possibilidade do reinício das atividades comerciais com o médico e professor da Universidade Federal do Acre, Dr. Fernando de Assis e também com o empresário e advogado Márcio Bezerra Chaves, responsável pelo Movimento Emprego é Vida. A mediação do debate foi feita pelo jornalista Marcos Venicios.

Primeiro a falar, o médico Fernando de Assis destacou que a curva de casos da Covid-19 no Acre tem sido achatada graças às medidas de isolamento social.

“No caso do Acre tivemos uma subida forte nas últimas semanas, mas graças às medidas de isolamento social a curva foi achatada. As medidas de contenção funcionaram”, afirmou.

O empresário Márcio Bezerra Chaves, responsável pelo “Movimento Emprego é Vida”, afirmou que os empresários elaboraram um Projeto para a reabertura da economia com base nas recomendações de autoridades sanitárias, OMS, Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e dentre outros.

“Somos defensores da readequação do convívio com a Covid-19. O nosso novo normal. Desejamos muito a reabertura de uma forma consciente. Queremos saber primeiro o que o Decreto vai dizer e quais serão as recomendações tanto para a população, empresários e colaboradores. Estamos fazendo vídeos de conscientização para todos os empregados e também para população”, afirmou.

O professor Fernando Assis destacou que, para a reabertura gradual da economia, é necessário que o Estado apresente quatro premissas.

“A 1º é reserva de leito e de UTI. Alguns países usaram a taxa de 70% de ocupação de UTI para a reabertura da economia. Atualmente, estamos em 90%. Como resolvemos isso? Adquirindo mais leitos de UTI e enfermaria e é o que estou vendo o governo fazer. O hospital de campanha é um exemplo disto. A 2º premissa é a diminuição de pacientes que necessitam de internação e isso nós temos observado no nosso grupo da UFAC. A 3º premissa é o empresariado mostrar segurança para os funcionários e clientes para que eles não sejam contaminados. Já a 4º premissa seria testar e isolar os casos e penso que o Governo precisa aumentar essa capacidade através do método rápido e pegar firme no isolamento dos infectados”, afirmou.

Durante a conversa, o empresário Márcio Chaves afirmou que muitas empresas se encontram quebradas e a linha de crédito do Governo Federal não foi de grande ajuda. Segundo ele, as linhas de crédito só conseguiram alcançar 16% dos empresários acreanos.

“Se você puxar os números da Acisa, o Acre deixou de arrecadar 40% de receita. O prejuízo hoje no Acre é de R$ 440 milhões. Apesar do governo do Acre ter ganho em 90 dias R$ 1 bilhão. Hoje já são 94 mil desempregados e creio que em junho vai aumentar esse número”, afirmou.

Em outro momento, o professor Fernando Assis afirmou que a quarentena populacional, como foi feita no País e no Acre, foram feitas devido ao Sistema Único de Saúde (SUS) ter sido encontrado em situação precária. Ele afirmou que a Covid-19 é uma doença agressiva e com alto nível de contágio, por isso se fez necessário esse método, mas que agora ele não funciona como no começo.

“O ser humano como espécie é um ser social. Depois de 30 dias de quarentena, as pessoas já estavam saindo nas ruas, umas porque precisavam e outras estavam saindo porque não aguentavam mais. Depois de um certo tempo a quarentena acaba virando uma prisão. Uma das melhores medidas era testar e isolar quem estava positivo. A quarentena populacional funciona por pouco tempo”, afirmou.

Assista a entrevista na íntegra:

video

 

Anúncios

Extra Total

Fiscais da prefeitura de Socorro Neri destroem barraca de feirante em Rio Branco

Publicado

em

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra fiscais da prefeitura de Rio Branco neste sábado, 24, destruindo uma barraquinha feita de madeira e palha de um feirante, na esquina do bairro Boa União, próximo à escola Marina Vicente Gomes.

Nas imagens, é possível perceber o uso da força empenhada pelos fiscais da Prefeitura para destruir a barraquinha do feirante que vende melancia, tudo isso com o apoio e o consentimento de agentes da Polícia Militar do Acre.

Em Nota, a prefeita Socorro Neri lamentou a situação do feirante e informou que acionou a equipe da Secretaria Municipal de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Econômico (SAFRA) para tomar providências imediatas.

“Assim, ao tomar conhecimento do episódio de fiscalização envolvendo um comerciante informal de melancias, a prefeita Socorro Neri lamenta o ocorrido e informa que determinou à equipe da SAFRA a adoção de providências imediatas para oferecer o suporte técnico e material necessário para a inclusão produtiva do cidadão”, afirmou.

Veja o vídeo:

Continuar lendo

Cotidiano

Motociclista cai, sofre parada cardíaca e vai parar em estado grave no Pronto-Socorro

Publicado

em

O motociclista Luiz Pedro da Costa Neto, de 37 anos, ficou gravemente ferido após cair do veículo no Ramal do Gurgel, localizado no bairro Amapá em Rio Branco

De acordo com informações de populares que presenciaram o acidente, Luiz estava trafegando na moto pelo ramal quando perdeu o controle da direção e caiu ao passar por uma lombada.

Com a queda, o motociclista bateu a cabeça e desmaiou. Uma ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada. Os paramédicos prestaram os primeiros atendimentos e conduziram a vítima ao Pronto-Socorro de Rio Branco.

Segundo o médico do SAMU, Luiz Pedro sofreu uma parada cardíaca, foi reanimado e encontra-se em estado de saúde grave.

Policiais Militares do Batalhão de Trânsito Detran estiveram no local e isolaram a área para o trabalho de perícia. A moto foi removida e encaminhada ao pátio do Departamento de Trânsito.

Continuar lendo

Destaque 3

DCE da Ufac afirma que debate só com 5 candidatos é para seguir regras da pandemia

Publicado

em

O Diretório Central dos Estudantes da Ufac emitiu uma nota de esclarecimento no final da tarde deste sábado, 24, para explicar o motivo de dois candidatos à prefeitura de Rio Branco (Jamyl Asfury e Roberto Duarte) não participarem do debate que será realizado pelos acadêmicos.

De acordo com a nota, o debate seguirá as normas estabelecidas pelo comitê de combate à Covid-19. “Somente 5 (cinco) candidatos participarão do debate, tendo sido esses escolhidos pela comunidade acadêmica por meio de consulta pública”, explica.

Segundo a entidade estudantil, o evento segue todos os critérios previamente estabelecidos e acordados com as assessorias dos candidatos.

“Como forma de ampliar as discussões e apresentação dos mesmos, fizemos uma rodada de conversa com todos os prefeituraveis durante a semana”, afirmam

O debate ocorre a partir das 19 horas no nosso canal do YouTube. “FInalizaremos esse ciclo democrático com um debate entre os candidatos escolhidos por nossos estudantes”.

Continuar lendo

Acre

Acre tem mais 96 casos de Covid-19 e nenhuma morte pela doença

Publicado

em

Foto: Júnior Aguiar/Secom

O estado do Acre confirmou neste sábado 24, 96 novos casos de infeção por Covid-19. Entretanto, nenhuma morte foi confirmada pela Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre). O Departamento de Vigilância em Saúde (DVS) informa que assim, o número de infectados subiu de 30.121 para 30.217 nas últimas 24 horas.

Nenhum óbito por Covid-19 foi notificado neste sábado, fazendo com que o número oficial de mortes pela doença permaneça 686 em todo estado.

Até o momento, o Acre registra 79.993 notificações de contaminação pela doença, sendo que 49.760 casos foram descartados, enquanto 16 amostra de RT-PCR estão em análise pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) e pelo Centro de Infectologia Charles Mérieux. Pelo menos 27.861 pessoas já receberam alta médica da doença, enquanto 66 seguem hospitalizadas.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2020 ac24Horas.com - Todos os direitos reservados.